Ex-prefeito Rosalvo Sampaio busca partido para se filiar

rosalvo_sampaioAtento ao prazo final para as filiações de quem vai disputar as eleições de 2016, o ex-prefeito de Tabira, Rolsavo Sampaio, o Mano, deve deixar o Partido Social Cristão (PSC), o qual preside desde 2006 no Município, nos próximos dias.

Mano deve ingressar em um dos vinte e um partidos que compõem a base do governador Paulo Câmara (PSB). Além dele, acompanha a 1ª secretária da Mesa Diretora da Câmara de Tabira, a vereadora Maria Nelly e correligionários do ex-gestor.

Nando Reis garante que Fundarpe lhe deve R$ 125 mil

nando_reisDiário de Pernambuco

O cantor e compositor Nando Reis diz aguardar, desde 2010, o Governo de Pernambuco pagar um cachê de R$ 125 mil. O valor equivale à remuneração por um show que o artista fez no Festival Pernambuco Nação Cultural, em Goiana, no Litoral Norte do estado.

Em nota, a Fundarpe admite o débito e afirma que o motivo do não pagamento são os “diversos problemas relativos a pendências com  documentação exigida para empresa que o representava”. De acordo com a fundação, o processo está sendo reanalisado para que uma solução seja encontrada.

Segundo a Folha de S. Paulo, o escritório de Nando Reis alegou já ter encaminhado os documentos, que só foram sanados em 2013. “A partir desse ano, a Fundarpe passou a ter contingenciamento orçamentário que gerou impedimentos para pagamento de despesas de exercícios anteriores”, afirma a Fundarpe.

Confira a nota da Fundarpe na íntegra:

A razão pelo não pagamento do show do cantor Nando Reis, em 2010, deveu-se  a diversos problemas relativos a pendências com  documentação exigida para empresa que o representava, que só foram sanados em 2013. A partir desse ano, a Fundarpe passou a ter contingenciamento orçamentário que gerou impedimentos para pagamento de despesas de exercícios anteriores. Neste momento, o processo em questão está sendo reanalisado para que seja encontrada uma solução.

Rede internacional quer aumentar a atuação em Pernambuco

1_reuniao_SDIA sul-africana Rose Molokoane, presidente da Slum Dwellers International (SDI), rede independente de entidades da sociedade civil que atua para criar cidades inclusivas e inserir a população urbana de baixa renda nas estratégias de desenvolvimento urbano, participou de reunião, nesta segunda-feira (3), na Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). O objetivo do encontro foi tratar sobre a ampliação da atuação da SDI em Pernambuco, além de potencializar a parceria com o Governo do Estado para multiplicar a metodologia de Investimento Integrado para Transformação (Poupança Comunitária) já utilizado no Território da Ilha de Deus.

Para Rose, a atuação da SDI no Recife é um caso de sucesso e servirá de exemplo para expandir o trabalho da entidade no resto do País. O trabalho realizado na Ilha de Deus é muito bom e, agora que queremos aumentar nossa atuação no Brasil, é o caso que vamos apresentar em outros Estados. Também queremos ampliar o número de comunidades atendidas em Pernambuco e criar um fundo que possa ser utilizado pelos próprios moradores. Para isso, é preciso formalizar melhor a parceria com algum tipo de documento que fortaleça esta relação SDI Pernambuco, afirmou a presidente.

O secretário executivo de Apoio aos Municípios da Seplag, Flávio Figueiredo, foi responsável por receber a comitiva da SDI. Estamos totalmente dispostos a estreitar as relações com a SDI. Para isso, esperamos que eles proponham modelos de termos de compromisso ou de protocolos de intenção para que possamos analisar a melhor forma de institucionalizar uma parceria, afirmou. O secretário ressaltou que uma nova reunião está agendada para a próxima sexta-feira (7). Estarão presentes, além da Seplag e da SDI, representantes das secretarias de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude e das Cidades e de outros municípios da Região Metropolitana.

Além de Rose, participaram do encontro desta segunda-feira Celine DCruz, diretora da entidade, e Fernanda Lima, diretora de projetos da Interação  Rede Internacional de Ação Comunitária, ONG brasileira representante da SDI na América Latina. A gerente de Articulação de Projetos da Seplag, Edna Claudino, e representantes da comunidade da Ilha de Deus também marcaram presença na reunião. A equipe da SDI fica em Recife até o próximo sábado (8).

