“Políticos de Tabira precisam respeitar pelo menos 10% do que assumem”, diz empresário Téa da Damol

teiaO empresário Téa da Damol falou a Anchieta Santos na Rádio Cidade e disse que está feliz pela homenagem que receberá na próxima 5ª em Carnaíba, quando receberá o título de Cidadão Carnaibano. Falou sobre o sofrimento da Grande São Paulo com a falta de água e adiantou que preparadas, as empresas enfrentam a carência do liquido precioso.

Do segundo Governo Dilma, Téa disse não esperar muito. “Dilma vai provar do próprio veneno pela dívida interna que herdou dela mesma. Balança comercial negativa, corrupção sem tamanho”, criticou, dizendo estar  pessimista.

Sobre o mandato de Zé de Bira na Presidência da Câmara de vereadores, espera a prestação de contas para dizer se ele tem ou não razão em não ter conseguido economizar. Disse até estar ansioso para conhecer os números de Zé de Bira.

Quanto ao futuro presidente Marcos Crente, informou torcer para que ele economize e faça diferente do presidente atual. Cobrou geração de empregos por parte do governo Sebastião Dias atuando na conquista de empresas para a cidade.

Afirmou não ter visto nada nos dois primeiros anos do governo que possa convencer. A administração vive de resultados e na atual gestão os resultados não vieram.

Provocado a falar sobre a afirmação do poeta Genildo Santana que declarou faltar seriedade a política de sua terra, disse concordar e foi mais longe. “Faltam projetos. Nossos políticos só tem interesse próprio. Não respeitam compromissos. Precisam respeitar pelo menos 10% dos compromissos assumidos”.

Deixe uma resposta