Prefeitura de Tabira decreta feriado municipal.

A prefeitura de Tabira, por intermédio da secretaria municipal de Administração, decreta FERIADO MUNICIPAL, o dia 02 de abril, Quinta-Feira Santa, Decreto n° 003/2015 e informa que é decretado feriado dia 03, Sexta-Feira Santa – Paixão de Cristo, Feriado Nacional-Lei Federal nº 9.093/1995.

A Prefeitura de Tabira informa a toda a população que o expediente voltará normalmente a partir da próxima segunda-feira, dia 06, exceto os trabalhos do Hospital Municipal que estará funcionando normalmente.


Feirantes aprovam mudança de feira em Tabira

DSCN8673

Depois de várias polêmicas e comentários a respeito da mudança da Feira da Troca, uma das maiores da região, a prefeitura de Tabira, através das secretarias de Administração e Obras e Urbanismo anunciou semana passada que a feira seria transferida para a Rua Rosa Xavier, Rua da Granja, assim como é conhecida.

A imprensa municipal esteve presente para conferir, junto aos feirantes e comerciantes, a realização da mudança, e por unanimidade houve aprovação das pessoas. Alguns comerciantes e feirantes solicitaram que houvesse melhor organização para evitar carros passando no momento da feira, pois além de atrapalhar os negócios deixa em risco a vida de muita gente.

O senhor Valdecir Rodrigues Peixe disse em seu depoimento que o local é muito bom. –“Aqui é ótimo, só espero que não mude mais”. Afirmou o comerciante.

Outro comerciante tradicional da feira, conhecido em toda região, Marcos Pedro da Silva, o popular Marcos Trocador, também aprovou a mudança da feira. –“Aqui é o melhor lugar, é de primeira, no centro, perto de tudo, tem sombra, basta organizar o trânsito.” Concluiu o comerciante.

Diversas outras pessoas aprovaram a mudança e elogiaram o novo local. O sentimento demonstrado era de mais conforto e tranquilidade, uma vez que os feirantes e comerciantes estavam apreensivos com as repercussões negativas quanto à localização da feira da troca de Tabira.


Santa Terezinha é a cidade campeã de chuva no sertão do Pajeú

Santa-Terezinha-PE

por Anchieta Santos

Levantamento realizado pelo blog Afogados Online mostra que desde o início de 2015 até o final deste mês de março, o município da região do Pajeú que mais registrou precipitação de chuvas foi Santa Terezinha que fica no Alto Pajeú com a marca de 380.3 milímetros. Já o que registrou o menor índice pluviométrico, por coincidência, também fica no Alto Pajeú e é São José do Egito com a marca de 116.9 milímetros seguido de Iguaracy com 129.7 milímetros.

O período de chuvas no Sertão vai até o próximo mês de abril e em um levantamento realizado recentemente por meteorologistas de todo o Nordeste mostra que as chuvas na região do Pajeú ficarão abaixo do normal.

Confira na ordem os números das chuvas nos municípios da região do Pajeú desde o mês de janeiro até este 31 de março de 2015: Santa Terezinha – 380.3 mm; Carnaíba – 349.0 mm; Quixaba – 312.4 mm; Triunfo – 303.8 mm; Solidão – 302.2 mm; Tabira – 274.0 mm; Santa Cruz da Baixa Verde – 236.2 mm; Serra Talhada – 228.3 mm; Afogados da Ingazeira – 227.0 mm; Flores – 187.0 mm; Ingazeira – 185.0 mm; Calumbi – 172.3 mm; Tuparetama – 154.0 mm Brejinho – 142.0 mm; Itapetim – 141.0 mm; Iguaracy – 129.7 mm e São José do Egito – 116.9 mm.


Grupo de Josete não deve indicar substituto de Mário Amaral no Governo do poeta em Tabira

FOTO DR JOSETE P ITAMAR

por Anchieta Santos

De estilo empreendedor e considerado pau para toda obra, Edgley Freitas pode trocar a Secretaria de Cultura pela Secretaria de Obras em substituição a Mário Amaral que vai substituir Wal do Bar na Câmara de vereadores.

