Professor Amigo do Trânsito 2022 começa com palestra

Com a adesão de 57 municípios pernambucanos, o Programa Professor Amigo do Trânsito 2022 (PAT) foi lançado hoje (8), com palestra on-line do gerente da Escola Pública de Trânsito do Detran-PE (EPT), Ivson Correia, que apresentou o PAT aos novos integrantes e renovou a participação dos veteranos. O PAT forma uma rede de colaboração nas escolas públicas municipais voltada para o estímulo ao trabalho dos professores do ensino fundamental, com difusão de ações de formação, compartilhamento e discussão sobre educação para o trânsito no Estado. Considerado o maior projeto de educação para o trânsito realizado em Pernambuco, o PAT já alcançou mais de 790 mil alunos das redes públicas municipais ao longo de sete anos.

Além da palestra de abertura, o início das atividades do PAT 2022 contou ainda com um relato da experiência desenvolvida pelo professor Márcio Cleyton. Ele apresentou as estratégias implantadas em 2021, quando conquistou o destaque nacional e estadual com o trabalho realizado no município de Toritama, no Agreste de Pernambuco. Mais dois encontros estão previstos para o mês de março e outro em abril como troca de experiências e aprimoramento das atividades.

A coordenadora de Educação de Trânsito, Imprensa e Publicidade Institucional do Detran-PE, Jô Lima, destaca a importância do programa para um trânsito mais seguro e humano para a população. A rede formada pelos indicados das prefeituras atua para integrar os diversos atores que possibilitam gerar um movimento que leve educação para o trânsito a todo o ensino fundamental.

No final do ano, cada indicado fica responsável por enviar um relatório dos trabalhos desenvolvidos em sua área. O documento é utilizado também como inscrição para um concurso que vai premiar os melhores resultados, como estímulo e reconhecimento pela atuação. Para o desenvolvimento do PAT, a Coordenadoria de Educação para o Trânsito do Detran-PE disponibiliza apoio aos professores, como capacitações e materiais didáticos.

Deixe uma resposta