Nicinha de Dinca promoveu reunião no Povoado da Borborema, em Tabira

IMG_0007

Fotos: Tabira de Todos

Neste domingo (18), a candidata a Prefeita de Tabira pela Coligação “Frente Popular Para Tabira Avançar”, Nicinha Brandino (PMDB), acompanhada por sua vice, Genedy Brito, do ex-prefeito e esposo, Dinca Brandino, por lideranças, filiados e simpatizantes das legendas coligadas, participaram de uma reunião no Povoado da Borborema.

IMG_9936A movimentação teve inicio com uma carreata que seguiu do Comitê Central, na Avenida Raul Pereira Amorim até o povoado, e que contou com a presença do Deputado Federal, Fernando Monteiro (PP).

IMG_9973IMG_9939IMG_9937O evento politico foi marcado infelizmente por um acidente e um furto de uma motocicleta.

Segundo a resenha policial, a GT foi informada por ligação telefônica que tinha acontecido um acidente na estrada vicinal que dá acesso ao povoado da Borborema. No local foi observado que o veículo marca FIAT, modelo UNO VIVACE, cor cinza, estava tombado e a vítima de iniciais V. V. S., 29 anos, foi conduzida até o Hospital Municipal onde foi medicado e posto em observação. Segundo o médico plantonista daquele dia a vítima sofreu lesões leves não correndo risco de morte.

uno bLogo após a Policia Militar foi solicitada por uma vítima de furto, que informou que sua motocicleta marca Honda, modelo BROS 150, cor vermelha, placa FPM-1839, chassi 9C2KD0540DR162993 havia desaparecido no mesmo povoado durante a reunião política. A equipe seguiu para o local e efetuou diligências no intuito de localizar o veículo, porém sem êxito. A ocorrência foi passada a Delegacia de Policia de Tabira.

Sebastião Dias realiza grande comício no Bairro da Caixa D’água, em Tabira

14317407_163701657409710_5283149903333989484_n

A cidade de Tabira viu um dos maiores eventos políticos da sua história, realizado no último sábado (17), com o grande Arrastão Popular da Nação 14 pela reeleição do poeta-prefeito Sebastião Dias e seu vice Zé Amaral, segundo nota enviada ao blog.

A concentração aconteceu no pátio da Rodoviária e a multidão seguiu até o Bairro da Caixa D’água. Ruas e avenidas ficaram tomadas com as cores vermelho e branco e o que se via era a animação das pessoas nas calçadas e varandas.

O comício contou com a participação dos candidatos a vereadores e vereadoras, dos Senadores Armando Monteiro e Humberto Costa, dos Deputados Federais Ricardo Teobaldo e Sílvio Costa e do deputado estadual Augusto César, respectivamente.

thumbnail_20160917_225154Durante as falas dos senadores foram lembrados o apoio dos ex-presidentes Lula e Dilma à reeleição de Sebastião Dias, bem como, as emendas e obras importantes que tiraram Tabira do atraso como as obras dos postos de saúde, calçamentos, asfalto, conquistas sociais dentre outras.

Sebastião relembrou aos presentes de como recebeu a gestão, as dívidas encontradas, hospital interditado e salários em atraso. Ele frisou ainda a preocupação da gestão em oferecer uma Casa de Apoio no Recife que é tida como referência no Estado.

thumbnail_20160917_212051“Encontramos uma cidade com problemas enormes, mas com paciência, dedicação e muito trabalho começamos a reerguer Tabira e devolver a dignidade aos nossos cidadãos e cidadãs que clamaram por mudança. A nossa futura gestão vai dar sequência a mudança e avançar ainda mais em saúde, calçamentos, saneamento básico, cultura, educação e tudo que o nosso povo merece.”, afirmou Sebastião.