Detalhe: obras pertence ao grupo do ex-prefeito Josete Amaral que se não escalar o substituto do irmão Mário, será um forte sinal de afastamento da administração do Prefeito Sebastião Dias.

Redução da maioridade penal avança e vai à votação

Manifestantes acompanharam a votação da PEC da Maioridade na CCJ

Manifestantes acompanharam a votação da PEC da Maioridade na CCJ

Com uma forte articulação das bancadas da bala e evangélica, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara autorizou nesta terça-feira (31) o debate sobre a redução da maioridade penal. O principal colegiado da Casa considerou constitucional a proposta de emenda à Constituição que diminui de 18 para 16 anos a idade para responsabilização penal.

A proposta será agora debatida junto com outros textos que tratam do tema por uma comissão especial, que será instalada nesta quarta (1).

Entre as sugestões há desde proposta para que a redução da maioridade tenha validade apenas para crimes hediondos (como latrocínio e estupro) até projeto para reduzir o limite para 12 anos.

Essa comissão será formada por 27 deputados e terá 40 sessões, cerca de três meses, para discutir o conteúdo e finalizar um parecer. É o último passo antes de o debate chegar ao plenário da Casa.

Atualmente, um adolescente que comete crime pode ficar internado por, no máximo, três anos e até os 21 anos. O crime não fica registrado nos antecedentes do jovem.

A discussão sobre a mudança na maioridade penal começou há 21 anos na Câmara, mas deputados ligados aos direitos humanos sempre conseguiram travar a tramitação.

Com aval do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deputados ligados à área de segurança e religiosos agora inviabilizaram manobras regimentais para barrar o avanço da matéria, impondo nova derrota ao governo Dilma, contrário à redução.

O argumento do Planalto e de petistas de que a imputação penal não pode ser alterada porque é cláusula pétrea da Constituição – dispositivo que não pode ser modificado por tratar de garantias e direitos individuais – não convenceu. Os petistas tiveram apoio do PCdoB, Psol, Pros, PSB e do oposicionista PPS.

O PT promete ir ao STF (Supremo Tribunal Federal) para bloquear a discussão da matéria, alegando que ela é inconstitucional.

Defensor da redução da idade penal, Cunha prometeu celeridade ao debate. “Vou dar todo apoio para que [o debate] seja o mais rápido possível.”

Três horas após a votação na CCJ, Cunha leu em plenário o ato de criação da comissão. Os líderes partidários têm até a próxima semana para indicar representantes.

A discussão sobre o tema provocou sessões tumultuadas, com bate-boca entre congressistas e manifestantes.

De um lado, mães de vítimas de violência cometidas por menores defendiam a aprovação. De outro, estudantes do ensino médio de algumas escolas públicas de Brasília portavam faixas contra a redução da maioridade.


Motociclista fica ferido após bater em jumento em Tabira

acidente_moto_jumento (1)Um homem ficou ferido nessa terça-feira (31) após a moto que conduzia colidir com um jumento na PE-320, em Brejinho de Tabira. De acordo com a Guarda Municipal (GM), o acidente ocorreu por volta das 23h.

A vítima não identificada foi socorrida para o Hospital Municipal Dr. Luiz José da Silva Neto e, em seguida, encaminhada para o Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira.

acidente_moto_jumento (2)


Professores da rede estadual prometem parar atividades novamente nos dias 8 e 9 de abril

professores_alepeOs professores da rede estadual definiram, na tarde desta terça-feira (31), que pretendem fazer novas paralisações nos dias 8 e 9 de abril. Os atos devem ter os mesmos moldes dos realizados nas últimas quarta (25) e quinta (26). A possibilidade de deflagrar uma greve por tempo indeterminado será avaliada pela classe em uma assembleia marcada para o dia 10, informa a Folha de Pernambuco.

