Sebastião Dias entra na lista de potenciais inelegíveis; Dinca está fora

O Tribunal de Contas do Estado divulgou, nesta terça-feira (2), uma pré-lista com os nomes dos gestores públicos que tiveram contas julgadas irregulares nos últimos oito anos. Com base nos dados informados pelo TCE, a Justiça Eleitoral vai definir quais candidatos ficarão inelegíveis, sem poder concorrer às eleições de outubro próximo, seguindo os critérios da Lei da Ficha Limpa.

O blog levantou nomes sertanejos que constam na lista. Algumas surpresas, como prefeitos no exercício da gestão, como Mário Flor (REPUBLICANOS) de Betânia, Delson Lustosa (PODEMOS) de Santa Terezinha e Sávio Torres (PTB) de Tuparetama.

Ainda aparecem na lista os ex-prefeitos Deva Pessoa (Tuparetama), Cícero Simões (Calumbi) e Geovani Martins, in memoriam, (Santa Terezinha).

Em Tabira, Dinca Brandino (MDB) está fora da relação, o que indica que pode ser candidato se quiser em 2024. Já o ex-prefeito, Sebastião Dias, entrou na lista de provável inelegível.

Na relação, estão os nomes de pessoas cujos processos já transitaram em julgado, ou seja, quando não cabe mais recurso no Tribunal de Contas. O documento também tem o propósito de orientar o cidadão na escolha dos seus candidatos no momento do voto.

A lista definitiva com os nomes dos gestores com contas julgadas irregulares será entregue posteriormente pelo presidente do TCE, Conselheiro Ranilson Ramos e a vice-presidente, conselheira Teresa Duere, ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador André Oliveira Guimarães, até o dia 15 de agosto, conforme determina a Lei federal nº 9.504/97, que estabelece aos Tribunais de Contas, em anos de eleição, o envio à Justiça Eleitoral dessas informações.

A disponibilização prévia das informações é uma maneira de otimizar os processos de checagem por parte dos interessados, garantindo a eles o direito de corrigir possíveis erros, caso necessário. “Os gestores devem verificar, durante as próximas duas semanas, se seus nomes estão inseridos na relação e, encontrando alguma divergência, podem solicitar uma reparação ou orientação ao Tribunal de Contas”, explicou o coordenador da vice-presidência do TCE, Gustavo Pimentel.

Importante destacar que, mesmo que apareçam na relação, alguns gestores não levam isso no momento em consideração, pois não disputam mandatos nesse pleito. Outros já tiveram problemas e conseguiram reverter, como Sávio Torres em 2020.

Confira-a-lista-de-prefeitos-com-contas-rejeitadas

Confira-a-lista-de-gestores-com-contas-reprovadas

Deixe uma resposta