14330032_163701684076374_2935992922667573471_nNo meio do povo placas e faixas com dizeres em apoio aos ex-presidentes Lula e Dilma e manifestações contra o golpe eram vistas.

thumbnail_20160917_212029thumbnail_20160917_20432614322649_163701940743015_6226836740764317215_nthumbnail_20160917_215317

Candidata Nicinha de Dinca falta a convocação de debate com Ministério Público em Tabira

84c28ba7-2d95-4642-8bf8-7ead5af2d1f8

O Ministério Público deu início a partir das 08 horas da manhã de hoje (20),   no Auditório da Secretaria de Educação de Tabira,  a série de encontros promovida  com candidatos a prefeitos da área da 3ª Circunscrição.

O debate foi coordenado pelos promotores Manoella Souza e  Lúcio Almeida e contou com a presença de representantes de associações de desenvolvimento da região que leram as propostas para os candidatos e seus convidados.

Foi entregue aos candidatos a prefeito documentos com as propostas temáticas em áreas como Saúde, Educação, Assistência Social, Resíduos Sólidos e Meio Ambiente, fruto de intenso debate com vários segmentos organizados da sociedade do Pajeú.

Em suas falas, todos os candidatos presentes debateram as propostas apresentadas e se comprometeram com o Ministério Público e os presentes a procurar adequá-las aos seus Municípios.

O encontro reuniu candidatos às Prefeituras de Tabira (Sebastião Dias e José de Bira), Solidão (Genivaldo Soares e Djalma da padaria) e Ingazeira (Lino Morais e Mário Viana), Será às 8h da manhã no Auditório da Secretaria de Educação.  Receberam o documento  Sebastião Dias e Zé de Bira (Tabira), Genivaldo Soares e Djalma da Padaria (Solidão), Lino Morais e Mário Viana (Ingazeira) .

Em tempo: A única ausência ao chamado do Ministério Público  foi a candidata Nicinha de Dinca, do PMDB, em sua fala o promotor de justiça Dr. Lúcio frisou a ausência da candidata ao debate salientando que todos foram convocados mediante ofício emitido pela promotora de justiça Dra. Manoella Souza.

Sem a presença da candidata, a coligação da mesma ficou sem a opção de debater as propostas e firmar compromisso com as políticas sociais expostas. E durante todo o  evento ficou apenas uma cadeira vazia com seu nome, demonstrando o não comprometimento  com o chamado do MP, sociedade e o conjunto de propostas.

TRE-PE inicia preparação de urnas para as Eleições 2016

urnas-nas-caixas-em-Arcoverde-660x330A Justiça Eleitoral de Pernambuco iniciou neste sábado (17) o procedimento de carga e lacração nas 21.293 urnas eletrônicas que serão utilizadas no dia 2 de outubro pelos 6.509.982 eleitores do Estado. Somente na capital, as 14 zonas eleitorais irão preparar 3.600 urnas eletrônicas. O processo inclui os equipamentos destinados à votação, justificativa e contingência.
Por meio da operação, feita urna a urna, são inseridas todas as informações necessárias à realização do pleito: os programas de votação, a relação de eleitores da respectiva seção eleitoral, os dados de partidos, coligações e os nomes e fotos de todos os concorrentes aptos a disputar a eleição, inclusive os que têm registros indeferidos e aguardam julgamento de recursos. Depois de inseridas todas essas informações, as urnas eletrônicas são lacradas e estão prontas para serem utilizadas nas eleições – a máquina lacrada só realiza operações em dia e horário pré-determinados.
A programação do polo 18 em Afogados da Ingazeira, Sertão do Pajeú, começa dia 24 com a preparação das urnas da 98ª – Carnaíba e 68ª – São José do Egito; dia 26 será o dia da 50ª – Tabira e 62ª – Sertânia; no dia 27 será a vez da 99ª – Itapetim e 66ª – Afogados da Ingazeira. A preparação das urnas acontece pela manhã, das 8 às 12h e a tarde, das 14 às 18h.

