SCFV realizou reunião com mães de crianças e adolescentes participantes do Programa

Nesta quinta-feira (16), a Secretaria de Desenvolvimento Social através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV promoveu uma reunião de acolhimento com as mães das crianças e adolescentes cadastrados e participantes do Programa.

Aconteceu as boas vindas da secretária de Desenvolvimento Social Ieda Melo e Dias que apresentou uma síntese dos serviços que serão oferecidos em 2017 no SCFV : educação física, aulas de artes, continuação do grupo Musical da Esperança Toque de Violão, aulas de dança, cursos de trabalhos manuais para as mães das crianças usuárias do Programa.

Logo em seguida aconteceu apresentação de vídeos, sorteio de prêmios, distribuição de prêmios e ao final foi oferecido um lanche para as mães.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos/SCFV é resultante do reordenamento disposto na Resolução CIT nº 01, de 21 de fevereiro de 2013, que unificou os Programas de Erradicação do Trabalho Infantil, Programa Projovem Adolescentes e Programa de atendimento em Grupos para Pessoa Idosa. Trata-se de um Serviço socioassistencial e socioeducativo, em que se propõe prestar apoio efetivo prestado à família, através da inclusão em programas de transferência de renda e na rede de serviços para acessar os direitos básicos de cidadania. E, trabalhar  com famílias enquanto sujeitos socioculturais, com suas histórias e projetos, fazendo reflexão sobre o cotidiano e formas de organização da família para promover suas capacidades e autonomia.

O SCFV tem caráter preventivo e proativo, realizado em grupos, de modo a garantir aquisições progressivas aos seus usuários, de acordo com seu ciclo de vida. Destina-se a crianças, adolescentes, idosos em situação de vulnerabilidade. Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com deficiência. Parte-se do princípio de que a convivência no campo socioeducativo é uma oportunidade de vivência e afirmação de atitudes e valores que fortaleçam e despertem o prazer de viver em comunidade, a importância da vida, a aposta em si mesmo dentro de padrões sociais solidários e cooperativos. São subdivididos por ciclo de vida: o SCFV para crianças e adolescentes entre 06 a 15 anos, SCFV para adolescentes entre 15 a 17 anos, o SCFV para pessoas idosas (a partir de 60 anos de idade).

Deixe uma resposta