Patrícia Domingos lamenta morte de Albérisson Carlos; Presidente da Associação de Cabos e Soldados foi morto a tiros no Recife

A delegada acredita que as autoridades conduzirão “as investigações sobre este fato com todo empenho e rigor”.

A delegada Patrícia Domingos, ex-candidata a Prefeitura do Recife em 2020, lamentou o assassinato de Albérisson Carlos, presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco. A servidora afirmou que confia na trabalho da Polícia Civil, que é responsável por investigar o caso.

“É com muito pesar que soube do falecimento de Alberisson Carlos. Confiamos que a polícia civil conduzirá as investigações sobre este fato com todo empenho e rigor a fim de que os criminosos que praticaram esse ato covarde sejam punidos”, afirmou Patrícia Domingos.

A delegada também prestou condolências a família do ex-presidente da Associação.

“Que Deus possa confortar os familiares nesse momento tão difícil e que a justiça possa amenizar o sofrimento da família”.

Paulo Câmara, governador de Pernambuco, se pronunciou através de conta pessoal do Twitter sobre o caso. O chefe do Poder Executivo estadual disse que determinou ao secretário de Defesa Social, Humberto Freire, todo o rigor na investigação. Acrescentou ainda que o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa já está no caso.

No início da noite de ontem, quarta-feira, 16 de fevereiro, Albérisson foi assassinado com nove tiros quando estava indo pegar o carro, na Rua Ricardo Salazar, que fica nas proximidades da sede da Associação, localizada na Rua Carlos Gomes, no bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife.

Albérisson Carlos foi socorrido e encaminhado para o Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos.

Deixe uma resposta