MP promete ação contra perturbação sonora das motocadas irregulares

tac1-600x338O promotor Aurinilton Leão tomou conhecimento nesta segunda-feira (19) através da Rádio Pajeú das queixas de ouvintes de cidades como Afogados da Ingazeira, Solidão, Ingazeira, São José do Egito  e Brejinho do desrespeito provocado por motoqueiros, em alguns casos com a bênção oficial das campanhas, que alteram a configuração de escapamento das motos para motocadas e comícios.

Foi denunciado que o problema atinge toda a região, mas ouvintes da Rádio Pajeú citaram estas cidades participando do programa Manhã Total. “Além do barulho eles ainda passa empinando as motos. Um caiu aqui perto do Cônego João Leite”, reclamou um ouvinte de Afogados.

“Aqui em Solidão está um desrespeito e não tem hora pra isso”, queixou-se um ouvinte de Pelo Sinal, falando de Solidão. “As motocadas fazem um barulho que incomoda muito”, disse Marcelo patriota sobre as cidades do Alto Pajeú. “Na Gustavo  Fittipaldi  é  um inferno, não respeitam Igreja nem escola”, disse o ouvinte de Afogados.

“Nada contra as campanhas políticas, mas essas motos incomodam demais. O barulho é ensurdecedor, é preciso impor limites à esses motoqueiros”, disse Marcos Aurélio.

O promotor garantiu que encaminhará resposta à demanda dos ouvintes. “Em Afogados da Ingazeira, PE, emitirei recomendação à PMPE e às Coligações”, disse o promotor eleitoral. “Repassarei as informações aos colegas de Solidão, Ingazeira, São José do Egito e Brejinho”, prometeu.

Nill Júnior

Candidatos a prefeito de Ingazeira debatem hoje na Pajeú e Cidade FM

logo-site-atual1Como aconteceu a quatro anos, as rádios Pajeú AM (AM 1500) e Cidade FM (88,7 MHZ) iniciam nesta segunda (19) uma série de debates com candidatos a prefeitos de cidades da região do Pajeú. O primeiro da série de debates será com os candidatos a prefeitura de Ingazeira.

Os convidados Lino Morais (PSB) e Mário Viana (PTB).  As regras não fugirão muito do clássico modelo de debates da Pajeú. Candidato perguntando a candidato, sorteio de perguntas dos ouvintes e questões temáticas como saúde, educação e infra-estrutura. O debate acontecerá nos estúdios da Rádio Pajeú. Outras cidades da região também estão na pauta da série.

Perguntas de ouvintes por telefone: a partir das 9h, os ouvintes de Ingazeira poderão fazer suas perguntas a Lino ou Mário pelo fone (87) 3838-1213. As perguntas vão para as caixas reservadas a cada candidato. No bloco dois, cada candidato responderá a uma pergunta por sorteio, com resposta, réplica e tréplica entre os candidatos.

Segundo convite a candidatos,  cada um poderá estar acompanhado de um assessor, “não haverá espaço interno para demais candidatos ou militância”.

“Em caso de comunicação de ausência de candidato (s), a emissora se reservará ao direito de divulgá-la no horário do debate às 10h, tendo como propósito não desmobilizar sua audiência”, conclui o convite. A série será fechada dia 29, tendo como convidados os candidatos a prefeito de Afogados da Ingazeira.

Sebastião Dias promove reunião no Bairro Vitorino Gomes

seba5-800x534Uma multidão tomou as principais ruas e avenidas de Tabira, na noite da quarta-feira (14), em um grande arrastão com a militância e apoiadores da reeleição do poeta Sebastião Dias (PTB). O que seria apenas uma reunião da “Caravana do Avanço” no Bairro Vitorino Gomes se transformou em um dos maiores eventos da campanha do poeta até agora.

A militância seguiu a pé até o local da reunião que contou com a presença do deputado estadual Antônio Moraes, candidatos e candidatas da coligação “Para Tabira Seguir Mudando”, além de lideranças políticas da cidade e do bairro.

