Programação do dia 7 de Setembro em Tabira

DSC_0309

A prefeitura de Tabira, por intermédio da secretaria de Administração divulga a programação do dia 7 de setembro.

8 da manhã – Hasteamento dos Pavilhões,

8h30 min – Entrega da Nova Ambulância,

9h – Desfile de Apresentação da Frota adquirida pela atual gestão,

16h – Desfile Cívico Militar.

Toda a população tabirense está convidada a participar das atividades comemorativas nesta segunda-feira, dia 7 de setembro, Dia da Independência.

Enviado por Assessoria de Comunicação

Encontro de Josete com Armando Monteiro determinou a reunião dos governistas nesta sexta em Tabira

Josete-Armando-Monteiro-Sebastiao-Dias-e-Ieda-2

Foto: Arquivo/Tabira Hoje

Mesmo não tendo pretensão de voltar a disputar a Prefeitura de Tabira o médico Josete Amaral (PTB), vai dando as cartas na política da cidade. No último final de semana o ex-prefeito da cidade das tradições esteve reunido com o Ministro Armando Monteiro (PTB) tratando da sucessão municipal. 

Nesta sexta-feira (4) o bloco governista se encontra para tratar de sucessão e receber o recado do principal líder político do PTB em Pernambuco. O Prefeito Sebastião Dias (PTB) sonha em ter o apoio do mesmo grupo para disputar a reeleição e parte do grupo sonha que o gestor desista da reeleição e que um novo nome seja escolhido. 

Tudo pode acontecer na reunião desta sexta-feira ás 19h00 em Tabira, inclusive nada. 

Anchieta Santos

Ex-prefeito Dinca é convidado pelo Vice-Governador Raul Henry para ingressar no PMDB

Sem títuloNo mundo globalizado as informações parecem têm a velocidade do som. Foi só o PSB de Tabira se reunir na noite da quarta-feira (2) e formar sua nova comissão provisória comandada pelo empresário Pipi da Verdura, deixando o ex-prefeito Dinca Brandino de fora, que nesta quinta-feira (3) o PMDB estadual já caiu em campo para ganhar o passe do líder político. O vice-governador Raul Henry já ligou para Dinca fazendo o convite.

Assessor do ex-governador e atual deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB), o afogadense Carlos Veras se reúne nesta sexta-feira (4) com Dinca para definir seu ingresso na legenda.

Em contato com a produção do Programa Cidade Alerta, Dinca disse que vai ouvir o representante do PMDB como também tem convite do deputado Fernando Monteiro para ir para o PP. 

O ex-prefeito de Tabira está se sentindo magoado com o PSB e disse que praticamente foi expulso do partido socialista. Expectativa agora para saber se Dinca assumir o comando do PMDB, como ficarão os integrantes do partido Flávio Marques, Paulo Manú e Edmundo Barros, adversários do ex-prefeito.

Anchieta Santos

Greve do INSS completa dois meses e atinge pelo menos nove estados

inss_porta_1A greve de servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) completa dois meses nesta sexta-feira (4) e atinge pelo menos nove estados. Há servidores ainda parados em estados como Alagoas, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Bahia, Paraná, Amapá e Tocantins.

Os funcionários pedem reajuste salarial de 27,5%, a incorporação das gratificações, 30 horas de trabalho semanal para todos os funcionários, realização de concurso público e melhoria das condições de trabalho.

Uma decisão liminar do Superior Tribunal de Justiça (STJ) no mês passado determinou aos sindicatos a manutenção de 60% do efetivo trabalhando nas agências do INSS enquanto durar a greve. O quantitativo deve ser respeitado dentro de cada unidade do órgão, segundo nota do Ministério da Previdência Social. Números sobre a paralisação só são informados ao STJ.

Segundo o comando nacional de greve, 1100 agências em todo o país estão fechadas, com adesão 85% da categoria, formada por 33 mil funcionários. Em alguns estados, os sindicatos dizem que há um percentual maior que 90% paralisado.

