Governo de Pernambuco planeja sete barragens para conter enchentes

Globo.com

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, afirmou nesta sexta (2) que o estado precisa de mais R$ 217 milhões para terminar uma barragem e construir mais duas para evitar enchentes. Essas obras se somam a de outras quatro que já vinham sendo discutidas com o governo federal, totalizando R$ 600 milhões. Para o governador, as obras das sete barragens são essenciais para evitar novos transtornos com a as chuvas e é preciso um “esforço conjunto” para viabilizá-las.

No domingo (28), em reunião com o governador, o presidente Michel Temer já havia sinalizado o repasse de R$ 383 milhões para a conclusão das quatro barragens da Mata Sul pernambucana. As novas barragens citadas pelo governador estão localizadas em Moreno e Ipojuca, no Grande Recife, e São Bento do Una, no Agreste.

Sem mencionar a quantia exata, Paulo Câmara apontou que parte do montante sairá dos cofres estaduais. “Isso é um pacote de obras em torno de R$ 600 milhões, que já temos o compromisso do Ministério da Integração de sentarmos juntos e vermos as alternativas financeiras. Evidentemente, isso vai exigir um esforço do governo federal, os deputados e senadores se prontificaram também em disponibilizar emendas. O governo do estado vai fazer sua parte tanto com recursos próprios quanto a partir de empréstimos para que a gente possa finalizar o conjunto dessas obras, que são emergenciais e necessárias”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *