Polícia Civil inicia investigação do quarto homicídio em Tabira

Este foi o quarto homicídio do ano de 2022 registrado na cidade das tradições.

A Polícia Civil de Pernambuco iniciou a investigação para apurar o assassinato de um ex-presidiário na tarde desta segunda-feira, 25, na localidade conhecida por “casinhas de Dinca”, em Tabira. O delegado João Aguiar, que recentemente substituiu o Delegado Clay Anderson, que passou a atuar em Ponte dos Carvalhos, Cabo de Santo Agostinho, irá coordenar as investigações.

Segundo apuração do Blog Tabira Hoje, os suspeitos do crime chegaram em uma motocicleta, utilizando-se dos capacetes para não darem espaço de serem reconhecidos. Sem dizer nada, o garupa desceu da moto e atirou contra vítima que estava trabalhando em uma obra.

Ainda de acordo com apuração, a polícia descarta a possibilidade de latrocínio e trabalha com duas linhas de investigações, que não foram divulgadas para não atrapalhar o andamento do caso. A vítima foi identificada como Luciano Marques dos Santos, 45 anos, residente na rua Manoel Sobrinho, do bairro Viturino Gomes.

Luciano chegou a ser socorrido para o hospital municipal Dr. José Luiz da Silva Neto, mas não resistiu aos ferimentos e evoluiu a óbito. O corpo foi encaminhado para o IML de Caruaru.

Este foi o quarto homicídio do ano registrado na cidade das tradições. Detalhe, as quatro ocorrências foram registradas neste mês de julho.

Qualquer informação sobre esse, ou um dos outros homicídios, pode ser repassada ao Disque Denúncia, através do 181 (Polícia Civil) ou pelo instagram da delegacia de Tabira, via direct, no @dptabira. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar.

Deixe uma resposta