Em nota divulgada no último dia 27, o INSS afirma que, “dentre as pautas reivindicatórias sob as quais a Autarquia possui alçada decisória, tem buscado uma solução responsável para os pleitos de seus servidores”, mas que compete ao Ministério do Planejamtno a condução das negociações.

O órgão esclarece que a central de atendimento está à disposição para informar a situação do atendimento nas Agências, adotar providências de reagendamento dos serviços e para orientar os cidadãos.

“Para quem não for atendido em decorrência da greve, o INSS considerará a data originalmente agendada como a data de entrada do requerimento, a partir de quando são gerados os efeitos financeiros nos benefícios”, diz o instituto.

Mário Amaral admite rompimento e diz que o Prefeito Sebastião Dias governa “no mundo da lua”

11937966_695531963923465_3112339942300444897_nFalando à imprensa pela primeira vez depois de sua recente passagem pela Câmara de vereadores, o suplente Mário Amaral, Presidente do PTB, disse nesta quinta-feira (3) a Rádio Cidade FM, por considerar que um vínculo foi quebrado com sua saída da secretaria de obras preferiu não voltar. Mesmo admitindo o sinal verde do prefeito Sebastião Dias, Mário disse que ouviu as ponderações do ex-prefeito Josete Amaral e decidiu não retornar a pasta.

Admitindo que o discurso de crise não casa com a folha de pessoal cheia de distorções apresentada, Mário disse que o prefeito tem que economizar e cortar na própria carne e governar bem no tempo que resta.

Mário admitiu que o grupo do ex-prefeito Josete se afastou da administração de Sebastião Dias fazendo uma oposição propositiva, sem interesse de atrapalhar. O ex-secretário de Obras disse que Sebastião ainda está flutuando. “Vive no mundo da lua”, afirmou Amaral sobre o governo que está no seu 3º ano.

Sobre o nome de Zé Amaral para prefeito, Mário disse que o irmão é um candidato promissor, não está impondo o nome e que tem condições de governar bem a cidade.

Anchieta Santos

Paulo Câmara avalia que crise pode gerar ajustes mais duros em Pernambuco em 2016

Paulo_CamaraJornal do Commercio

Quando questionado sobre os efeitos da crise econômica em Pernambuco, o governador Paulo Câmara (PSB) sempre negou que vá atrasar o salário dos servidores estaduais. Em entrevista à Rádio CBN São Paulo, o socialista reforçou o compromisso, mas deixou em aberto essa possibilidade para o ano que vem.

“Vamos fechar 2015 equilibrado, mas muito preocupado com 2016. Porque se 2016 repetir esse mesmo cenário econômico de 2015, nós vamos ter um ano, realmente, onde pode acontecer muita coisa que nós não queremos. Muitos ajustes, muito mais duros, e, aí, sim, pode afetar a qualidade dos serviços oferecidos à população. Isso é uma discussão que eu espero que não precisemos fazer em 2016”, falou.

A crise econômica não ocasionou o parcelamento do salário dos servidores, como no Rio Grande do Sul, mas já tem seus efeitos no Estado. “Não há risco de Pernambuco atrasar salários, mas nós já estamos com alguma dificuldade com alguns fornecedores, até pelo fluxo de caixa. Os meses de julho, agosto e setembro são meses ruins de receita. Nós só vamos regularizar o pagamento dos fornecedores a partir do mês de outubro”, declarou.

O governador disse que espera que as condições econômicas do Brasil e de Pernambuco melhorem em 2016 e garantiu que tem feito sua parte. Paulo também justificou a razão de não ter concedido aumento aos servidores estaduais este ano. “Estamos traçando uma estratégia de equilíbrio, porque nós não vamos superar as dificuldades do ano de 2015 e as previsões de 2016 se nós não tivermos o equilíbrio. O equilíbrio é o número 1 de todo o nosso trabalho”.