A deliberação sobre os rumos do movimento ocorreu em frente ao prédio da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), na área central do Recife, onde foi votado e aprovado, em uma primeira rodada, o projeto de lei que define o reajuste do piso dos docentes. Em alguns momentos, houve tensão entre representantes da classe e deputados estaduais. Uma nova votação deve ocorrer na próxima semana, obedecendo à ordem regimental da Casa.

A proposta não agrada os professores, que alegam que somente os profissionais com Ensino Médio serão contemplados com o aumento de 13,01%. Já os ganhos para os docentes que têm licenciatura plena serão de 0,89%. A classe quer que o reajuste maior contemple todos os trabalhadores. Uma reunião com a Secretaria de Administração foi realizada na segunda (30), mas terminou sem acordo.

No fim da tarde desta terça, após a votação na Alepe, os docentes realizaram uma passeata em direção ao Palácio do Campo das Princesas. Segundo a Companhia de Trânsito e Trasporte Urbano (CTTU), o ato foi encerrado por volta das 18h30.

Já à noite, uma comissão de quatro integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) se reuniu com o secretário-executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, e entregou uma pauta de reivindicações composta por 40 itens, entre eles, o cumprimento do reajuste do piso para toda a categoria. Segundo o presidente da entidade sindical, Fernando Melo, o secretário afirmou que o Governo manterá as negociações. “Ele nos garantiu isso e vamos cobrar esse diálogo”, afirmou.


Professores estaduais fazem assembleia e prometem radicalizar o movimento

Assembleia dos trabalhadores em educação realizada no dia 23 de março, no Teatro Boa Vista.Foto: Sintepe/ Divulgação

Assembleia dos trabalhadores em educação realizada no dia 23 de março, no Teatro Boa Vista.Foto: Sintepe/ Divulgação

Professores e profissionais administrativos da rede estadual de ensino têm assembleia geral marcada para as 14 horas desta terça-feira (31), na frente da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe) para tomar conhecimento e deliberar sobre o resultado da rodada de negociação que só terminou no final da noite desta segunda-feira (30), na Secretaria de Administração, no Pina, Região Sul do Recife. “Avanço nenhum”, resumiu, às 23h, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), José Fernando de Melo, após mais de cinco horas de negociação. “A reação deve trazer um processo mais radicalizado”, avaliou, informa o Diário de Pernambuco.

“Tentamos construir caminhos, mas o Governo insisti no Projeto (de Lei 79) e a categoria se sente contemplada pela Legislação. O sentimento é de muita indignação”, ressaltou o presidente do Sintepe. Embora faça referência à implantação do reajuste do Piso Salarial Nacional dos Professores, o texto do projeto prevê a aplicação dos 13,01% de reajuste apenas para os professores com formação de nível médio (antigo Magistério). Os demais teriam reajuste de apenas 0,89%, que seriam suficientes apenas para que não ficassem com salários menores que os educadores com formação de Nível Médio, desconsiderando o Plano de Carreiras e achatando as perspectivas de melhoria de remuneração.

Além da mobilização promovida pelo Sintepe, o Projeto de Lei 79 enfrenta, também nesta terça, no mesmo horário, audiência pública na sede do Ministério Público de Pernambuco (MP-PE), primeira etapa de uma investigação pela Promotoria de Justiça em Educação para esclarecer se o Governo Estadual está cumprindo a Lei 11.738/2008, a Lei do Piso Salarial Nacional do Magistério. O secretário de Administração de Pernambuco, Milton Coelho (PSB), está convocado por ser o responsável pelas negociações salariais com servidores públicos.

O objetivo de realizar a assembleia junto à Alepe é cobrar dos deputados o compromisso com os cerca de 73 mil profissionais da rede estadual de ensino, pelo respeito à Lei do Piso Salarial. Os 48 mil professores da ativa e 5,5 mil administrativos estão em estado de greve desde o dia 13 de março e realizaram paralisação de advertência na quarta (25) e quinta-feira (26). Segundo o Sintepe, a adesão alcançou média de 80%, com picos de 100% em Goiana, na Região Metropolitana do Recife, e 98% em Petrolina, no Sertão.