Atuação – A SDI está presente em 33 países da África, Ásia e América Latina. No Brasil, a entidade atua apenas em Pernambuco e São Paulo. Em 2007, com o projeto de Investimento Integrado da Ilha de Deus, a rede implantou no local a metodologia de Poupança Comunitária, por entender que o cenário era convergente com práticas inovadoras de intervenção em comunidade em vulnerabilidade econômica e social. A iniciativa se estendeu até o bairro de Santo Amaro.

Todo trabalho é desenvolvido por mulheres da comunidade, que são capacitadas e acompanhadas para incentivar a poupança. No entanto, não é o ato de poupar que mais interessa ao SDI, mas o empoderamento dado aos cidadãos, já que todo o processo ajuda a construir vínculos e canais de trocas de experiências e fomento ao empreendedorismo. O grupo de mulheres, conhecidas como as Poupadoras foi amplamente capacitado e teve oportunidade de participar de várias missões nacionais e internacionais para troca de experiências.

Segundo Edna Claudino, responsável pelo projeto de Investimento Integrado da Ilha de Deus, a fuga do óbvio é o fator diferencial do trabalho desenvolvido pela SDI. Eduardo Campos enxergou, quando criou o projeto da Ilha de Deus, que não era só com obras de infraestrutura que se mudaria a realidade de uma comunidade tão vulnerável. É preciso empoderar a população e, por isso, ele colocou todas as secretarias para atuar na Ilha de Deus. O SDI também trabalha enxergando além das obras de pedra e cal. A Poupança Comunitária gera conscientização da população e as reuniões criam importantes fóruns de debate, explicou a gerente.

Troca de acusações marca retorno dos deputados na Assembleia: de quem é a culpa?

Primeira sessão do semestre, na Alepe, foi acirrada pela troca de acusações entre oposição e governo. O tema, entretanto, foi repetitivo: a responsabilidade pelas obras paradas e a falta de recursos João Bita/Alepe

08 Primeira sessão do semestre, na Alepe, foi acirrada pela troca de acusações entre oposição e governo. O tema, entretanto, foi repetitivo: a responsabilidade pelas obras paradas e a falta de recursosJoão Bita/Alepe

Jornal do Commercio

Deputados estaduais retornaram à Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (03), depois do recesso de julho, com ânimos acirrados, marcando a primeira sessão plenária pela repetição de um debate que foi reeditado sucessivamente no primeiro semestre: de quem é a culpa pelas obras paralisadas em Pernambuco? .

A oposição – PTB, PSOL, PT – voltou a atribuir à gestão do governador Paulo Câmara (PSB) as dificuldades na infraestrutura, saúde, educação e segurança pública, com o aumento dos crimes de morte. O líder da oposição, Sílvio Costa Filho (PTB) ironizou a agenda de inaugurações do governo. “Inaugurar praça não é papel de governador. Em sete meses, qual a grande obra?”, questionou Sílvio.

Em revide, o PSB responsabilizou o governo da presidente Dilma (PT) pelas dificuldade financeiras do Estados, que seriam uma consequência da crise econômica do País. “Pernambuco arca com erros do governo federal”, rebateu o líder do governo, o socialista Waldemar Borges. “O foco do problema é o atual e anacrônico pacto federativo. O País precisa de um novo pacto”, completou.

Oposição estadual e oposição ao governo federal, Edilson Silva (PSOL) fez ataque às prioridades do governo Paulo Câmara(PSB), denunciando o gasto R$ 35 mil na compra de gelo para o Palácio, licitação publicada no Diário Oficial. “Isso é simbólico. Faz contingenciamento de recursos para tudo, mas gasta com gelo para o Palácio”, criticou o psolista.

Única deputada independente na Alepe, a deputada Priscila Krause (Dem) protestou  contra o repetitivo debate, na Casa, sobre responsabilidades por obras paradas e dificuldades de recursos. “Estamos discutindo quem é o pior: o governo federal ou o estadual?”, ironizou.

O presidente da Alepe, Guilherme Uchoa (PDT), fez a abertura do semestre com um discurso otimista, ressaltando o papel da Alepe para uma agenda positiva em Pernambuco e a contribuição dada pelo Legislativo ao crescimento do Estado nos últimos anos. Uchoa fez, ainda, uma saudação ao ex-governador falecido, Eduardo Canpos (PSB), que completa um ano da morte no próximo dia 13, destacanto o seu papel político e de gestor do Estado para a atração de grandes investimentos.