Na entrevista, o governador ainda falou da importância de se criar um mecanismo para o financiamento da Saúde, mas disse ser contra o simples retorno da CPMF. “Não se dá para criar imposto ou contribuição hoje no país sem aperfeiçoar o sistema, sem diminuir a alíquota de outros impostos ou até eliminar algum tipo de contribuição que não é boa para os setor produtivo. Isso é uma discussão maior”, disse.

PE confirma quatro novos casos de chikungunya

gripe x dengue 2Folha de Pernambuco

Pernambuco confirmou, nesta semana, quatro novos casos de febre chikungunya. Desses, dois contraíram a doença no município de Iati, localizado no Agreste (casos autóctones). São os primeiros registros de circulação da doença em território pernambucano. Os outros casos foram notificados em Itaíba e no Recife e estão sendo investigados para confirmar se a doença foi contraída ou não no Estado.

Com esses quatro novos casos, Pernambuco soma, em 2015, seis casos confirmados da doença – os dois primeiros foram importados da Bahia. Ao todo, 180 casos foram notificados como suspeitos, sendo 169 descartados. Entre os descartados, 65 deram positivo para dengue. O vírus do chikungunya é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue, doença endêmica no Brasil e em zonas tropicais da América Latina.

Os doentes podem apresentar febre acima de 38,5 graus, de início repentino, e dores intensas nas articulações de pés e mãos – dedos, tornozelos e pulsos. Pode ocorrer, também, dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele. Cerca de 30% dos casos não chegam a desenvolver sintomas. O controle do mosquito é a ação mais importante, pois as pessoas podem ter chikungunya e dengue ao mesmo tempo.

Em Iati, onde foi confirmada a transmissão autóctone da chikungunya, o município, juntamente com a Regional de Saúde (Geres), está realizando um levantamento de todos os casos suspeitos e reforçando as ações de controle. Para apoiar e intensificar as ações de controle e mobilização social dos municípios, a SES disponibilizou insumos e materiais educativos para a Região. Além disso, os trabalhos de capacitação serão intensificados com profissionais de saúde da vigilância e assistência.

Em 2014, Pernambuco registrou quatro casos da doença, todos importados (um de ocorrência em Brejo Santo, no Ceará, e outro do município de Feira de Santana, na Bahia, além de dois casos da Colômbia).

Dividido, grupo que elegeu prefeito Sebastião Dias, faz amanhã a primeira reunião para tratar de sucessão

casa_14-3Confirmados os partidos e as lideranças que participarão da reunião para tratar de sucessão municipal em Tabira nesta sexta-feira (4). Repleto de divisões o bloco é o mesmo que elegeu o Prefeito Sebastião Dias em 2012.

Os partidos convidados foram: PTB, PMDB, PSC, PT, PSL, PSD, PP, DEM, PSDB, PRB e o PTdoB, novo integrante. As lideranças são Sebastião Dias, Genedy Brito, Carlos Veras, Josete Amaral, Rosalvo Sampaio(Mano), Joselito Rodrigues, Zé Amaral, Paulo Manú, Flávio Marques, e os vereadores: Edmundo Barros, Didi de Heleno, Neli Sampaio, Aristóteles Monteiro e Val do Bar. A reunião vai acontecer na Loja de Dona Helena.

Pontuando as divisões entre os presentes: a Vice-Prefeita Genedy Brito está rompida com o Prefeito Sebastião Dias. O vereador Edmundo Barros já disse que o seu candidato será do Grupo Independente (GI) e certamente não vai ser o atual gestor.

O ex-prefeito e médico Josete já deu sinais de afastamento do poeta ao deixar de atender no Hospital Municipal. Também desaconselhou o irmão Mário Amaral a não retornar a Secretaria de Obras e outro irmão, Zé Amaral, está com a campanha “Agora é Zé” na rua.

