MATERNIDADE

Mãe, você se lembra do momento em que recebeu a notícia confirmada de sua gestação?
Que emoção, que alegria medrosa e responsável foi aquela?
Queria gritar na rua a sua notícia alvissareira?
Ou preferia esquecer-se que mais alguém chegaria para dividir com você seu corpo, comida, sonhos, espaços…

Para que importar-se com o sentimento primeiro que lhe invadiu o coração e que percorreu seu corpo como um arrepio gigante?
Só uma certeza acompanhou você desde aquele momento: um filho! O seu filho!

Nunca mais situação alguma mudará esse fato!
Nem mesmo a morte que costuma desfazer realidades, poderá por fim a esta verdade:

VOCÊ É E PARA SEMPRE SERÁ MÃE!

A maternidade não é uma situação qualquer: no dia a dia ela se transformará em MODO DE SER, RAZÃO DE VIDA, MOLA PROPULSORA, FONTE DE OBJETIVOS, DETERMINANTE DE AÇÕES, realidade extraordinariamente envolvente e definitiva que jamais sofrerá mudanças!

Dentro de você, desejado como se deseja o ar, ou negado como se nega a morte, forma-se um novo ser que é a continuidade de você mesma e é nada mais que a continuidade de uma raça e de uma espécie!

Na vida desta criança, só você ocupará este espaço: só você lhe deu a vida! Só você a carregou tão perto do coração. Só você sentiu seu primeiro sinal de vida (aquele primeiro tremor em seu ventre é o primeiro sinal de que aí dentro existe alguém vivo!)

Você será a única a sentir aquele primeiro “chute” do pezinho de seu bebê a se esticar dentro do seu corpo. Fale com ele agora, mostre a ele o quanto é bem vindo e o quanto é amado, vocês precisam desse encontro já e para sempre!

Observe-se, você se transforma inteira, e o faz assim para receber sua pequenina jóia. Não importa mais a cintura fina, os seios em pé, o corpo bonito!
Seus valores estão se transformando, e sua beleza maior hoje, NÃO É MAIS VOCÊ!

Consegue perceber que neste processo de transformação, até seus olhos adquiriram um brilho diferente? (Como gostaria de poder fitá-los).

Você não deixou de ser bela! O que está acontecendo é que a beleza está crescendo, ela deixará de esnobar-se somente em sua pele macia, ou em suas formas exteriores, mas agora ela irá permear cada gesto seu e se derramará por dentro de você mesma até contagiar todo o seu ser e até chegar ao seu coração e ao seu útero!

Neste processo, que é o maior milagre da vida, você transforma seu próprio sangue em alimento para seu filho e seus braços se preparam desde cedo para o primeiro abraço!

Pele… arrepios… o primeiro toque.
Que sublime sensação!
Cada milímetro de você é MÃE!

Para você mãe, um mais que merecido:

Feliz Dia das Mães!

Você merece!!!

O BLOG TABIRA HOJE ABRAÇA TODAS A MÃES TABIRENSES.

Um abraço especial para minha mãe, Flávia Marques.

Deixe uma resposta