O deputado Antônio Moraes falou das dificuldades que Sebastião Dias enfrentou nos primeiros anos da sua gestão, como a dívida do INSS que a gestão anterior não repassava, salários atrasados, Celpe em atraso, além de tantas outras.

seba3-800x534“Fui testemunha das dificuldades que Sebastião passou para organizar as contas da prefeitura. Se o ex-prefeito tivesse sido um bom gestor seria ele o candidato e não a esposa. A justiça não o teria condenado e cassado os seus direitos políticos. Sempre que venho em Tabira vejo o quanto a cidade vem melhorando a cada dia. Trouxemos calçamentos, poços artesianos, conclusão do calçadão da Antônio Pereira Amorim além de tantas ouras benfeitorias que tiraram Tabira do atraso.”, reforçou Moraes.

O secretário de Administração, Flávio Marques, desmentiu o ex-vice-prefeito que recentemente esteve no bairro e havia dito que o Posto de Saúde que está prestes a inaugurar tinha sido o ex-gestor que havia deixado o dinheiro na conta da prefeitura.

“A mentira tem pernas curtas e quando falo que esse Posto de Saúde é uma marca da gestão de Sebastião Dias estremece o lado do atraso que só fez acabar com nossa cidade. Essa conquista foi de Sebastião junto ao governo de Dilma Rousseff que além desse, ajudou na reforma de mais quatro postos e construção de mais dois.”, frisou Marques.

seba-800x534Em sua fala, o prefeito e candidato lembrou as obras realizadas no bairro e falou da importância da sua reeleição para o avanço continuar na cidade de Tabira que por muitos anos viveu no atraso.

“Sabemos das mentiras que os nossos adversários andam plantando em outros palanques, mas os moradores do Vitorino Gomes tem percebido que a nossa gestão é de fato para o povo e prova disso foram as benfeitorias que trouxemos para o bairro, como calçamentos e o Posto de Saúde que em breve será inaugurado. Na nossa futura gestão vamos fazer ainda mais e proporcionar diversas outras benfeitorias que o povo daqui merece.”, afirmou Sebastião.

O candidato a vice, Zé Amaral, também falou das diversas ações e obras que o seu companheiro de chapa já fez por Tabira. Ele disse ainda que a futura gestão que se iniciará no próximo ano será responsável por calçar mais ruas e solucionar os problemas do cotidiano.

14390865_160690354377507_1679955464954749298_n

14322463_160697837710092_2294609457351328851_n14333599_160697674376775_2605614388924309770_n

14330023_160690627710813_5899582611884619130_n 14390965_160701054376437_8088966872296940121_n14322425_498269893712680_3714506538796238854_n14330153_498270093712660_7606223932287294317_n14358691_160690967710779_8633044767203141356_n14358850_160690204377522_2547544293234850490_n14358973_160699734376569_4955703123377502769_n

14291623_160697734376769_1670027492876664823_n

FHC diz que é preciso cautela antes de comentar denúncias contra Lula

20160915190450262273eO ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse que é preciso cautela antes de comentar as denúncias feita pelos procuradores da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “É preciso ver o que Judiciário diz. Uma coisa são as acusações e outra coisa é verificar o que é certo e o que é errado”, declarou FHC nesta quinta-feira em evento no Rio de Janeiro. “Fico apenas como espectador, não tenho opinião sobre o assunto”.

FHC concedeu entrevista a jornalistas,  ao lado do senador Aécio Neves (PSDB), após almoço com o candidato do PSDB à prefeitura do Rio, Carlos Roberto Osório.

As denúncias foram feitas ontem pelos procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato e dizem que Lula recebeu vantagens indevidas das empresas envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras, como a compra de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral paulista, a reforma do imóvel, feita pela empreiteira OAS, além de contratos milionários para armazenamento de bens pessoais. Essas vantagens, somadas, totalizariam mais de R$ 3,7 milhões.

