Internos fogem da Funase de Caruaru e agridem agentes durante rebelião

Globo.com

Um grupo de internos queimou colchões durante uma rebelião na manhã desta quinta-feira (31) na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Caruaru, Agreste de Pernambuco. No total, 33 socioeducandos fugiram.

Ao G1, a assessoria de imprensa da Funase informou que ainda irá apurar o fato.

De acordo com a Polícia Militar, o grupo fugiu da unidade por um buraco. Eles também utilizaram cordas. Até a publicação desta matéria, dos 33 foragidos, 17 foram recapturados, conforme informou a PM. Ninguém ficou ferido.

À TV Asa Branca, o coodenador da escola que fica dentro da Funase afirmou que os jovens agrediram dois agentes socioeducativos. A polícia e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *