Identificação dos corpos pode durar até três dias

c0b360fd528824e8f5867de8dcbf37e8O País pode viver nos próximos dias um prolongamento da agonia que começou a ocorrer a partir da morte de Eduardo Campos. O governador de São Paulo Geraldo Alckmin disse que vai demorar dias até que sejam reconhecidos exatamente todos os fragmentos recolhidos.

Alckmin disse que montou uma equipe grande com geneticistas e todos os profissionais necessários para fazer o mais rapidamente possível o trabalho de identificação. Mesmo com o velório e enterro em suspenso, o grupo político de Eduardo Campos terá que tomar as decisões sobre a chapa que vai disputar as eleições. No meio da comoção, e antes ainda do enterro, a campanha terá que ser iniciada.

imagens-do-dia-20140813-76-size-598Eduardo Campos era único por vários motivos. Era herdeiro do avô Miguel Arraes. Mas ao mesmo tempo não era parte de uma oligarquia, dessas que aparecem em todo o Brasil, porque ele e seu avô foram militantes dos movimentos das transformações sociais modernizantes do Brasil.

Deixe uma resposta