Prefeito Sebastião Dias, Vereadores e Sociedade discutem projetos do Matadouro e Curral do Gado

DSCN8625

Aconteceu na manhã de segunda, 30, uma importante reunião na Câmara de vereadores envolvendo o prefeito Sebastião Dias, vereadores Edmundo Barros, Aristóteles Monteiro, Didi, Nely, Aldo, Djalma, Sebastião Ribeiro, Gil e Marcos, o engenheiro Alexei de Souza Soares, representantes de secretarias municipais, empresários, comerciantes, marchantes e membros da sociedade civil.

No primeiro momento da reunião a discussão girou em torno do Matadouro e depois de várias sugestões apresentadas para viabilização da construção de um novo matadouro, ficou acordado que um empresário demonstrou interesse em fazer o investimento e será convidado para outro momento a ser marcado depois da semana santa.

Na segunda parte da reunião o prefeito Sebastião Dias solicitou que o engenheiro Alexei de Souza Soares apresentasse a todos os presentes o Projeto do Curral do Gado, solicitação do poder executivo e autoria do engenheiro contratado.

DSCN8633

Depois da análise do projeto e mediante discussão houve plena convergência pelos participantes quanto a sua futura execução.

O presidente da casa agradeceu o empenho da equipe de governo e da boa vontade de se trabalhar em união. Marcos entregará o Projeto à Secretaria Estadual de Agricultura e estará juntamente com a bancada pleiteando a liberação dos recursos, diante dos órgãos estaduais.

O prefeito Sebastião Dias agradeceu aos participantes e representantes da casa legislativa pelo apoio e esforço demonstrados. –“Estaremos sempre juntos para discutir o que for melhor para Tabira. Os poderes são independentes, mas a união de suas vontades soma e multiplica a força”. Destacou Sebastião Dias.

O prefeito afirmou que o presidente da casa, Marcos Crente, e os demais vereadores ficassem à vontade quanto a apresentação do Projeto, uma vez que seu interesse é que a obra apareça. –“Estarei muito vaidoso com a obra que é um sonho antigo da população, quem e como chegará é outra história.” Finalizou o gestor tabirense.


Câmara: Após discurso de Djalma, Aristóteles sai em defesa de Val

djalma_aristotelesDurante a sessão ordinária, nessa segunda-feira (30), na Câmara Municipal de Tabira, o vereador Djalma Nogueira Sales (PSB) afirmou que já tinha vereador se “vendendo”. No meio parlamentar, o entendimento é de que a frase de Djalma foi direcionada ao afastamento do vereador Val do Bar (PRB), que se licenciou ontem para tratamento de saúde.

Ao usar da tribuna, o 2º secretário da Casa Eduardo Domingos de Lima, Aristóteles Monteiro (PT), rechaçou as palavras do colega. “O vereador Val do Bar deu entrada em uma licença para tratar de sua perna. Saúde é prioridade. Quanto a ter se vendido, ninguém aqui nesta Casa é mercadoria”, desabafou.

O ex-líder do Governo ainda disse que não teria nenhum problema se Val quisesse voltar ao Governo. “O Governo não tem nenhum problema em receber Val do Bar. Aliás, caso ele quisesse, estaríamos de braços abertos para recebê-lo. Ele nunca deveria ter saído”, afirmou Monteiro.


Tabira: Val do Bar confirma licença e anuncia que vai deixar a política tabirense

Val-do-barAgora é fato: o vereador Val do Bar, alegando tratamento de saúde, está licenciado do cargo e ontem mesmo protocolou o pedido na Câmara de Tabira. Serão 120 dias fora do Poder Legislativo. Falando a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM ontem, Val comunicou que deverá se submeter a uma cirurgia na perna.