Ônibus do transporte escolar de Tabira é destruído pelo fogo

incendio_onibus_tabira (5)Um ônibus do transporte escolar pegou fogo na noite desta segunda-feira (3), na Rua Firmino Gregório de Santana, Dercílio de Brito, em Tabira. De acordo com a Polícia Militar, o grupamento especializado GATI, foi informada pelo permanência da 2º CPM, que nas proximidades do mercadinho Dom Bosco estaria acontecendo um incêndio.

Ao chegar ao local, se deparou com o veículo Mercedes Bens /LO 708 E, placa BWF-9035, cor branca, ano 1988, em chamas. Populares se uniram, e com o apoio de dois carros pipas apagaram o fogo. Os bombeiros foram acionados para controlar o incêndio, mas mesmo assim o veículo ficou bastante danificado.

O proprietário A.A.F.V, agricultor, solteiro, de 22 anos, informou que não sabe o motivo do início incêndio, apenas informou que tinha deixado a porta fechada e ela estava aberta no momento do incêndio. A ocorrência foi repassada a Delegacia de Polícia Civil local para providências cabíveis.

incendio_onibus_tabira (7) incendio_onibus_tabira (6)

SARA e SDSCJ promovem 5ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar

Os debates sobre as propostas e os avanços para a promoção da soberania alimentar e o direito humano à alimentação adequada e saudável serão ampliados na 5ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar (Cesan/PE), promovida pelo Governo do Estado, através das secretarias de Agricultura e Reforma Agrária (SARA) e de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), em parceria com o Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional de Pernambuco (Consea/PE).

A convenção será realizada no Hotel Canarius, em Gravatá, nos próximos dias 4, 5 e 6 de agosto, e abordará o tema Comida de Verdade no Campo e na Cidade, por Direitos e Soberania Alimentar. A presidenta do Consea Nacional, Maria Emília Pacheco, ministra a palestra de abertura do evento, que contará com a participação dos secretários estaduais da SARA e da SDSCJ, Nilton Mota e Isaltino Nascimento, respectivamente, da secretária Nacional Adjunta da SESAN/MDS,Lilian Rahal, e da representante do Ministério da Saúde, Simone Guadagnini.

Durante os três dias de trabalho em grupo, os participantes discutirão estratégias de fortalecimento do Sistema Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Sesans) e propostas para a revisão do I Plano Estadual de Segurança Alimentar de Pernambuco, que aponta um conjunto de objetivos e diretrizes. O material deverá ser apresentado na 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CNSAN), que será realizada de 3 a 6 de novembro deste ano, em Brasília (DF).

A todo 340 pessoas de todos os municípios pernambucanos vão participar da conferência. O público é formado por representantes dos governos estadual e municipal e da sociedade civil organizada, como sindicatos e associações. São profissionais de diversas áreas como serviço social, nutrição, pedagogia, agronomia e professores universitários, que participaram das conferências municipais e têm efetiva participação nas discussões sobre segurança alimentar em seus municípios.

Nos últimos anos Pernambuco avançou na segurança alimentar, através da instituição de políticas públicas estaduais complementares de combate à desertificação, de convivência com o semiárido, de assistência técnica e extensão rural para agricultura familiar.  A qualidade de vida da população está diretamente ligada a alimentação e nós queremos seguir contribuindo com a expansão do debate e com a sensibilização de todos, garantindo a participação ativa da sociedade, explicou o secretário de Agricultura Nilton Mota.

Para o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Isaltino Nascimento, “o evento é uma oportunidade que temos para construir uma política estratégica de forma intersetorial e articulada entre vários órgãos para ajudar a melhorar a qualidade de vida da população pernambucana”.

“A Conferência propõe uma discussão que vai além do controle de qualidade, combate a utilização de agrotóxicos e produção de transgênicos. Queremos discutir alternativas para fortalecer os agricultores familiares, que produzem mais de 70% da comida que chega à mesa dos brasileiros”, pontua Zélia Tavares, presidente do Consea/PE.

