MINISTRO MANDA PREFEITOS AJUSTAREM ORÇAMENTO

De acordo com dados da Confederação Nacional de Municípios, em março, o repasse do fundo foi 14,7% menor do que no mesmo período de 2008. Após o encontro, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou que o governo está preocupado com o impacto, principalmente para os municípios pequenos, que dependem em maior escala dos repasses do fundo. Segundo ele, o governo precisa ser parceiro, encontrar uma alternativa para ajudar.”É evidente que não temos como resolver todos os problemas – a grande questão foi que a atividade econômica caiu e reduziram-se as receitas. Agora, assim como o governo federal está fazendo, também os estados e municípios fatalmente terão que ajustar seu orçamento.”Paulo Bernardo disse que aproximadamente 60% da perdas concentram-se em municípios com menos de 24 mil habitantes.Já ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, informou que a construção de uma proposta está sendo coordenada pelo Ministério da Fazenda. Para ele, se o governo não tivesse baixado o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra de carros novos, a queda nos repasse do FPM seria ainda maior, já que haveria queda no consumo. O IPI reduzido foi prorrogado por mais três meses.O Fundo de Participação dos Municípios é formado pelo IPI e pelo Imposto de Renda.

Deixe uma resposta