O parlamentar também admitiu estar desiludido com a vida pública e adiantou que não disputará a reeleição. Ele deixou claro que sua saída da política, não tem relação com a falta de apoio do empresário Jose de Arimateia. “A vida pública não é como a gente quer, nem como a gente pensa”, disse Val.

Falando sobre o caso “Esmar”, que resultou na abertura de uma Comissão de Investigação, na condição de participante, o parlamentar disse que já manteve contato com o MP e pela documentação apreciada, a escola pertence mesmo à municipalidade.

Ele disse achar que o Prefeito Sebastião Dias poderia ter feito mais por Tabira, mas admitiu que ao votar a Câmara tentará ajudar o prefeito a fazer um bom mandato.

Mesmo como integrante da bancada de oposição, Val citou como positiva a atuação dos secretários Flávio Marques, Edgley Freitas e Beto Santos. Críticas, apenas à saúde.

Empresário se interessa pela construção de abatedouro de Tabira

abatedouroPor Anchieta Santos

Mais uma reunião aconteceu ontem na Câmara de Vereadores para debater a construção de um novo abatedouro em Tabira. O encontro reuniu o Prefeito Sebastião Dias, os Secretários Flávio Marques, Rubens Espíndola, Afonso Amaral, Adeval Soares, vereadores Marcos Crente (Presidente da Câmara), Aldo Santana, Edmundo Barros, Gil da Borborema, Maria Nelly e Aristóteles Monteiro, empresário Paulo Manú e outras lideranças. Mais uma vez a venda de bens foi discutida, inclusive surgiu a notícia de que o empresário Agamenon Magalhaes Melo teria interesse em construir e gerenciar o novo abatedouro da Cidade das Tradições.


Governo divulga nesta terça reajuste de 19 mil marcas de remédios

farmacias_preco

Farmácias devem praticar os novos preços em dois meses

O Ministério da Saúde autoriza nesta terça-feira os percentuais máximos de aumento de cerca de 19 mil apresentações de medicamentos.  Na última quinta-feira o governo divulgou os fatores de cálculo da nova tabela dos remédios e, com essa informação, o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma) chegou aos percentuais. Em confirmando os valores, o aumento autorizado será menor do que a variação da inflação em 12 meses (7,7%), assim como aconteceu nos anos anteriores, informa o JC Online.

A variação depende do nível de concorrência de cada medicação, de forma que os remédios com mais marcas em disputa no mercado são autorizados a ter o maior nível de aumento. O reajuste, além de desagradar o consumidor, também não satisfaz a indústria, que reivindica um aumento médio mínimo de 15%, que equivaleria ao aumento médio dos custos.

Segundo o Sindusfarma, a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamento (Cmed), ligada ao ministério, deverá autorizar hoje um reajuste de 7,7% aos remédios classificado no nível 1, onde estão as classes terapêuticas sem evidências de concentração de mercado, entre eles omeprazol e a amoxilina. Para os medicamentos de nível 2, onde estão as marcas moderadamente concentradas, o reajuste deverá ser de 6,35%. Entram nesta lista lidocaína e risperidona. No nível 3 estão os remédios fortemente concentrados no mercado. Estes terão reajuste de 5%. Entram na lista remédios como a ritalina e stelara.

O reajuste atualiza a tabela de Preços Máximos ao Consumidor (PMC) e não gera aumentos automáticos. Segundo a indústria, há um período de ajuste, que dura de dois a três meses.