Serviço: 5ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar (Cesan/PE)

Local: Hotel Canarius, em Gravatá

Data: 4, 5 e 6 de agosto

Hora: 8h30

PROGRAMAÇÃO

1º dia  04/08 (terça-feira)

8h30  Credenciamento e Lanche

9h  Leitura do Regimento

10h  Abertura da 5º CESAN-PE

11h  Conferência: Maria Emília, CONSEA Nacional

12h  Almoço

14h – Painel Povos Tradicionais

15h20  Guia Alimentar

15h40  Lanche

16h  SISAN-PE Mariana Suassuna- CAISAN-PE Sônia Lucena – CONSEA-PE

17h – Orientações para os grupos

18h – Apresentação cultural

19h – Jantar 20h30 – Documentário Semiárido Debate

2ª dia  05/08 (quarta-feira)

8h30  Trabalho de Grupos

10h  Lanche

10h15 – Trabalho de Grupos

12h  Almoço

14h  Trabalho de Grupos

16h  Lanche

16h20  Socialização dos trabalhos de grupos

19h – Jantar

20h30 – Atividades paralelas (reuniões, encontros, carta política, sistematização dos resultados)

3ª dia  06/08 (quinta-feira)

8h30  Apresentação e aprovação das propostas

10h  Lanche

10h20 – Leitura de Moções e da Carta Política

11h20 – Escolha de delegados/as

12h – Encerramento e Apresentação Cultural

13h  Almoço

Ordem no Planalto é ‘blindar’ Dilma após prisão de Dirceu na Lava Jato

Petistas afirmam que a nova prisão de Dirceu tem o efeito de uma "pá de cal" na já desgastada imagem do partido Foto: TV Brasil / Fotos Públicas

Petistas afirmam que a nova prisão de Dirceu tem o efeito de uma “pá de cal” na já desgastada imagem do partidoFoto: TV Brasil / Fotos Públicas

Jornal do Commercio

Após a nova prisão do ex-ministro José Dirceu, a ordem no Palácio do Planalto é blindar a presidente Dilma Rousseff e tentar impedir que os desdobramentos da Operação Lava Jato contaminem ainda mais agenda do governo.

Durante a reunião de coordenação política nesta segunda (3), horas após a detenção de Dirceu, ministros disseram que a gestão Dilma “precisa ser blindada” da repercussão que a prisão do ex-ministro vai trazer ao cenário. No entanto, o núcleo político da presidente avaliou que será “bastante difícil” manter o governo fora do desgaste que o fato vai criar ao PT e aos petistas.

Na quinta-feira (6) vai ao ar o programa do partido em rede nacional. Para a cúpula da legenda, a nova prisão de Dirceu -que já foi condenado e preso no mensalão- vai dar ainda mais munição para a reedição de panelaços durante a exibição da peça.

Como a Folha de S.Paulo revelou, o programa será a primeira vez em que a presidente aparecerá em rede nacional após o panelaço do dia 8 de março, durante seu discurso pelo Dia Internacional da Mulher.

Petistas afirmam que a nova prisão de Dirceu tem o efeito de uma “pá de cal” na já desgastada imagem do partido.

Dirigentes petistas já esperavam a prisão do ex-ministro. Um membro da cúpula do PT disse à reportagem que, apesar do desgaste à legenda, a prisão de Dirceu é “mais do mesmo”.

CRIADOR DO ESQUEMA

Segundo os investigadores da Lava Jato, o ex-ministro José Dirceu foi um dos criadores do esquema de corrupção na Petrobras e repetiu o mensalão na estatal.

“Chegamos a um dos líderes principais, que instituiu o esquema”, disse o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, sobre o ex-ministro. “Isso passou pelo mensalão, passou pela investigação do caso, passou pela prisão [de Dirceu] e perdurou apesar da movimentação da máquina do STF e do judiciário.”

Dirceu, de acordo com as investigações, tinha o poder, como ministro da Casa Civil, de indicar nomes a cargos estratégicos no governo do ex-presidente Lula. Foi ele, por indicação do empresário e lobista Fernando Moura -também preso nesta segunda (3)-, que conseguiu nomear o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, acusado de cobrar propinas milionárias em contratos da estatal.

Foi na diretoria de Duque, disse, que se iniciou o esquema de corrupção na Petrobras, depois reproduzido na diretoria de Abastecimento, com o ex-diretor Paulo Roberto Costa.

“Durante o período em que foi ministro da Casa Civil, ele permitiu que esse esquema existisse e se beneficiou dele”, disse Lima, sobre o ex-ministro. “Ele é uma das pessoas que decidiu pela criação desse esquema. O DNA, como afirmou o ministro Gilmar Mendes, é o mesmo do mensalão.”

Receita anuncia consulta ao 3º lote de restituições do Imposto de Renda

A Receita Federal deve anunciar a liberação da consulta ao terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 nesta semana. O dinheiro estará disponível para os contribuintes, na rede bancária, no dia 17 de agosto, informa o JC Online.

