Ocupação de leitos de UTI de covid-19 da rede pública cai para 69% em Pernambuco

Pela primeira vez, em mais de oito meses, o Estado teve taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede pública abaixo de 70%.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), há 1.780 leitos de UTI de covid-19 na rede pública

Pernambuco segue com tendência de queda nos índices de internações e mortes pela covid-19. Pela primeira vez, em mais de oito meses, o Estado teve taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na rede pública, abaixo de 70%. Além disso, a média móvel de óbitos está em queda há 11 dias.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), há 1.780 leitos de UTI para pacientes com covid19 na rede pública. A taxa de ocupação, nesta quinta-feira (1º), estava em 69%. A última vez que isso ocorreu foi em 25 de outubro de 2020, quando o total de leitos era de 796, com 69% de
ocupação.

De um total de 1.250 leitos de enfermaria, 42% estão de disponíveis. A taxa média do preenchimento (UTI e enfermaria) é de 58%. A rede privada também contabilizou números próximos. São 502 leitos ao todo, sendo 331 de UTI e 171 de enfermaria. As vagas de UTI estão 69% ocupadas enquanto as de enfermaria estão com ocupação de 39%.

Levantamento feito pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), entidade ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS), mostra que Pernambuco tem a segunda menor taxa de mortalidade em decorrência do novo coronavírus no Brasil em 2021, ficando atrás apenas do Maranhão. O ranking é atualizado semanalmente.

Fonte: JC

Deixe uma resposta