Miguel sobre o PSB: Ninguém aguenta mais tanto imposto e nenhuma obra

Pré-candidato ao Governo de Pernambuco, o prefeito Miguel Coelho iniciou, hoje, um novo giro pelo Agreste, Sertão e Zona da Mata. O gestor petrolinense visitou Glória do Goitá, Pombos, Sanharó, Tacaimbó e Pesqueira. Miguel fecha o primeiro dia com um ato de apoio do ex-deputado federal Zeca Cavalcanti, em Arcoverde, informa o Blog do Magno.

Em todas as cidades, as lideranças que receberam o pré-candidato a governador se queixaram da ausência de obras, investimentos e serviços básicos como água encanada e atendimento primário de saúde. O ex-prefeito de Pesqueira, João Eudes, revelou que a cidade não tem recebido nenhum investimento relevante há anos. “Eu já posso contar muitas obras dos Coelho aqui em Pesqueira, posso contar as obras que o senador e o deputado Fernando Filho já trouxeram. Mas, por incrível que pareça, eu não consigo contar nenhuma desse atual governo de Pernambuco”, desabafou o ex-deputado estadual e ex-prefeito de Pesqueira.

O vereador Dido, de Sanharó, lamentou até o fato de o governador nunca ter cumprido uma agenda em sua cidade. “Ele nunca sequer pisou aqui. Sou filiado ao PSB, mas vou apoiar Miguel para tentar mudar essa situação de abandono de Sanharó”, revelou o vereador, que pretende pedir desfiliação do Partido Socialista Brasileiro.

As queixas sobre a falta de políticas públicas se repetiram nos outros três municípios. Miguel Coelho lamentou o clima de insatisfação, mas afirmou que a hora é de a sociedade se unir e debater uma alternativa para recuperar Pernambuco. “Eu sei que a nossa angústia com o que fizeram com Pernambuco é grande. A gente está cansado, ninguém aguenta mais tanto imposto e nenhuma obra. Mas agora é hora de nos unirmos e mostrarmos que nosso estado não é refém do PSB. Precisamos ter esperança e apontar um novo projeto que anime os pernambucanos”, disse o prefeito de Petrolina.

Deixe uma resposta