As informações sobre o lote poderão ser consultadas na internet ou por meio do Receitafone 146. A Receita disponibiliza aplicativo para tablets e smartphones, que permite a consulta às declarações para quem usa os sistemas Android e iOS. O número de contribuintes e os valores dependem sempre da disponibilidade do Tesouro Nacional.

O contribuinte que tem dúvida sobre possíveis problemas na declaração deve consultar o extrato no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), na internet, para verificar eventuais pendências e acompanhar a situação perante o Fisco. Caso encontre algum tipo de divergência nos dados envidados, deve fazer a retificação para não permanecer na malha fina. Para consultar o extrato, o contribuinte precisa ter um código de acesso gerado na própria página da Receita e, para isso, terá que informar o número de entrega das duas últimas declarações. A opção é ter certificado digital.

Guarda recupera objetos furtados em uma casa de Tabira

guarda_objetos1

Um rapaz de 18 anos foi detido pela Guarda Municipal de Tabira pela invasão e furto a uma residência, localizada na Rua Petrônio Portela, em Tabira. Segundo o boletim de ocorrência da corporação, E. M. S., evadiu-se do local com aparelhos eletrônicos, botijão de gás e um cartão magnético da vítima Antônio Rogério L. Gomes.

O jovem, os objetos e a ocorrência foram repassados a Delegacia de Polícia Civil de Tabira.

guarda_objetos2 guarda_objetos

Prefeitos pernambucanos usam e abusam das diárias

Diário de Pernambuco

Regida por leis municipais e não poucas vezes carente de transparência, a cessão de diárias para viagens de prefeitos do interior é uma caixa-preta que, uma vez aberta, mostra repasses volumosos e sem comprovação de como ocorreu o gasto do dinheiro. Levantamento feito em alguns Portais de Transparência evidencia casos como o de Amaraji, onde, em 2014, o prefeito Jânio Gouveia (PR) recebeu R$ 79.537,00 de diárias. Foram 15 cheques de R$ 3.150,00, três de R$ 6.300, um de R$ 9.450, um de R$ 2.362 e o menor deles, um de R$ 1.575. Em todos os meses houve, pelo menos, dois cheques, sendo, geralmente, um no início e outro no fim do mês. O salário dele, em contrapartida, é de R$ 13 mil.

A reportagem solicitou à gestão os dias exatos, destinos e motivos das viagens. Por telefone, Jânio Gouveia afirmou não lembrar exatamente das datas e agendas. “A gente viaja com frequência para fora para tratar de problemas do município. Recebo diária para as despesas com viagem. Não precisa trazer a nota”, disse Gouveia, sem falar qual a cifra exata pela diária.

Levando em consideração os 365 dias de 2014 e os R$ 79.537,00 recebidos, Gouveia ganhou diariamente R$ 217. De acordo com ele, os repasses seriam, também, para cobrir passagens áreas, mas o texto da lei, que poderia confirmar isso, não foi disponibilizado. O salário do prefeito de Amaraji é de R$ 13 mil, conforme disse Gouveia. A cidade fica a 96 km do Recife, possui uma renda per capita média de R$ 286 e 11% da população em situação de extrema pobreza.

Os dados são do Portal de Transparência de Amaraji que apareciam atualizados até dezembro do ano passado. Não há informações relativas a este ano. Com atualizações do portal em dia, por outro lado, Pesqueira, distante 276 km do Recife, dá conta de pagamentos em 2015 de R$ 21,3 mil ao prefeito Evandro Chacon (PSB). Se dividido pelo número de dias alegado, teriam-se 27 diárias.

A assessoria do administrador informou que “são roteiros ante o fato de que, constantemente, faz necessária sua presença para resolver questões de interesse público e participação em eventos”. Pela lei municipal, em deslocamentos até 100 km, a diária é de R$ 450 com pernoite e R$ 150 sem pernoite. Em viagens ao Recife, esse valor sobe para R$ 600 com pernoite e R$ 200 sem pernoite e R$ 750 em outras capitais.

Apesar dos valores estarem dentro dos parâmetros de outras prefeituras, são superiores ao pago, por exemplo, pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco, no qual um desembargador em viagens a serviço tem direito a R$ 368,40 para deslocamentos dentro do estado e R$ 614 para fora, incluindo Fernando de Noronha. Além de alimentação, deve ser pago com esse dinheiro, ainda, hospedagem e transporte.

