Motoristas fazem filas em postos de gasolina em Tabira após reajuste da Petrobras

Horas após o anúncio da Petrobras de um novo aumento no preço dos combustíveis, motoristas formaram longas filas para abastecer seus veículos antes de os postos de combustíveis em Tabira atualizarem as tarifas cobradas. Uma imagem mostra o tumultuo formado pelos motoristas no Posto Alves, do empresário Cleonacio.

“Após 57 dias sem reajustes, a partir de 11/03/2022, a Petrobras fará ajustes nos seus preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras”, informou a estatal, em comunicado divulgado na manhã desta quinta-feira, 10.

O preço da gasolina sofreu alta de 18,8%, passando de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro (vendido pela Petrobras, antes de chegar aos postos). A alta do diesel foi ainda mais acentuada, de 24,9%, com o preço do litro subindo de R$ 3,61 para R$ 4,51.

O gás de cozinha teve alta de 16,1%, com o quilo passando de R$ 3,86 para R$ 4,48.

Os motoristas pernambucanos já relatam que o litro de gasolina está sendo vendido até R$ 8,20, caso de posto na cidade de Petrolina, no Sertão do Estado.

Também no Sertão pernambucano, em Araripina, o combustível também disparou. “Aqui em Araripina a gasolina está custando R$ 7,74”, informou a internauta Michelle Modesto, nas redes sociais. Já na cidade de Surubim, no Agreste do Estado, tem posto vendendo a R$ 7,49, como garante o leitor Ítalo Campos.

Em Santa Cruz do Capibaribe, segundo leitor, já tem posto vendendo o litro de gasolina ao preço de R$ 7,80. Em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, a gasolina teria saltado para R$ 7,53.

Na capital pernambucana, a média de preços praticada pelos postos após o reajuste, relatada pelos motoristas, está entre R$ 7,15 a R$ 7,40.

No município vizinho, em Juazeiro, na Bahia, o litro de gasolina está sendo comercializado na bomba de combustível, em alguns postos, a R$ 8,50, como relata a internauta Mirella Silva.

Deixe uma resposta