Posto de Saúde do Sítio Ilha do Rato sofre com médico que atende mal e o mau exemplo da gestão deixando lixo e caixa de água aberta em frente à unidade

A comunidade atendida pela Unidade Básica de Saúde do Sítio Ilha do Rato vem sofrendo com a atual gestão municipal em Tabira. Fazendo valer o seu direito, populares vem usando os veículos de imprensa para reclamar e cobrar providências.

Por vários meses esse ano o posto de saúde ficou sem o médico para atender a população. Depois de muito tempo e muita queixa, o problema foi resolvido. Agora o motivo do descontentamento é a maneira como o médico tem atendido o povo.

Um áudio de uma paciente chegou à redação do Programa Radar da Cidade, da Rádio Cidade FM, e nele a pessoa diz que em uma consulta o médico chegou a dizer à paciente que ela iria morrer. “Nunca imaginei passar por um constrangimento daquele”, relata outra pessoa inconformada com o atendimento do médico.

A gestão municipal tem respondido às denúncias somente dizendo que já tem conhecimento dos fatos e que vai resolver, mas até agora nada e o povo continua sofrendo.

O governo também tem dado maus exemplos. A imagem foi enviada ao nosso programa por uma pessoa que prefere não se identificar, mas mostra claramente mais um flagrante do esquecimento da gestão com aquela localidade.

Uma pilha de lixo e entulho está na frente do posto. Junto a isso, soma-se uma caixa de água aberta, com água dentro, como porta de entrada para a proliferação do mosquito da dengue. “Essa caixa aberta com água nunca foi lavada. É uma falta de respeito e responsabilidade”, desabafou a pessoa que nos mandou a fato.

Deixe uma resposta