Sala do cartório de Tabira homenageia José Pereira de Morais

A Mesa Diretora do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) participou da solenidade de nominação da Sala do Cartório Eleitoral do Município de Tabira (50 ZE). No evento, a sala foi batizada com o nome do servidor público José Pereira de Morais.

A proposta de homenagem partiu do presidente do TRE-PE, desembargador Carlos Moraes, e foi aceita por unanimidade pela Corte Eleitoral.

Na tarde da última sexta-feira (3) desembargadores, juízes, advogados, promotores, lideranças políticas e empresariais da região do Pajeú compareceram à cerimônia em homenagem ao servidor que viveu entre 1924 e 1996.

Da Corte Eleitoral de Pernambuco, estiveram presentes o presidente Carlos Moraes, o então vice-presidente e corregedor Frederico Neves, os desembargadores Rodrigo Cahu Beltrão e Carlos Gil Rodrigues Filho e as desembargadoras Mariana Vargas e Iasmina Rocha.

O desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) Bartolomeu Bueno de Morais e o advogado Roberto Morais, filhos de José Pereira de Morais, falaram em nome da família, agradecendo a homenagem ao Presidente Carlos Moraes, ao vice-presidente Frederico Neves e a toda Corte Eleitoral, além de enaltecer a presença das autoridades, dos amigos, familiares e conterrâneos. Os dois já foram magistrados da Justiça Eleitoral.

José Pereira de Morais, nascido no município de Ingazeira (PE), foi por muito tempo uma liderança política em sua cidade natal, desde quando ainda era distrito de Tabira, exercendo grande influência na luta pela emancipação política de Ingazeira. Hoje, um busto de José Morais pode ser encontrado na Praça do Comércio da cidade, como homenagem da Prefeitura e da Câmara de Vereadores à sua atuação política entre os anos de 50 e 70.

A maior parte dos seus esforços em favor de Ingazeira se deu quando ele exercia cargos no serviço público do Estado. O homenageado foi servidor público municipal e estadual, exerceu o cargo de fiscal do município de Ingazeira e posteriormente foi nomeado fiscal do Estado de Pernambuco, onde exerceu o cargo de Auditor Fiscal, da Secretaria da Fazenda Estadual, lotado na Coletoria de Tabira por muitos anos, aposentando-se nesse cargo após mais de trinta e cinco de serviço, quando já estava lotado na Capital.

Dos nove filhos de José Pereira de Morais, cinco seguiram os caminhos do pai e são membros do serviço público no Estado: Bartolomeu Bueno de Freitas Morais é desembargador do TJPE, Roberto de Freitas Morais é advogado eleitoral e procurador autárquico do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de Pernambuco (CREA), Bernadete de F. Morais e Tarcísio de Freitas Morais são servidores no TJPE e Sílvia Kátia de F. Morais, servidora do TRE-PE, além dos netos, o promotor Fabiano morais Beltrão e a servidora do TJPE, Mariana Morais Soares.

“Ficamos muito felizes com essa homenagem que o TRE-PE está fazendo ao nosso pai. Agradecemos em especial ao presidente, desembargador Carlos Moraes, ao vice-presidente, Frederico Neves, e a todos que compõem a Corte Eleitoral. É gratificante para mim ser servidora desse Tribunal e poder vivenciar esse momento tão bonito e alegre para nossa família Freitas Morais”, disse Sílvia Kátia sobre o evento de batismo da sala.

Durante a solenidade, além dos presidentes e do vice-presidente do TRE-PE e dos filhos do homenageado, discursaram a prefeita de Tabira, Nicinha de Dinca, e o desembargador do TJPE Alberto Nogueira Virgínio. Todos enalteceram a memória de “seu” José Morais.

Após os discursos, os familiares participaram do descerramento da placa de homenagem e do coquetel oferecido pela família aos convidados, com todos os protocolos de segurança sanitária devido a Covid 19. O clima foi de alegria e descontração.

Deixe uma resposta