Maconha e baitolismo na Universidade de Monteiro PB

O progresso chegou em Monteiro com a UEPB, Universidade Estadual da PB e com ele novos moradores de costumes “alternativos”. O Blog de Tião Lucena reclamou que alguns desses visitantes fazem nas suas “repúblicas” orgias de frequentadores exclusivamente masculinos regadas a maconha, trazendo constrangimento aos monteirenses mais conservadores. Veja a íntegra da matéria:

“Depois que a cidade de Monteiro PB, vista na foto em todo o seu apogeu, ganhou um campus da Universidade Estadual da Paraíba, começou a conhecer um certo tipo de visitante nunca dantes visto por aquelas bandas. Já haviam me contado e agora leio na coluna do meu dileto amigo Geordie Filho que tem um monte de rapazes da UEPB transformando o campus num fumacê danado e, no meio da fumaça, alguns se aproveitam para furar o couro uns dos outros, fazendo tudo se transformar numa verdadeira zorra. Veja, leitor, o que diz o dinâmico jornalista Geordie Filho, do Cariri Ligado:”Pense num cabaré da gôta, que aqueles estudantes do campus da UEPB de Monteiro, apreciadores de furar os couros dos amigos, estão fazendo em Monteiro. Alugaram uma casa no município, que só serve de ponto para encontro de gays e central da maconha.”

Vôte! Inda bem que o velho Pinto do Monteirofoi simbora pru céu.”

0 pensou em “Maconha e baitolismo na Universidade de Monteiro PB

  1. por isso e q somos campeao de analfabetismo, favelas, corruptos, estupradores e agora ganhamos o titulo de joga minha familia pela janela. Por isso nao é de estranhar porque fumam maconha nas escolas. Essas aulas vem a muito tempo, só agora é que voces viram?

Deixe uma resposta