Por politicagem, Nicinha e Dinca travam obra que levará água a Araras e Brejinho

Por pura questão de politicagem, a prefeita de Tabira, Nicinha Melo (MDB) e o marido, có gestor Dinca Brandino (MDB) embargaram a obra da Compesa que vai levar água a Araras e Brejinho, comunidades importantes que sofrem historicamente sem água.

O Gerente Regional, Igor Galindo, foi notificado a responder em 24 horas sobre o projeto e licenças da obra, que já estava em execução pela COMPESA, sob pena de medidas judiciais e providências cabíveis.

A COMPESA respondeu que tudo atendia à legislação e encaminhou os documentos solicitados, tais quais o projeto e as licenças. No pacote da documentação enviada, a Licença de Operação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, mais todo o projeto técnico e planta da obra.

Mas ainda assim, a prefeitura mandou embargar a obra. Poderia solicitar mais documentos, fazer recomendação, advertir, mas sem interromper a obra tão importante para a população daquelas áreas, que comemorava a perspectiva da chegada da água. No entanto, a prefeitura interrompeu o serviço alegando que a construção estava sendo tocada sem licença e sem projeto, mesmo com tudo devidamente apresentado pela COMPESA.

Registre-se, a  obra é tocada pelo Governo do Estado. A prefeita e Dinca não são mais aliados do governador Paulo Câmara (PSB). Votam em Miguel Coelho (União Brasil). A obra melhoraria a imagem do governo que eles querem prejudicar. Caso sui generis em Pernambuco. É tão inacreditável que o blog do Nill disponibiliza a documentação apresentada pela COMPESA e o embargo pela prefeitura:

DOCUMENTAÇÃO APRESENTADA PELA COMPESA E EMBARGO DA PREFEITURA DE TABIRA

Por Nill Júnior

Deixe uma resposta