Lula declarou que as denúncias apresentadas pelos procuradores não apresentam provas nem fato novo e têm a motivação política de evitar que ele se candidate à Presidência nas eleições de 2018.

FHC disse que não cabe a ele contestar as declarações do petista e lamentou o momento difícil por que passa Lula, dizendo ainda que este é o momento para ele desabafar. “Eu lamento sinceramente que uma pessoa que tem a trajetória que teve o presidente Lula chegar a esse momento de tanta dificuldade, então prefiro não fazer comentário”.

Sobre a cassação do deputado Eduardo Cunha (PMDB), o ex-presidente comentou que se trata de um “fato menor”, sem grandes consequências históricas. “Sabíamos que isso aconteceria dados os desvarios que foram praticados em negociações dele, mas é um caso menor, uma página virada”.

Aécio –  Aécio Neves, que é presidente do PSDB, também disse compreender o momento difícil por que passa Lula, mas acrescentou que o PT tem a prática recorrente transferir suas responsabilidades a outros. “Não a mea culpa, a grandeza de compreender que cometeram equívocos graves e ilegalidades que estão levando o PT e suas principais lideranças a essa situação”, disse o senador.

Moro deve tomar decisão sobre Lula na segunda

moro-2A denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já está com o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal Criminal, em Curitiba. Moro tem até cinco dias para decidir se acata a denúncia dos procuradores que integram a força-tarefa do MPF na Operação Lava Jato. A assessoria de imprensa da Justiça Federal do Paraná informou que o despacho com a decisão deverá ser publicado na próxima segunda-feira (19), informa o Blog do Josias.

Caso a denúncia seja acolhida por Moro, Lula se tornará réu no processo, bem como os outros denunciados: a mulher do ex-presidente, Marisa Letícia da Silva; o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto; o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro; e quatro pessoas ligadas à empreiteira, Agenor Franklin Magalhães Medeiros, Paulo Roberto Valente Gordilho, Fábio Hori Yonamine e Roberto Moreira Ferreira.

É a primeira vez que o ex-presidente é denunciado à Justiça Federal no âmbito da Lava Jato.

Apesar de o MPF acusar o ex-presidente de chefiar o esquema de corrupção identificado na Lava Jato, Lula não está sendo denunciado por formação de quadrilha. Os 13 procuradores da República que assinam o texto afirmam que a denúncia é por corrupção e lavagem de dinheiro.

O capítulo que trata disso ocupa mais de 40 das 149 páginas do documento. Nesse trecho, os procuradores dizem que o governo de Lula foi viável apenas por meio de “um esquema criminoso” envolvendo a compra de parlamentares com propina e distribuição de cargos públicos. De acordo com o texto, as irregularidades apontadas no mensalão e pela Lava Jato são “faces da mesma moeda” e têm como vértice o ex-presidente.

Em outras 40 páginas, os procuradores detalham as acusações direcionadas a Lula, Léo Pinheiro e Agenor Medeiros pelo crime de corrupção. Eles afirmam que o ex-presidente agiu de modo a facilitar contratos entre a Petrobras e os consórcios Conpar e Conest, dos quais a OAS fazia parte, para a realização de obras nas refinarias Repar e Rnest entre 2006 e 2012. Segundo a denúncia, o consórcio garantiu o contrato com o pagamento de propina a diversos beneficiários, inclusive o ex-presidente.

O segundo crime denunciado pelo MPF, lavagem de dinheiro, ocupa quase 50 páginas do documento e está dividido em dois momentos. O primeiro trata do triplex no Condomínio Solaris, em Guarujá, no litoral paulista. Os procuradores afirmam que o imóvel foi adquirido, reformado e decorado pela OAS em benefício de Lula e de Marisa, como compensação pela atuação do ex-presidente no esquema da Petrobras. Além de Lula e da esposa, foram denunciados nessa etapa Léo Pinheiro, Paulo Gordilho e Fábio Yonamine.