De volta aos executivos municipais, as legislações de Cupira e Paudalho também autorizam R$ 600 de diárias para viagens do prefeito ao Recife. No caso de Paudalho, quando o destino é fora do estado, é possível ao gestor receber até R$ 1,2 mil por dia.

“Desde 2004 a lei municipal prevê um cálculo de 1/30 do salário do prefeito, sendo 2/30 quando o deslocamento é para Brasília. Todo mundo sabe que em Brasília o custo é maior. Mas, geralmente, a agenda é vinculada às secretarias estaduais. Ele tem trabalhado muito para atrair convênios, principalmente nas secretarias de Transportes e Cidades”, justificou o secretário de Finanças de Paudalho, Juarez Gusmão. O dinheiro é para cobrir somente alimentação e despesas como uso de táxi. Passagens e hospedagem ficam de fora.

Valores repetidos Enquanto o prefeito de Paudalho, José de Araújo (PSB), recebeu R$ 14,4 mil, o gestor de Cupira, Sandoval Luna (PDT), foi ressarcido em R$ 16,9 mil. Apesar de um total menor de diárias, o município de Tupanatinga chama atenção pelo pagamento frequente de R$ 668. O valor exato aparece em todos os meses deste ano três vezes em cada. A assessoria do Executivo foi procurada, mas não respondeu.

Já Belo Jardim chama atenção por, em novembro do ano passado, o prefeito da cidade, João Mendonça (PSD), ter recebido, conforme o portal municipal, R$ 2,5 mil para dois dias de visita a ministérios, em Brasília, e outros R$ 2 mil para ida a uma usina de asfalto, em São Paulo.

Saiba mais

Veja alguns casos de prefeitos de municípios pernambucanos que utilizaram com frequência o recursos de pedir reembolso do uso de diárias a viagens a outras cidades do estado ou para outras localidades

Jânio Gouveia (PR) Prefeito de Amaraji

R$ 79,5 mil recebidos em diárias em 2014

O valor recebido equivale a:

2.687 refeições de valor médio do brasileiro (inclui sobremesa e cafezinho)*

101 cestas básicas**

44 vezes a renda média por um dia de trabalho do brasileiro***

Sem explicações A prefeitura não informou o valor da diária (por dia e distância)

A prefeitura não informou quais despesas a diária cobre

Inexistem de informações sobre os gastos de 2015 no Portal de Transparência da Prefeitura

As contas do brasileiro

R$ 27,36 é o preço médio da refeição do brasileiro (Pesquisa Assert 2015)*

R$ 318,53 é o valor da cesta básica no Recife (Dieese em junho de 2015)**

R$ 56,64 equivale a média de um dia de trabalho do brasileiro – 14 anos ou mais ocupado e com rendimento (IBGE 1º trimestre de 2015) ***

R$ 788 valor atual do salário mínimo****

Ticket-diária R$ 600*

Com o que dá para gastar esse valor em um dia no Recife e ainda sobra dinheiro

*O valor teve como base o valor informado pelas prefeituras para diárias com pernoite no Recife. Vale ressaltar que, quando se trata de viagens a outros estados, o valor tende a ser maior.

Café da Manhã R$ 19 café da manhã em uma padaria tradicional do Recife (inclui tapioca, sanduíche e xícara grande de café com leite)

Almoço R$ 130 almoço em um tradicional rodízio do Recife (inclui bebida)

Lanche R$ 15 capuccino com uma porção de pão de queijo em uma cafeteria da cidade

Jantar R$ 120 em badalado restaurante à beira-mar de Boa Viagem (inclui taça de vinho)

Hospedagem A maioria dos prefeitos recebe a hospedagem à parte. Para aqueles que precisam pagar o hotel com o mesmo dinheiro, porém, ainda há margem. R$ 260 hospedagem/dia em hotel 4 estrelas em Boa Viagem

Táxi R$ 56 de táxi por dia

Evandro Chacon (PSB) Prefeito de Pesqueira

R$ 21,3 mil recebidos em diárias este ano

O valor recebido equivale a:

779 refeições de valor médio do brasileiro (inclui sobremesa e cafezinho)*

67 cestas básicas**

12 vezes a renda média por um dia de trabalho do brasileiro***

Informações R$ 600 é a diária paga para viagens ao Recife (R$ 200 se não tiver pernoite)

