PV pré-lança Clécio Lima para Vereador

O Partido Verde tabirense oficializa o nome do jovem Clécio Ferreira, 27 anos, como pré-candidato a vereador.

O projeto da campanha será inovador centrado no combate à compra e venda de votos: “Pelo menos aqui em Tabira especula-se que seja necessário 20, 30 mil, senão, 50 mil para garantir êxito na vereança. É triste vermos que muitas campanhas sejam impulsionadas na base da comercialização dos votos, que além de crimes quando cometidos geram contra-senso perante a democracia e, sobretudo, com o povo pobre. Seguirei o caminho oposto e pela primeira vez em Tabira todo o material de campanha dará ênfase ao convencimento intelectual das pessoas, mostrando que o voto vale muito mais do que qualquer 50 ou 100 reais. Eu não acredito num candidato que se aproveita da carência do povo para conseguir votos.” completa Clécio.

O pré-candidato do PV ainda destaca: “Defenderemos projetos para preservação do meio ambiente, que é uma das principais bandeiras do partido; lutaremos pra implantar em Tabira uma inédita política multicultural sem discriminação; a defesa intransigente da cidadania; a inclusão digital e o melhoramento e profissionalização da feira livre, entre outros projetos e lutas.”

Alguns tabirenses entusiastas da idéia até o dado momento: José de Arimatéia (empresário), Dr. Draulternane Pantaleão (Juiz de Direito), Dr. César Pessoa (Advogado), Ferreirinha da Lanchonete (comerciante), Júnior Cancão (comerciante), Deusdete Souza (militar), Tácio Ribeiro (Estudante universitário), George Eduardo (Agente de Trânsito do Detran), Drª Mônica Mirtes (biomédica), Professor Edson da Capoeira e Professor Glauber da Academia Performance.

Envolvido no movimento artístico cultural tabirense desde o ano de 1997, o pré-candidato que é web design está preparando de forma pioneira um site para apresentar suas propostas e com espaços interativos reservados para críticas, elogios e sugestões.


O ativista cultural Clécio Ferreira em entrevista à Rede Globo.

O PV em Tabira está dialogando com o grupo denominado Terceira via, buscando apresentar para a sociedade tabirense uma nova forma de gestão municipal centrada na democracia, na transparência, no resgate da cidadania tabirense e no desenvolvimento sustentável respeitando os recursos naturais e a identidade cultural do nosso povo.

Fonte: Portal Tabira

Deixe uma resposta