Ministro da Integração Nacional visita municípios de Paulista, Recife e Petrolina (PE)

31-8 - Ministro ParatibeO ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, participou de uma série de eventos em municípios de Pernambuco nesta segunda-feira (31/8). A agenda incluiu a assinatura de ordem de serviço para desassoreamento do Rio Paratibe, em Paulista; visita a locais de intervenções para mitigação de áreas de risco no Recife; e inauguração do Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental (Nema) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina.

PAULISTA

Gilberto Occhi chegou a Paulista pela manhã e sobrevoou obras que recebem recursos do Ministério da Integração Nacional (MI). O ministro participou da assinatura da ordem de serviço relativa à primeira etapa do desassoreamento do Rio Paratibe. As obras contemplarão o trecho de 3km de extensão compreendido entre a BR-101 e a PE-15 e devem ser concluídas em cerca de um ano. A intervenção também promoverá a reconstrução de duas pontes (Banheiro do Soldado e da comunidade do Barão).

“Essa obra é fundamental para a população de Paulista. Com o desassoreamento, serão evitados os alagamentos. Ruas, casas e comércio não ficarão cheios de água”, afirmou Gilberto Occhi. “E, com isso, será melhorada também a questão da saúde das famílias, pois as águas dos alagamentos não trazem somente as águas pluviais, mas as águas dos esgotos”, completou o titular do MI.

Essa primeira etapa faz parte do PAC Prevenção, convênio de R$ 64,6 milhões que já promoveu outras obras em Paulista, como intervenções nos canais da Avenida F, do Araxá, das Tintas e do Limoeiro.

RECIFE

O segundo compromisso foi no Recife. O ministro visitou locais de intervenções para mitigação de áreas de risco. O objetivo foi verificar a eficácia da tecnologia de geomanta instalada em morros da cidade – há 129 pontos no total. O governo federal estuda intervenções semelhantes em outras cidades do país que, a exemplo do Recife, sofrem com deslizamentos provocados pelas chuvas.

O roteiro compreendeu a rua Alto do Reservatório, na divisa com a rua Córrego do Fernandinho; a rua Jorge Melo e Rua Araújo, na localidade do Alto do Maracanã; e a 4ª Travessa Chapada do Araripe, na comunidade de Jardim Monte Verde.

Alguns desses pontos correm risco de desabamento. Para estabilizar os locais e evitar o problema, o governo federal liberou nesta segunda-feira a primeira parcela (R$ 1.411.392,40) de um total de R$ 2.411.392,40 para a execução das obras e construção de encostas.

PETROLINA

Em Petrolina, Gilberto Occhi participou da solenidade de inauguração do Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental (Nema) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), localizado no campus da instituição. O núcleo apoia as atividades dos programas de conservação de fauna e flora e de recuperação de áreas degradadas da Caatinga nas áreas do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

A instalação do Nema permitirá a geração de conhecimento e a formação de profissionais qualificados por meio do resgate e da coleta de plantas, da distribuição de sementes nativas da Caatinga, do monitoramento dos impactos ambientais sobre a flora nas áreas do Projeto São Francisco e da criação de modelos de recuperação de áreas degradadas. Esses modelos devem ser replicáveis e de baixo custo, de modo que sejam desenvolvidos em toda a extensão da obra.

Com investimento de R$ 1,5 milhão da União, por meio do MI, o Nema possui aproximadamente 1 mil m² com dois laboratórios, espaço para coleção botânica, salas de trabalho e um auditório. Mais de 100 profissionais já trabalham no local.

Após a inauguração do Nema, o ministro visitou o Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna), também no campus da Univasf. Desde 2008, quando o centro foi inaugurado, o MI investiu R$ 8,9 milhões em obras de infraestrutura no local. O Cemafauna é utilizado para conservação e o manejo da fauna silvestre da Caatinga dentro das diretrizes do Programa de Conservação de Fauna e Flora, um dos programas ambientais do Projeto São Francisco.

Deixe uma resposta