Na denúncia por lavagem de dinheiro, os procuradores afirmam também que Lula recebia vantagens indevidas da OAS por meio de um contrato para armazenagem de bens pessoais do petista. Conforme o texto, a empreiteira fez pagamentos mensais por cinco anos à empresa Granero Transportes para que esta guardasse objetos pessoais do ex-presidente, depois que ele se mudou do Palácio da Alvorada. Essa parte da denúncia também inclui Paulo Okamotto e Léo Pinheiro.

Os 13 procuradores que assinam o documento não pedem a prisão de Lula ou de qualquer outro denunciado. Deltan Dallagnol, líder da força-tarefa que produziu a denúncia, disse ontem que essa prática é um “padrão” para “não antecipar juízos ou avaliações”.

Os autores da denúncia pedem, no entanto, que o juiz Sérgio Moro ordene o ressarcimento de danos à Petrobras por parte do ex-presidente, na ordem de R$ 87,6 milhões. O texto também solicita que se implique aos denunciados a “perda, em favor da União, de todos os bens, direitos e valores relacionados, direta ou indiretamente, à prática dos crimes”.

Os procuradores indicaram, ainda, uma lista com 27 testemunhas para serem ouvidas, caso a denúncia seja acatada na Justiça Federal.”

Corpo de Domingos Montagner é liberado do IML em Aracaju

WhatsApp-Image-2016-09-16-at-08.21.30.jpegO corpo do ator Domingos Montagner foi retirado do Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe por volta das 8h40 desta sexta-feira (16). Ele foi encaminhado para uma funerária, para ser preparado para o transporte aéreo, mas ainda não há confirmação oficial se ele será levado para o estado de São Paulo, onde morava com a família.

Montagner morreu na tarde da quinta-feira (15) após desaparecer nas águas do Rio São Francisco, onde foi arrastado pela correnteza. O ator tinha 54 anos e interpretava Santo em “Velho Chico”, novela da TV Globo.

O corpo dele foi liberado por um médico da emissora, que tinha uma procuração assinada pela família. Montagner foi levado em seguida para um laboratório, onde será preparado com um procedimento de conservação chamado tanatopraxia. A depender da situação do corpo, o preparo pode demorar cerca de três horas.

montagner5“Além de todo o carinho, respeito e responsabilidade de sempre, teremos o cuidado em reduzir o número de funcionários no laboratório, para reforçar o sigilo, pois sabemos que casos de repercussão como este despertam a curiosidade”, afirmou Fernando Góes, proprietário da funerária.

O diretor do IML, José Aparecido Cardoso, informou por volta das 3h desta madrugada que o resultado da necropsia apontou que Montagner morreu por asfixia mecânica provocada por afogamento. “Nós encontramos algumas lesões superficiais, e a causa da morte foi constatada por afogamento”, afirmou.

O laudo descartou que o ator tenha sentido algum mal-estar antes da tragédia. Ele deixa a mulher, Luciana Lima, e três filhos.

Eleições 2016: Voto jovem representa 27% do eleitorado e pode decidir pleito

urnaO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que os jovens entre 16 e 29 anos representam 27% do eleitorado nacional, o que demonstra, para a Justiça Eleitoral, que o voto dessa camada da população deverá ser determinante nas eleições municipais de outubro.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem cerca de 51 milhões de jovens de 15 a 29 anos, correspondendo a um quarto da população do país. Desses, mais de 75% (38.876.290) estão aptos a votar nas eleições deste ano, segundo dados do TSE. Os jovens entre 25 e 29 anos representam 10,83% do eleitorado; de 21 a 24 anos, 8,71% e de 16 a 20 anos, 7,45%.

