Governo reconhece situação de emergência em 56 municípios pernambucanos

seca2A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional (MI), reconheceu, através de portaria publicada no Diário Oficial da União, nesta quarta-feira (28), que 56 municípios pernambucanos e mais 326 municípios de cinco estados estão em situação de emergência devido à estiagem e seca.

Em sua maioria, os problemas ocorrem nos estados do Nordeste como Pernambuco (56), Paraíba (170) e Ceará (150). Outros municípios da Bahia e de Minas Gerais também sofrem com as estiagens. Já os municípios do Paraná podem solicitar o auxílio por conta de problemas com enxurradas e chuva de granizos.

Para pedir ajuda às ações de socorro, assistência e estabelecimento de serviços essenciais, os municípios precisam enviar um plano detalhado de respostas para que os recursos de reconstrução das áreas atingidas pelos desastres sejam repassados.

Os municípios de Pernambuco que estão em estado de emergência são:

– Afrânio

– Araripina

– Arcoverde

– Belém do São Francisco

– Betânia

– Bodocó

– Brejinho

– Cabrobó

– Calumbi

– Carnaíba

– Carnaubeira da Penha

– Cedro

– Custódia

– Dormentes

– Exu

– Flores

– Floresta

– Granito

– Ibimirim

– Iguaraci

– Inajá

– Ingazeira

– Ipubi

– Itacuruba

– Itapetim

– Jatobá

– Lagoa Grande

– Manari

– Mirandiba

– Moreilândia

– Orocó

– Ouricuri

– Parnamirim

– Petrolândia

– Petrolina

– Quixaba

– Salgueiro

– Santa Cruz

– Santa Cruz da Baixa Verde

– Santa Filomena

– Santa Maria da Boa Vista

– Santa Terezinha

– São José do Belmonte

– São José do Egito

– Serra Talhada

– Serrita

– Sertânia

– Solidão

– Tabira

– Tacaratu

– Terra Nova

– Trindade

– Triunfo

– Tuparetama

– Verdejante

Deixe uma resposta