João Paulo tem 35% e Bezerra Coelho, 22%, na disputa ao Senado, diz Ibope

image

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) aponta que o candidato João Paulo (PT) tem 35% das intenções de voto para o Senado. Na sequência, o socialista Fernando Bezerra Coelho (PSB) aparece com 22%. Simone Fontana (PSTU) tem 2%; Albanise Pires (PSOL) e Oxis (PCB) aparecem com 1% cada.

Os indecisos somam 24% e os que declaram que vão votar branco ou nulo são 15%.

No levantamento anterior realizado pelo instituto, em julho, João Paulo aparecia com 37% e Fernando Bezerra Coelho, com 16%. Encomendada pela TV Globo, a pesquisa é a segunda do Ibope após o registro das candidaturas.

Veja os números do Ibope:

João Paulo (PT) – 35% das intenções de voto
Fernando Bezerra Coelho (PSB) – 22%
Simone Fontana (PSTU) – 2%
Albanise Pires (PSOL) – 1%
Oxis (PCB) – 1%
Brancos e nulos – 15%
Não sabe ou não respondeu – 24%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e realizada entre os dias 23 e 25 de agosto. Foram entrevistados 1.512 eleitores em 69 municípios do estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos, a  probabilidade do resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) sob o número 00019/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR00424/2014.

1 pensou em “João Paulo tem 35% e Bezerra Coelho, 22%, na disputa ao Senado, diz Ibope

  1. PE não pode e não terá 3 senadores oposicionistas ao governo de Marina.
    A eleição de Fernando é fundamental para as mudanças pensadas por Eduardo e Marina e que serão executadas por ela.
    Venham conhecer como os 12 anos do PT, de “João é João”, deixou Recife; a saúde dos recifenses, a educação.
    As moradias entregues por “João é João” a população pobre são “imorais”. Entregaram apartamentos sem piso, banheiros sem azulejos, portas sem pintar, paredes internas sem reboco.
    Na saúde…as gestantes do Recife na gestão “João e João”, das 7 consultas de pré-natal mínimas, só realizavam, no máximo 3 a 4 consultas.
    Na educação…. outra tragédia.
    Eles tiveram 12 anos com total poder para gerir Recife. Tinham apoio do governo estadual e federal.
    Conheçam a gestão de 12 anos no Recife de João Paulo é João da Costa.

Deixe uma resposta