Sebastião Dias diz que vaias contra ele em evento foram orquestradas

sebastiaodias_na cidadefmPor Anchieta Santos

“Rubens Spindola, Secretário de Planejamento foi o emissário governamental que levou a declaração para Dinca assinar e o ex-prefeito se negou”. A afirmação foi feita pelo Prefeito de Tabira Sebastião Dias (PTB) falando esta semana à Rádio Cidade FM. O gestor até disse que a documentação está esperando pela assinatura na Vice-governadoria, em  Recife.

Sobre a viagem ao Recife, o Poeta destacou o acordo para a melhoria do Terminal Rodoviário e o Convênio assinado com o Comando da Policia Militar para cuidar do trânsito. Questionado durante a entrevista sobre se não seria contraditório, ter combatido durante a campanha eleitoral de Armando Monteiro, as Blitz da Polícia contra carros e motos e irregulares, e agora pedir a PM para cuidar do trânsito de sua cidade, Sebastião Dias justificou que com ele, tem antes, campanha educativa.

Em seguida o poeta se superou: “Não era contra o combate as motos irregulares, era contra, punir sem orientar, até porque analfabeto pode ter sua habilitação também, tem um programa que favorece isso”. Diante dos argumentos contrários do apresentador, lembrando que o Código de Trânsito Brasileiro exige que para receber a habilitação que o motorista precisa saber ler e escrever e com argumentos de ouvintes, o prefeito recuou e pediu aos candidatos para procurarem antes, um programa de alfabetização.

Sobre o início dos calçamentos anunciados para 05 de janeiro de 2015, Sebastião Dias relatou que cumpriu a exigência da Licença Ambiental feita pelo CPRH e agora falta pouco para o trabalho ser iniciado. Sobre a atuação elogiada de Edgley Freitas, acumulando a Secretaria de Obras, o prefeito disse que vai ouvir a voz do povo para decidir entre ele e Mário Amaral.

Sobre as vaias recebidas durante o discurso na Abertura dos Jogos escolares, o Poeta disse que Lula, Dilma e o Papa já foram vaiados e que “foi coisa orquestrada”. Ele não quis responsabilizar a oposição. O prefeito tabirense admitiu estar afastado do grupo que lhe deu a vitória e que vai buscar a reaproximação.

A respeito de sucessão, deixou claro que só trata do assunto em 2016. Ao mesmo tempo descartou entregar a prefeitura à vice-prefeita Genedy Brito seis meses antes da eleição, para que seu filho Alan Dias seja candidato a Prefeito.

1 pensou em “Sebastião Dias diz que vaias contra ele em evento foram orquestradas

  1. O governo de Pernambuco foi aliado “da primeira hora” do atual governo de Tabira. Fomos para o hospital realizar atendimento e levamos monitores cardíacos e outros materiais hospitalares.
    Apoiamos a interdição do hospital que estava com a sua estrutura física comprometida e que teve sua recuperação parcial com recursos do FEM.
    Nas primeiras oportunidade, o atual gestor não deixou de atacar o governo com sua usual verborragia.
    Foi para a imprensa para se opor a fiscalização dos carros e motos no território de Tabira e colocou a PMPE em xeque com a população.
    O Comite Estadual de Prevenção de Motos, ligado ao Secretário Estadual de Saúde, foi criticado por orientar a fiscalização das motos, muitas delas “produto” de crime, em Tabira.
    “A economia da verdade”, que é uma prática corriqueira, do Prefeito, prejudica a população.

Deixe uma resposta