Sub-15 adia classificação. Sub-17 vence e está classificado

sport sub-15

sub-15, Sport 1×1 Atlético de Itapetim

Blog do Sport Tabira

O Sport recebeu o Atlético de Itapetim para a 5ª rodada do Campeonato do Sertão sub-15 e sub-17, no último sábado, dia 28, no Estádio O Cordeirão. Precisando da vitória para garantir antecipadamente a classificação as semifinais, o time rubro-negro usaria o fator casa para se impor e conseguir os três pontos. Na rodada dupla, o sub-15 entrou primeiro em campo e apesar de abrir o placar com Vinicius na segunda etapa, os garotos tabirenses vacilaram e permitiram que o adversário empatassem o jogo no apagar das luzes. Logo depois, foi a vez do sub-17 correr atrás da vitória diante do lanterna e já eliminada equipe itapetinense. Não fazendo uma boa atuação, o time tabirense teve que suar bastante para conseguir a vitória. Alessandro, na primeira etapa e João Vitor na etapa complementar, marcaram o Sport e decretaram a vitória e a classificação do rubro-negro da terra das tradições.

sport sub-17

sub-17, Sport 2×0 Atlético de Itapetim

No próximo sábado, o Sport vai até Afogados enfrentar a Seleção local pela última rodada da primeira fase. No sub-15, uma derrota por até dois gols de diferença garante a classificação a próxima fase. No sub-17, as duas equipes já se encontram classificadas e para conquistar o primeiro lugar do grupo, o Sport precisará vencer.


Serviços da TIM param nesta segunda-feira em Pernambuco e Alagoas

Na tarde desta segunda-feira, os usuários da operadora de celular TIM de Pernambuco e de Alagoas usaram as redes sociais para relatar dificuldades em completar uma ligação através das antenas da empresa. A reportagem do Diário de Pernambuco, então, tentou ligar para alguns números da operadora, sem obter sucesso. O recado da TIM em diversas tentativas foi: “serviço não disponível”.

Ao ser contactada, a operadora informou que as dificuldades nos serviços foram identificadas e corrigidas tanto na utilização das mensagens de voz quanto na transferência de dados (internet). O motivo alegado para a paralisação dos serviços foi o rompimento de cabos de fibra de backbone de transmissão. “Tão logo a companhia identificou a instabilidade, técnicos da empresa atuaram para normalização dos serviços durante a tarde do mesmo dia”, detalhava a nota oficial divulgada.

Mesmo após o envio do documento, a reportagem do Diário continuou testando os serviços e a mensagem de “não disponível” continuou sendo a única resposta para as tentativas de chamada para números da operadora. Como resposta, a assessoria de imprensa da TIM informou apenas que os serviços foram testados e aprovados pelos técnicos especializados contactados pela empresa. Apenas por volta das 19h30, comprovamos a volta dos serviços da operadora.


Projeto quer colocar ar-condicionado em todas as viaturas policiais

Deputado é policial militar e faz parte da "bancada da bala" nacional, liderada pelo deputado federal Jair Bolsonaro

Deputado é policial militar e faz parte da “bancada da bala” nacional, liderada pelo deputado federal Jair Bolsonaro

O que vale mais: segurança ou conforto? Proposta apresentada pelo deputado Soldado Joel da Harpa (PROS), na Alepe, faz a opção pelo segundo item. A Comissão de Constituição, Legislação e Justiça (CCLJ) vai analisar projeto de lei (nº 84) do militar que determina a obrigatoriedade de todas as viaturas policiais civis e militares serem equipadas com ar-condicionado, informa o JC Online.

A proposta afirma ser “dever do Estado” dar condições de trabalho seguras e saudáveis aos profissionais da segurança pública, como forma de “preservar a saúde” dos policiais que ficam “expostos a altas temperaturas” ao longo da jornada trabalho. Joel da Harpa faz parte da “bancada da bala” nacional, que é composta por deputados federais, na Câmara, e estaduais nas Assembleias que integram (na ativa ou na reserva) comporações militares e polícias civis e militares.

O projeto ressalta que o aumento da temperatura tem gerado “grandes ondas de calor” que trazem consequências à saúde dos que estão nas ruas e que que “uso do pesado fardamento e do colete” poderia ser amenizado se as viaturas tivessem ar- condicionado. A questão é: no caso de confronto com bandidos, na troca de tiros, primeiro os policiais terão de baixar o vidro antes de começar a disparar. Então, o que vale mais: o conforto ou a segurança?