Para o cientista político Leonardo Barreto, especialista em comportamento eleitoral, o voto dos jovens pode ser determinante nas eleições porque, por terem mais escolaridade que as gerações anteriores, acabam por influenciar o voto das pessoas do seu círculo social, como pais e avós. Segundo Barreto, pesquisas demonstram que a rede de amizades e familiares é o fator que mais influencia na escolha dos candidatos. “Mas o jovem costuma ter um voto crítico”, diz o especialista.

Voto facultativo: De acordo com a Justiça Eleitoral, 1.638.751 jovens de 16 e 17 anos votaram nas eleições de 2014. Para estas eleições municipais, 2.311.120 adolescentes estão aptos a votar. O jovem nessa faixa etária não é obrigado a votar, mas já tem o direito garantido pela Constituição.

O alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os analfabetos, os maiores de 70 anos e os maiores de 16 anos e menores de 18. O Brasil tem 144 milhões de eleitores aptos a votar nas eleições para prefeitos e vereadores. O primeiro turno será no dia 2 de outubro.

Tote Marques cumpre agenda com Fernando Ferro, Cardoso e Marcelino Granja

Fernando-Ferro-533x400O advogado Tote Marques, que disputa mandato na Câmara, teve encontro com Fernando Ferro para tratar dos poços artesianos destinados na sua ultima emenda de exercício do mandato de Deputado Federal.

Foram destinados seis poços para as comunidades do Sítio Cajá, Sítio Inveja, Sítio Boqueirão, Sítio Cachoeira Grande, Sítio Cancão e Sítio Cachoeirinha dos Cordeiros. O Geólogo da DAMCOM Carlos Augusto já fez a marcação para serem instalados com o intuito de amenizar os efeitos da estiagem nestas comunidades.

Ele aproveitou para tratar de assuntos ligados ao projeto da sua campanha em Tabira com o Presidente da Sigla do PCdoB no Estado Alani Cardoso na sede do Partido em Recife.

Também esteve com o Secretário de Cultura do Estado de Pernambuco Marcelino Granja para definir o projeto da campanha de vereador em que identifique as políticas públicas na área cultural, para tratar dos problemas da perda da identidade cultural dos artistas do Pajeú e principalmente dos artistas e poetas da Cidade de Tabira.

Marcelino-Granja-533x400

Rádio Cidade FM de Tabira volta ao Frente a Frente, nesta segunda

536162_188968081246525_176696238_nA partir desta segunda-feira (12), a Rádio Cidade FM, de Tabira, 88,7 MHz, volta a retransmitir o programa Frente a Frente, ancorado pelo Jornalista Magno Martins, no horário das 18h00 às 19h00, de segunda a sexta-feira, pela Rede Nordeste de Rádio, cuja cabeça de rede é a Rádio Folha, no Recife.

A parceria foi reeditada num encontro na tarde do sábado (10) de Magno com Paulo Manú, proprietário da emissora. A saída da Cidade FM da rede havia deixado um vácuo na região do Pajeú e no Alto Sertão paraibano, onde sua audiência é estendida com muito sucesso. “Estamos felizes com a nossa volta. A Paulo Manú, o nosso abraço”, comemorou Magno em seu blog.

Ministro anuncia R$ 7 milhões para Universidade Federal de Pernambuco

Os restaurantes universitários da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) de Caruaru e Recife receberão investimento de R$ 7 milhões. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, em visita a Caruaru neste sábado (10).

De acordo com a assessoria do Ministério da Educação, os recursos serão destinados para a manutenção dos serviços já prestados no campus da capital. Em Caruaru, conforme a assessoria, os recursos serão para a inauguração do restaurante universitário. No campus Agreste, serão oferecidas 1.500 refeições por dia.

O Mec informou que a verba vai garantir a alimentação dos alunos até dezembro de 2017. “Com essa liberação, o MEC garante 100% de gratuidade nas refeições para os alunos em vulnerabilidade social e uma taxa de R$ 3 reais para os demais estudantes”, afirmou o ministro da Educação, Mendonça Filho.

