Tribunal de Contas mantém irregularidade e multa na gestão fiscal de Genedy Brito

O Pleno do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) manteve a decisão de irregularidade da gestão fiscal relativa ao terceiro quadrimestre do exercício financeiro de 2011 da Câmara Municipal de Tabira quando esteve à frente da Casa a então presidente Genedy Brito, informa o Afogados Online.

A gestão fiscal já havia sido julgada irregular, a ex-presidente recorreu, o Tribunal manteve a decisão, Genedy entrou com um Pedido de Rescisão sobre o Acórdão e o Pleno que esteve reunido nesta quarta-feira, por unanimidade, julgou conheceu do presente Pedido de Rescisão e, no mérito, deliberou pela sua improcedência, mantendo inalterada a deliberação. Com isso, permanece a multa aplicada no valor de R$ 4.980,00 a ex-presidente.

Deixe uma resposta