R$ 750 é a diária paga para viagens a outras capitais (R$ 250 se não tiver pernoite)

O valor cobre alimentação e hospedagem

José Pereira de Araújo (PSB) Prefeito de Paudalho

R$ 17,4 mil recebidos em diárias este ano

O valor equivale a:

636 refeições de valor médio do brasileiro (inclui sobremesa e cafezinho)*

57 cestas básicas**

10 vezes a renda média por um dia de trabalho do brasileiro***

Informações R$ 600 é a diária para viagens de Pernambuco

R$ 1.200 é a diária para viagens fora do estado

O valor cobre alimentação e demais gastos como táxi

Sandoval José Luna (PDT) Prefeito de Cupira

R$ 16,9 mil recebidos em diárias este ano

O valor recebido equivale a:

618 refeições de valor médio do brasileiro (inclui sobremesa e cafezinho)*

53 cestas básicas**

9 vezes a renda média por um dia de trabalho do brasileiro***

Informações R$ 600 é a diária paga para viagens ao Recife (R$ 200 se não tiver pernoite)

R$ 750 é a diária paga para viagens a outras capitais (R$ 250 se não tiver pernoite)

O valor cobre alimentação e hospedagem

Manoel Tomé (PT) Prefeito de Tupanatinga

R$ 8 mil recebidos em diárias de janeiro a maio deste ano

O valor recebido equivale a:

292 refeições de valor médio do brasileiro (inclui sobremesa e cafezinho)*

25 cestas básicas**

4 vezes a renda média por um dia de trabalho do brasileiro**

Sem explicações A prefeitura não informou o valor da diária (por dia e distância)

A prefeitura não informou quais despesas a diária cobre

A prefeitura não informou o salário do prefeito

Inexistem informações sobre gastos pós-maio no Portal de Transparência

Consumidor pode economizar R$ 1,7 mil por ano com escolha do plano de telefonia

Agência Brasil – Um levantamento da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) mostra que escolher o plano de telefonia celular adequado ao perfil de uso pode levar a uma grande economia na conta em um ano. Os preços avaliados são relativos aos planos oferecidos nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.

Consumidores que fazem muitas ligações e usam muito a internet no celular, os superconectados, podem economizar até R$ 1.716 por ano, se forem paulistas, e R$ 1.596, se forem cariocas. Entre aqueles que falam e usam pouco a internet, os conectados, a economia pode chegar a R$ 571 por ano, tanto em São Paulo como no Rio.

Foram analisados três perfis principais de consumidores de telefonia e internet móvel: os conectados, que falam cerca de 50 minutos por mês e usam 100 megabytes (MB) de internet; os mais conectados, com 150 minutos em ligações e internet de 500MB; e os superconectados, com média de 350 minutos de ligação e internet de 2 gigabytes (GB).

Para o levantamento, a Proteste avaliou os planos pré-pagos, pós-pagos e controle com acesso à internet das cinco maiores operadoras do país: Claro, Nextel, Oi, Tim e Vivo e de duas regionais (Algar Telecom e Sercomtel). A entidade destaca que o único critério avaliado foi o preço. A qualidade dos serviços não foi analisada.

A Proteste também lembra que todos as operadoras oferecem planos com serviços ilimitados de ligações para celulares da mesma operadora, mas as ligações para outras operadoras têm custo alto. A recomendação é levar em conta qual é a operadora das pessoas com quem mais se fala antes de escolher o plano.

A entidade oferece um simulador para que consumidores de todos os estados possam conferir o valor dos planos das principais operadoras de acordo com o perfil de uso. Acesse aqui o simulador.

José Dirceu é preso na 17ª fase da Operação Lava Jato

image

G1 em Brasília

A Polícia Federal (PF) prendeu, nesta segunda-feira (3), o ex-ministro José Dirceu, o irmão dele Luiz Eduardo de Oliveira e Silva e mais cinco pessoas, durante a 17ª fase da Operação Lava Jato, que investiga um esquema criminoso de fraude, corrupção e lavagem de dinheiro na Petrobras.

Desde as 6h, a PF cumpre 40 mandados judiciais, sendo três de prisão preventiva, cinco de prisão temporária, 26 de busca e apreensão e seis de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento.