E por último o PT, que prá variar, está dividido entre a candidatura do Presidente Tote Marques e o grupo de Carlos Veras que criou o PTdoB para alojar os candidatos a vereador.

Anchieta Santos

PSB de Tabira forma nova Comissão Provisória e Dinca fica fora

090701e356ea681d0e4fe915ba8bb1ad1-600x360Coordenada pelo ex-prefeito de Itapetim e representante do PSB Estadual Adelmo Moura, o PSB de Tabira, antes comandado pelo ex-vereador Ubirajara Jucá, escolheu ontem sua nova Comissão Provisória.

A nova formação apresenta como presidente Valdeir Tomé da Silva (Pipi da Verdura), Joel Mariano como vice, Zé de Bira (Tesoureiro) e  Beliato (Secretário).

Além dos integrantes da nova comissão Provisória do PSB participaram da reunião os vereadores Marcos Crente, Sebastião Ribeiro, Djalma das Almofadas, o ex-vereador Ubirajara Jucá, o suplente Vianey Justo e os convidados Genedy Brito, vice-Prefeita, além da empresária Lúcia Simões.

O ex-prefeito Dinca Brandino (PSB) que desejava o comando da sigla para emplacar a candidatura da esposa Nicinha ficou fora.

Anchieta Santos

Guarda Municipal inicia operação de sinalização em áreas escolares

sinalizacao_escolarA Prefeitura de Tabira, através da Secretaria de Administração está trabalhando para melhorar a sinalização da cidade. O trabalho foi iniciado por uma equipe da Guarda Municipal de Tabira, na PE-320, em frente à Escola Municipal Andréa Pires.

A operação de sinalização das áreas escolares faz parte do Projeto Escola Segura, e será estendida as escolas do município que registram o maior fluxo de veículos nos horários de entrada e saída de estudantes.

“Estamos disciplinando o trânsito da cidade e sentimos a necessidade de reforçarmos a segurança do trânsito nas escolas da rede municipal de Tabira com a implantação de sinalização específica para esta área. Levamos o pleito ao prefeito Sebastião e de imediato fomos atendido”, afirmou Flávio Marques, Secretário Municipal de Administração.

Na porta das escolas contempladas serão implantadas faixas de pedestres, além de placas complementares, indicando a faixa há alguns metros adiante e advertindo os motoristas a diminuírem a velocidade. “Com a medida, a Guarda Municipal visa garantir a segurança dos alunos e motoristas que transitam nas vias”, diz o Comandante-Geral da GM, Jair José.

Zé Amaral reafirma pré-candidatura à Prefeitura de Tabira

ze_amaralO ex-secretário municipal de Obras e Saneamento, Zé Amaral voltou a reafirmar sua pré-candidatura à Prefeitura de Tabira em 2016, na noite desta quarta-feira (02). Segundo ele, “não tem como recuar” depois de ter o nome lançado.

Amaral, que filiado ao Partido Social Democrata Cristão (PSDC), confirmou presença na reunião da próxima sexta-feira com as lideranças governistas no Município.

Oposição volta a cobrar ação para combater a violência

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco voltou a levar ao Plenário da Casa a preocupação com a escalada da violência em Pernambuco. Segundo dados disponíveis no site da Secretaria de Defesa Social do Estado, em agosto, até o último domingo (30), foram registrados 315 homicídios em Pernambuco  26% a mais que no mesmo mês do ano passado, quando foram contabilizadas 250 mortes. No ano, entre janeiro e agosto (até o dia 30), foram 2.475 assassinatos, o que significa 213 casos a mais que os oito primeiros meses de 2014.

O deputado Álvaro Porto (PTB) foi o primeiro a ocupar a tribuna para denunciar a completa falta de estrutura da Polícia no Estado. Segundo o parlamentar, em algumas regiões uma única viatura é responsável pela cobertura de três cidades e 70 municípios estão sem delegado. Desde o início do primeiro semestre temos cobrado soluções e debatido a questão em audiências com prefeitos, vereadores e a população, que está aterrorizada. Curiosamente, as iniciativas foram ignoradas pela Secretaria de Defesa Social, afirmou.

