VEREADOR MARCÍLIO PIRES DESCE A LENHA NO EX-PREFEITO DINCA

De aliado a ferrenho adversário. É assim que podemos colocar a situação em que vive no momento o vereador Marcílio Pires (PDT) após romper politicamente com o ex-prefeito Dinca Brandino (PSB). Ele não esconde de ninguém a sua indignação com o socialista. O parlamentar disse que começou fazer política com o ex-prefeito, o qual abandonou o PSB após a derrota de Arraes, ficando na sombra por algum tempo do então governador na época Jarbas Vasconcelos, mostrando total oportunismo. O Major Marcílio Pires lembrou que reestruturou o partido em Tabira, e a primeira pessoa convidada para integrar a legenda na época teria sido o próprio Dinca que recusou ao convite, mas após a vitória de Eduardo Campos para o governo do estado, tomou a vitória para si, deixando de lado os 05 (cinco) vereadores que sempre se mantiveram na mesma linha sem nunca ter pedido um palito de fósforo a prefeitura daquela cidade durante a atual gestão. Mas a coisa não parou por aí, e de acordo com o vereador, Dinca tomou a força e de forma covarde o PSB em Tabira através do deputado Federal Fernando Filho, atrapalhando o processo democrático e desrespeitando o grupo que o havia reestruturado. “A palavra respeito não é compatível com o ex-prefeito Dinca Brandino”, disse. Ainda em relação ao ex-aliado o parlamentar falou que o município de Tabira vive o atraso administrativo e político e que conclamou a juventude para dizer não ao continuísmo, ao atraso, classificando a administração de Dinca “PERNICIOSA”, afirmando que este é um político paroquial, restrito ao município, que não tem a visão de ir a Brasília buscar recursos e que Tabira fica aquém do potencial desenvolvimentista. O oficial superior lembrou ainda que o deputado federal Armando Monteiro ofereceu a Executiva Municipal do PTB ao ex-prefeito Dinca, porém, ele recusou somente para derrubar Dr. Marcílio Pires da Presidência do PSB, chegando a ironizar o parlamentar, com jogadas mirabolantes de última categoria.
Fonte: Itamar França

Deixe uma resposta