O ex-ministro é suspeito de praticar crimes como corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

CPIs e projetos polêmicos dominam pauta do Congresso após recesso

camara_plenario_dos_deputadosDo G1, em Brasília

Após duas semanas de recesso parlamentar, o Congresso Nacional retoma as atividades nesta segunda-feira (3). Tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado, a expectativa é de que a primeira semana de trabalho seja bastante intensa. Além de diversos projetos polêmicos que podem ser votados, as comissões parlamentares de inquérito (CPIs) prometem movimentar o cenário político do Congresso.

Na Câmara, após seis meses de funcionamento, 37 reuniões e oitivas de 73 pessoas, a CPI da Petrobras retomará as atividades na próxima terça-feira (4) com uma audiência para ouvir os atuais presidentes das empresas Mitsui, Shinji Tsuchiya, e da Samsung, J. W. Kim. As duas empresas são investigadas pela Operação Lava Jato por suspeita de pagamento de propina em contratos com a estatal.

Na quinta (6), a comissão pretende fazer uma acareação entre o doleiro Alberto Yousseff e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa. Os dois firmaram acordo de delação premiada com o Ministério Público e confirmam a existência do esquema de corrupção.

Somente a primeira semana de agosto está com a agenda definida pela CPI. O presidente da comissão, Hugo Motta (PMDB-PB), disse que vai elaborar o cronograma do mês. Uma das prioridades, segundo ele, será tentar reverter a decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que liberou o ex-gerente de Serviços da Petrobras Pedro Barusco de comparecer duas acareações na CPI.

Recorde e veja como era e como ficou a principal rua do Bairro das Missões

Na coluna Recordar é Viver fazemos um convite à população tabirense para relembrar conosco, através das imagens, como eram algumas ruas antes da gestão e como estão depois da ação. Ao mesmo tempo informamos ao povo em geral ações da Gestão Governando com o Povo.

Hoje estamos mostrando o prolongamento da Rua Eduardo Domingos de Lima que dá acesso ao bairro das Missões.

Observe como era a rua antes:

missões antes

Agora veja o que foi feito para melhorara à vida dos moradores daquela localidade.

missões depois

 

Enviado por Assessoria de Comunicação

Tabira está sem delegado de polícia há 1 mês

delegacia-de-Tabira1Após os policiais civis e delegados de Pernambuco entregarem os plantões do Programa de Jornada Extra de Segurança (PJES) diversas delegacias do Estado de Pernambuco estão sem delegados.

Tabira, distante 400km da capital, teve seu titular o Bel. Thiago de Sousa Batista removido para o plantão na 20ª DESEC – Seccional de Polícia Civil em Afogados da Ingazeira.

A decisão de entregar os plantões foi tomada durante assembleia conjunta entre Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) e a Associação dos Delegados da Polícia do Estado de Pernambuco (Adeppe), no dia 26 de junho. Cerca de 90% dos policiais e mais de 240 delegados aderiram a decisão.

Inscrições para o Fies começam nesta segunda-feira

fiesAgência Brasil – As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) começam nesta segunda-feira (3). Nesta edição, os candidatos não precisam correr para acessar o sistema, uma vez que o financiamento não será concedido por ordem de chegada, mas por concorrência. Ao todo serão ofertadas 61,5 mil vagas. O período de inscrição vai até o dia 6, pela internet.

“O objetivo desta vez é que os alunos não fiquem nervosos procurando encontrar para que lugar vão porque vai ser uma concorrência, não vai mais ser ao estilo quem chega primeiro pega a vaga”, explica o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. Os candidatos farão a inscrição e o resultado da pré-seleção será divulgado no dia 10 de agosto, em chamada única.

Para concorrer, os estudantes precisam ter tirado pelo menos 450 pontos na média das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). São aceitas todas as edições do Enem a partir de 2010. O candidato também tem que ter tirado nota maior que 0 na redação. Além disso, precisa ter renda familiar por pessoa de até 2,5 salários mínimos por mês, ou seja, R$ 1.970.

Pelas novas regras do Fies, os juros passarão dos atuais 3,4% para 6,5%. Além disso, os estudantes pagarão parte da mensalidade, de acordo com a renda. Como contrapartida, os estudantes do Fies terão um desconto de 5% nas mensalidades.

A oferta de vagas vai priorizar cursos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, excluído o Distrito Federal. Os cursos das áreas de engenharia e saúde e a formação de professores também serão priorizados, assim como aqueles com conceitos 4 e 5 na avaliação do MEC, que são os mais altos.

O Fies é um programa do governo que oferece financiamento em instituições privadas de ensino superior com juros mais baixos. Atualmente, cerca de 2,1 milhões de contratos estão ativos.