Líder da Bancada de Oposição, Silvio Costa Filho (PTB), destaca que esses oito meses mostram uma tendência de crescimento generalizado da violência. Não só nos casos de crimes contra a vida, com os assassinatos, mas também nos crimes contra o patrimônio, com aumento de 80% no índice de assaltos a agências bancárias e caixas eletrônicos e de pouco mais de 40% nos registros de assaltos a ônibus, segundo dados do Sinpol, destacou.

De acordo com o deputado Júlio Cavalcanti (PTB), além da crise enfrentada na área de segurança, o secretário da pasta, Alessandro Carvalho, não tem o hábito de ouvir a sociedade. Temos problemas sérios de acesso ao secretário, que não mostra disposição de debater a situação, criticou.

Segundo Edilson Silva (Psol), o Pacto pela Vida fez um bom diagnóstico do problema, mas não conseguiu ser implantado de fato. É preciso deixar de se apontar culpados e buscar, efetivamente, uma saída para a grave crise da segurança. Hoje, o clima de insegurança nas ruas é muito grande, reforçou.

A saída, para os parlamentares da Bancada de Oposição, passa pela valorização profissional dos agentes da segurança pública e pela manutenção dos insumos para a prestação do serviço. A atual gestão deixou de adotar os princípios que embasaram a criação do Pacto. A sociedade ficou à margem do debate e aos policiais civis e militares restou a pressão pelo cumprimento das metas, avaliou Silvio Costa Filho. O líder da Bancada voltou a cobrar a realização de uma audiência pública para discutir o Pacto pela Vida, que deve ser apreciada pelo Plenário nesta quinta-feira (3).

Comissão de deputados vai a Paraíba pedir atenção de Dilma para o semiárido

Os deputados Miguel Coelho, Rodrigo Novaes e Claudiano Filho viajam para João Pessoa, nesta quinta-feira (03), para uma reunião com representantes das assembleias legislativas de outros estados do Nordeste. O encontro tem por objetivo definir um documento preliminar com as prioridades para o desenvolvimento do semiárido. O material será entregue no dia seguinte à presidenta Dilma Rousseff, que cumpre agenda na Paraíba na sexta-feira (04).

Os pernambucanos vem buscando, desde março, formar uma articulação com as bancadas estaduais para o fortalecimento de um movimento para estabelecer uma política permanente voltada ao semiárido. A aliança recebeu o nome de União pelo Nordeste e já contabiliza o apoio de governadores, senadores, deputados federais, estaduais e a atenção de ministros e do superintendente da Sudene.

Esse documento foi construído a muitas mãos, inclusive, de especialistas em políticas sociais e econômicas para o Nordeste. Queremos construir uma agenda comum de prioridades para a presidenta que contemple as maiores necessidades dos estados do semiárido nordestino. Sabemos que não dá para a presidenta fazer tudo o que se pede em nossa região, mas pelo menos as ações de interesse comum dos nove estados precisam ser priorizadas, defende o deputado Miguel Coelho.

O passo seguinte à entrega do documento à presidenta será a realização de um fórum aberto à sociedade, que reunirá lideranças políticas e sociais do Nordeste. No encontro, as sugestões colhidas serão incorporadas ao documento, que será transformado num programa de políticas públicas para o semiárido. Depois do fórum, vamos solicitar uma audiência com a presidenta para entregar e discutir esse programa. Não se trata de um pacote de obras ou conjunto de paliativos, mas uma política estruturada e com visão de futuro para o semiárido, explica Rodrigo Novaes.

