Mais de 18 mil trabalhadores da saúde não tomaram segunda dose contra a Covid em PE

A campanha de vacinação contra a Covid-19 completa um ano nesta terça-feira (18), em Pernambuco. Diante da escassez de doses, os trabalhadores da saúde, por estarem na linha de frente no combate à doença, foram escolhidos para serem os primeiros imunizados, informa o G1.

Depois de 365 dias de ações e incentivos à imunização, 337.298 pessoas que pertencem a esse grupo receberam a primeira dose anticovid. No entanto, dessas, somente 318.828 completaram o esquema vacinal. Isso significa que 18.470 profissionais de saúde estão com a segunda dose atrasada.

Os dados foram obtidos por meio do painel de acompanhamento vacinal da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Eles mostram que, da categoria de trabalhadores da saúde, todos os vacinados receberam imunizantes que necessitam duas doses para completar o ciclo de imunização.

No Brasil, a vacina da Janssen é a única aplicada em dose única, mas corresponde ao menor volume de aplicações, com 173.101 doses entre todos os vacinados de Pernambuco. Nenhum dos trabalhadores da saúde recebeu essa vacina.

O percentual de trabalhadores da saúde sem a segunda dose é de 5,5%. Essa categoria inclui qualquer pessoa que trabalhe em unidades de assistência à saúde, não somente os profissionais que atuam diretamente com os pacientes, como técnicos em enfermagem, enfermeiros e médicos.

Deixe uma resposta