Polícia acredita que empresário suspeito de matar vereadora está na Zona Rural de Tabira

Continua foragido o empresário Manoel Ângelo, acusado de assassinar a tiros a ex-esposa, a vereadora Tina de Manoel Ângelo, nesse domingo (3), na zona rural de Monteiro, Cariri paraibano.

A polícia faz buscas para tentar localizar e prender o suspeito e acredita que ele esteja escondido na Zona Rural de Tabira, no estado de Pernambuco, de acordo com informações do site MaisPB.

Tina era vereadora da cidade de Prata e foi assassinada a tiros no Sítio Santa Catarina. O homicídio aconteceu na frente da irmã e da sobrinha da vítima.

Entenda o crime

A vereadora estava com a família em um jogo de futebol, ajudando a irmã que vendia lanches no local, quando o ex-marido chegou. Ele esperou o momento da entrega das taças, no jogo de futebol, quando todos se afastaram, e atirou três vezes contra Tina. Os tiros atingiram a perna, a cabeça e o peito da mulher.

O homem, de 59 anos, fugiu do local e ainda não foi encontrado pela polícia.

De acordo com a delegada do caso, Renata Patu, a vítima estava separada do suspeito há mais de 40 dias e, por causa disso, estava morando na casa dos pais dela. Nesse tempo de separação, ele estaria vendendo os bens que conquistou com a ex-esposa para que nem ela, e nem a filha tivessem acesso aos objetos.

A delegada informou que no momento dos disparos, um homem que estava perto do local ainda foi ameaçado pelo ex-marido de Tina. “Ele teria dito que se o rapaz não se afastasse do local, também iria morrer”, informou a delegada.

De acordo com a delegada, o suspeito não tem nenhuma denúncia de violência doméstica no nome dele, mas pessoas que moram perto do homem informaram que ele tem histórico de violência.

O prefeito de Prata, Genivaldo Tembório, publicou uma nota lamentando pela morte da vereadora e decretando luto oficial pela morte de Elinete.

Deixe uma resposta