Lula diz que oposição deve esperar até 2018 em vez de tentar golpe

lula_bhO ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (28) que aqueles que protestam contra o governo da presidente Dilma Roussef devem esperar até 2018, ano das próximas eleições presidenciais, em vez de tentar um golpe para retirar Dilma do poder. O petista disse, no entanto, que é parte da democracia o direito ao protesto.

“É um direito legítimo vocês não concordarem com o nosso goveno. É direito legítimo protestarem contra nosso governo e protestarem contra aquilo que acham que não estamos fazendo correto. Mas também é direito legítimo saber que vocês vão ter que esperar até 2018, e não com um golpe, para retirar a presidente Dilma”, afirmou Lula, ao discursar em evento da Central Única dos Trabalhadores em Belo Horizonte (MG).

Desde o início do segundo mandato de Dilma, em 2015, protestos pelo país têm criticado as denúncias de corrupção investigadas pela Operação Lava Jato e reivindicado a saída da presidente do cargo. No último dia 16, cerca de 879 mil pessoas, segundo estimativas das polícias militares, saíram às ruas em 205 cidades. Lula defendeu o direito das pessoas de se manifestarem.

“A democracia não é um pacto de silêncio. A democracia é uma sociedade em movimento, reivindicando, protestanto, contra ou a favor”, declarou o petista. “Não queremos pacto de silêncio, queremos efetivamente fortalecer a democracia. O que não aceitamos é que essas pessoas não tenham aprendido nada comigo. Eu perdi três eleições. Cada vez que perdia, ia lamber minha ferida. E voltava quatro anos depois para tentar”, completou.

O ex-presidente também voltou a comentar a possibilidade de se candidatar em 2018. Mais cedo, em entrevista a Rádio Itatiaia, em  Montes Claros (MG), ele declarou que, “se for necessário”, disputará as eleições de 2018.

congrsso_da_cut_com_a_presenca_do_ex_presidente_luis_inacio_da_silva_lula.-em_defesa_da_democracia_e_da_petrobras_uarlen_valerio__uarlen_valerio“Vocês [oposição] têm que aprender a esperar. E fazer a coisa certa. Porque tem gente que diz: ‘o Lula tá velhinho, tá cansado’. Olha, eu jamais vou dizer pra alguém que sou candidato. Mas também jamais vou dizer que não sou. Só quero que vocês saibam o seguinte: enquanto eu tiver fôlego, tiver perna, enquanto eu puder percorrer este país, os tucanos vão ter que aprender a voar primeiro pra depois querer chegar à Presidência da República”, discursou.

O petista também admitiu que o país vive dificuldade, e disse que é preciso “levantar a cabeça” e tentar resolver o problema. “A única coisa que nós temos que dizer pra eles [oposicionistas] é que, como eu fiz com eles, eles façam com a Dilma: deixem a Dilma governar este país. Deixem a presidente trabalhar”, concluiu.

Deixe uma resposta