Durante a visita ao Centro Acadêmico do Agreste, foi inaugurado o sistema viário e de drenagem do campus em Caruaru. Segundo a assessoria, o sistema viário e de drenagem do campus tem uma área de construção de 28.967,5 m², sendo 1,5 km de vias internas construídas.

Ex-prefeito que acionou Prefeitura quer eleger a mulher

FOTO-DE-DINCA-E-NICINHADo Blog do Magno Martins

Quando prefeito de Tabira, eleito em 1994, o médico Edson Moura e o seu vice Dinca Brandino deram entrada a uma ação judicial contra a Prefeitura, exigindo uma diferença salarial que ambos achavam que tinham direito. Com o passar dos anos, o processo foi se prolongando na justiça e, em meados dos anos 2000, o juiz da comarca de Tabira decidiu que prefeito e vice não teriam direito ao que requeriam.

Em 2002, Edson Moura e Dinca entraram com uma nova ação, desta feita de cobranças das diferenças dos subsídios, exigindo do município a quantia de R$ 556 mil (R$ 308 de Dr. Edson e R$ 248 de Dinca). Segundo denúncias enviadas ao blog, enquanto o processo tramitava o prefeito perdeu prazos e não fez a defesa do município de forma proposital, para prejudicar a Prefeitura.

No ano de 2003, enquanto Dinca era prefeito, ocorreu uma audiência sobre este processo e o mesmo propôs um acordo entre a Prefeitura e ele como pessoa física para o pagamento da suposta “divida”. Ambos receberiam, a partir de 2005, em 48 parcelas, R$ 233 e R$ 290 mil, respectivamente. O promotor Vandeci Leite e o juiz Enrico Duarte não aceitaram o acordo. Ex-prefeito e vice decidiram recorrer então da decisão e levaram para instância do Recife e foram bem sucedidos. Quem julgou, entendeu que ambos tinham direito a quantia solicitada. Em junho de 2011, Edson e Dinca recalcularam os valores e passaram a cobrar do município, juntos, o valor de R$ 1.560.000,00.

Em maio do ano passado, a advogada dos dois juntou uma petição ao primeiro processo afirmando que o crédito que Dr. Edson deveria receber estaria em torno de R$ 3 milhões e Dinca receberia mais R$ 1 milhão, um débito de R$ 4.164.000,00 aos cofres municipais. Por conta de outros processos, como rejeição das suas contas e por ser ficha suja, Dinca está inelegível, mas lançou a candidatura da sua esposa Nicinha de Dinca (PMDB) para tentar voltar ao poder. Ele, no entanto, não dá nenhuma explicação na campanha porque levou o município, por uma questão pessoal, a tamanho endividamento.

Candidatura de Zé Amaral em Tabira é confirmada pela Justiça

14233044_149060218873854_9203452476755966486_nEm Tabira, tudo liberado em relação à candidatura a vice de José Amaral, que compõe a chapa com o prefeito poeta e candidato a reeleição Sebastião Dias (PTB). A Justiça Eleitoral entendeu que as condições de elegibilidade foram preenchidas.

Assim, foi deferido o registro de José do Amaral Alves Morato para concorrer ao cargo de vice prefeito.   Houve apreensão inicial com a possibilidade de indeferimento de Amaral, por conta de um processo contra ele na cidade de Santa Cruz, na Paraíba, por conta da execução de uma obra da sua empresa.

Chegou a se ventilar que Zé Amaral escalaria um filho para a vice, com Rosalvo Sampaio e o PT também discutiram a indicação à vaga. Para que não ocorresse um novo furdunço, melhor para o grupo que a chapa completa tenha sido deferida.

Zé Amaral é irmão do ex-prefeito Josete Amaral, que mesmo afirmando ter  tomado a decisão mais difícil da sua vida, decidiu apoiar o socialista Zé de Bira. Além de Zé e Sebastião, Nicinha Brandino (PMDB), esposa de Dinca, disputa a prefeitura.

Nill Júnior