Flávio Marques garante que vão até a última instância para defender Sebastião Dias e evitar sua cassação

SAMSUNG CSCO Secretário de Administração, Flávio Marques, falou pela primeira vez em nome do Governo Municipal sobre o pedido de cassação do mandato do Prefeito Sebastião Dias indicado no relatório final da CPI dos Convênios da Câmara Municipal.

No Programa Show da Tarde da Rádio Cultura FM, Flávio disse inicialmente que os convênios são de responsabilidade federal e, por essa razão, a Câmara não tem competência de fazer essa fiscalização, mas mesmo assim disse que concorda com a preocupação dos vereadores porque a gestão não tem nada a esconder do povo tabirense.

O secretário cobrou dos vereadores uma CPI para investigar o ex-prefeito Dinca Brandino e perguntar por que ele não fez o campo de futebol uma vez que teve dois anos da celebração do convênio e nem sequer as traves colocou no lugar.

Flávio antecipou que a gestão enviou um ofício para a câmara solicitando um espaço na próxima sessão para fazer todos os esclarecimentos e mostrar toda a documentação necessária para mostrar que o governo do poeta tomou todos os cuidados necessários em relação aos convênios. “Nós vamos levar os ofícios com os avisos de recebimento da Caixa Econômica. Nós vamos mostrar que não agimos com omissão. Omisso é quem teve dois anos para executar a obra e não executou”, disse.

Marques disse que não é justo culpar Sebastião Dias de tudo e querer colocá-lo como o novo Cristo. “Nós vamos defender Sebastião. Nos pronunciaremos na Câmara, depois da câmara temos as vias judiciais e se for matéria constitucional levaremos a discussão para o Supremo. Agora nós não vamos pagar uma injustiça”, garantiu Flávio.

Deixe uma resposta