Pernambuco é um dos sete Estados brasileiros sem tendência de aumento no número de casos da covid, diz Fiocruz

No cenário brasileiro, a covid-19 já responde por 59,6% dos casos de srag com identificação viral nas últimas quatro semanas, mantendo tendência de aumento

No boletim semanal, a Fiocruz destaca que a covid-19 volta a manter, no Brasil, tendência de aumento no número de casos da doença. Segundo a análise, Pernambuco, contudo, é um dos sete Estados que não apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo (últimas seis semanas).

aumento é observado nas seguintes unidades federativas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, GO, MG, MS, PA, PB, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC e SP.

“Pernambuco segue com valores elevados nas crianças pequenas (até 4 anos), associado a outros vírus respiratórios (não covid). Na população adulta, não se observa ainda aumento de casos. É um cenário distinto do que estamos vendo nos outros Estados”, diz o pesquisador Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe, sistema que monitora os dados de notificação de síndrome respiratória aguda grave (srag) no Brasil.

O depoimento do pesquisador corrobora a situação que se observa atualmente no Estado: a intensidade com que as infecções virais respiratórias (não covid) têm se manifestado em bebês e crianças. Somente nas três primeiras semanas de maio, com cerca de 400 casos de srag nessa população pediátrica, Pernambuco teve um aumento de aproximadamente 25%, em comparação com o mesmo período do ano passado, que somou 318 casos de srag nesta mesma faixa etária. Há predominância, entre os pequenos, do vírus sincicial respiratório (VSR), que causa bronquiolite (inflamação dos bronquíolos, o que aumenta a produção de secreção, dificulta a respiração, gera chiado e cansaço).

Em relação à covid-19 na população em geral, Pernambuco continua com estabilidade nos indicadores da doença, com taxa de positividade que oscila entre 1,7% e 3,6%, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), nas quatros últimas semanas. Já sobre o panorama brasileiro, o Boletim InfoGripe Fiocruz, divulgado na quarta-feira (1º), desponta com a covid-19 entre 59,6% dos casos de srag com identificação viral nas últimas quatro semanas, mantendo tendência de aumento.

No Estado de Pernambuco, quando se considera os casos de srag na última semana epidemiológica (22 a 28 de maio), foram registrados 338 notificações, o que corresponde a uma queda de 8% em relação ao período de 15 a 21 de maio. “Os casos de srag positivos para covid também apontam para estabilidade, oscilando de 11 a 18 nas últimas cinco semanas. Já a Central de Regulação registrou, de 22 a 28 de maio, 370 solicitações por leitos de terapia intensiva (UTI), uma queda de 11% na comparação com o período de 15 a 21 de maio”, destaca a SES.

Deixe uma resposta