Lançamento da pré-candidatura do PTB ao Governo de Pernambuco entusiasma público

Sob as bandeiras de resgatar os valores judaico-cristãos e o protagonismo do Estado na economia nacional, o Partido Trabalhista Brasileiro de Pernambuco (PTB/PE) lançou, nesta terça-feira (14), a pré-candidatura do pastor Wellington Carneiro ao Governo de Pernambuco e da advogada trabalhista de Petrolina, Caroline Tosaka, à vice. As quase 200 pessoas, entre políticos, lideranças do movimento conservador no país, religiosos e eleitores, presentes no auditório Cícero Dias, do Mar Hotel Conventions, em Recife, vibraram com o discurso do pré-candidato que defendeu a junção de forças dos diversos segmentos para promover o desenvolvimento de todas as regiões pernambucanas e a restauração de valores como Deus, pátria, família e liberdade.

“Nosso estado foi literalmente sucateado ao longo das três últimas décadas e precisamos de fato apresentar a Pernambuco um plano de desenvolvimento viável. É para isso que nós estamos nesse momento”, assegurou o pré-candidato Wellington Carneiro, também presidente do PTB no Estado.

O pastor Luiz Cláudio Gamonal e o padre Kelmon Luiz, respectivamente presidente e coordenador nacional do Movimento Cristão Conservador do PTB, representaram a executiva nacional do partido e destacaram a importância da candidatura no Estado. “Representamos mais de 84% da população, mas temos sido tolhidos em nossos direitos a cada dia, por isso é realmente necessário muita coragem para enfrentar esse desafio”, afirma Gamonal. Ao término, o pastor e o padre oraram pelos postulantes ao governo e aos cargos de deputado estadual e federal. A vaga para o senado ainda está sendo avaliada.

Bolsonaro – Perguntado se a candidatura dividiria os votos bolsonaristas, Carneiro garantiu que, “muito pelo contrário, nossa chapa é a opção verdadeiramente conservadora no Estado, por nosso histórico de vida consistente com as bandeiras defendidas e, por isso mesmo, ocupa um espaço ainda vazio para muitos eleitores conservadores pernambucanos”.

Um exemplo disso foi o apoio recebido dos candidatos, no pleito passado, a prefeito de Olinda pelo partido Democracia Cristã, André Azevedo, e a prefeito de Paulista, o delegado Gilderley. Além de vários apoiadores de diversas denominações evangélicas e da igreja católica.

Carneiro ratificou novamente o apoio irrestrito ao presidente Bolsonaro pelo alinhamento de ambos com os princípios conservadores e luta pelo desenvolvimento do país.

Conheça os candidatos:

Wellington Carneiro – Possui 48 anos, é casado com a produtora de eventos Daniela Carneiro, tem 5 filhos. Atual presidente do Partido Trabalhista Brasileiro em Pernambuco, é advogado, graduado em Gestão Pública e pastor, membro da igreja Verbo da Vida. Sua história política começa em casa, pois é filho do ex-prefeito do município de Correntes entre 1993 e 1996, Oscar Carneiro. Foi secretário de Finanças de Correntes na década de noventa e concorreu às últimas eleições ao cargo de vice-prefeito do Recife, pelo Patriota.

Ficou conhecido principalmente pela sua atuação em defesa aos valores conservadores. Os feitos de maior destaque foram quando conseguiu uma liminar na Justiça, que autorizou a realização de cultos presenciais nas igrejas durante a pandemia em 2021 e na ocasião em que à frente do Grupo de Pastores Evangélicos da Cidade de Garanhuns, entrou com um mandato de segurança para suspender a apresentação teatral de uma peça, na qual Jesus era retratado como transexual, em 2018.

Caroline Tosaka – Tem 39 anos, casada com o empresário, Franklin Lisarb e mãe de 2 filhos. Natural de Porto Ferreira (São Paulo), mas foi criada em Petrolina desde pequena, onde mora e atua como advogada trabalhista. É pós-graduada em Direito Civil e Processo Civil. Já exerceu as atividades de conciliadora e juíza leiga do Tribunal de Justiça da Bahia, em Juazeiro.

Apesar de novata na política partidária, sempre foi muito combativa na política institucional, junto a Ordem dos Advogados do Brasil e demais entidades de advogados. Sua luta pela Justiça e melhoria nas condições de Trabalho, a levaram a concorrer duas vezes como vice-presidente e presidente da OAB Petrolina. Hoje é diretora administrativa do Sindicato de Advogados de Pernambuco (Sindaper) e membro da Comissão Nacional de Direito Trabalhista da Associação Brasileira de Advogados (ABA). Essa atuação marcante a tornou presidente do PTB Mulher no Estado e pretende unir seus conhecimentos da realidade do Sertão aos das suas pós-graduações em Gestão Pública e Direito Tributário para promover o desenvolvimento do Estado.

Deixe uma resposta