Sebastião Dias recebe representantes do Ministério da Agricultura, Secretaria de Agricultura e Adagro para análise do Projeto da Feira de Animais de Tabira

DSC_2113

O prefeito de Tabira, Sebastião Dias Filho, juntamente com o Secretário de Planejamento, Rubens Espíndola, e o engenheiro Alexei de Souza Soares, recebeu na manhã de quarta, 02, a visita de Pedro Paulo Silveira – Ministério da Agricultura, Fernando Goes de Miranda – Adagro, Francisco de Assis Honório Remígio  – Coordenador da Adagro/Regional Sertânia, João Pereira- Técnico de Edificações da Secretaria de Agricultura, João Afonso – Coordenador da ULSAV- Unidade Local de Sanidade Animal e Vegetal/Afogados da Ingazeira e Valter Henrique – Técnico em informática da Adagro.

Segundo o representante do Ministério da Agricultura, Sr. Pedro Paulo Siqueira, a visita tem como objetivo analisar e discutir o Projeto de Melhorias, Estruturação e Bem-Estar aos animais, na Feira Livre de Tabira.

DSC_2116

Depois de visitar e conhecer as instalações da feira, bem como analisar e discutir o Projeto o representante do Ministério da Agricultura ficou satisfeito com a elaboração do projeto. Ao final ele falou sobre a importância de cuidar dos animais, atendendo ao que determina a exigência internacional. -“Temos que cuidar bem dos animais e garantir água nos currais com qualidade”. Destacou o Sr. Pedro Paulo do Ministério da Agricultura.

O prefeito Sebastião Dias em sua fala apresentou a intenção do município e abordou o potencial da feira de Tabira que é destaque no Estado e no Norte e Nordeste do país. –“Temos uma das maiores feiras de gado do estado e somos destaque no norte e nordeste  brasileiro. Essa feira não só beneficia Tabira, mas toda a região. É um dia estratégico e precisamos modernizá-la”. Destacou o gestor tabirense.

Enviado por Assessoria de Comunicação

Marcos Crente diz que Dinca desrespeitou a Lei de Responsabilidade Fiscal em 2012

marcos-crente-tribunaO vereador e Presidente da Câmara de Tabira Marcos Crente, disse ontem a Cidade FM porque mudou o voto do primeiro para o segundo turno das contas do ex-prefeito Dinca Brandino (PSB), exercício 2012.

Marcos disse que o ex-gestor desrespeitou a Lei de Responsabilidade Fiscal ao deixar de pagar R$ 227 mil da folha de pessoal referente ao mês de dezembro.

Por outro lado, na sessão da segunda-feira, o vereador Zé de Bira surpreendeu ao dizer na Tribuna, que nunca mais votará contra a recomendação do Tribunal de Contas do Estado.

Ao ouvir a afirmação de Zé de Bira, um eleitor bem humorado perguntou: “E o Tribunal de contas é Deus, que não erra?”

Dicinha retorna para o palanque do ex-prefeito Dinca Brandino

dinca_dicinha

O vai e volta do suplente Dicinha do Calçamento

O primeiro suplente de vereador Dicinha do calçamento, do PSB, decidiu não ficar no palanque do prefeito Sebastião Dias, do PTB. O motivo, segundo Heleno Trajano que assessorou durante sua passagem na Casa Eduardo Domingos de Lima, o ex-vereador pode não ter sido atendido em suas reivindicações.

Na verdade, a fidelidade não é o forte do ex-parlamentar. Esse filme já foi exibido em 2008, quando o ex-prefeito Josete Amaral (PTB) foi derrotado por Dinca Brandino (PSB) e, no ano seguinte, Dicinha já se aliava ao novo gestor. O mesmo fato foi repetido em 2012, quando Dinca perdeu para Sebastião Dias. Em 2013, Dicinha reuniu a família e firmou apoio ao prefeito.

sebastiao_dicinha

Durante o encontro que firmou seu retorno ao palanque, Dicinha anunciou que disputará novamente uma cadeira no Poder Legislativo Municipal ao lado da pré-candidata a prefeita, Nicinha Brandino (PSB).