Exclusivo: Advogado Gilberto Oliveira protocola denúncia de nepotismo em Tabira no MP

O ex-presidente da Câmara de Tabira, advogado Gilberto Oliveira, acompanhado do bacharel em direito Carlinhos Sampaio, protocolou, na última semana, no Ministério Público de Pernambuco – Promotoria de Tabira, denúncia de prática de nepotismo na Prefeitura de Tabira.

Ao blog Tabira Hoje, Dr. Gilberto confirmou que o documento foi protocolado e aguarda manifestação do promotor de Justiça. Ainda, segundo ele, na petição são listados diversos servidores com parentesco com a prefeita, secretários e vereadores.

Ao final, o advogado requer a exoneração de todos os servidores que tenham parentesco com a prefeita, secretários e vereadores, a imputação do crime de improbidade administrativa e que cópia da denúncia seja encaminhada ao Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE).

Em março de 2021, Gilberto Oliveira concedeu entrevista a Rádio Cidade FM e naquela época já declarava que Dinca era o prefeito de fato e Nicinha a prefeita de Direito. O advogado relatou que ele [Dinca] fez muitas promessas de emprego durante a campanha e não cumpriu. Por isso estava adiantando uma denúncia de nepotismo contra o Governo Nicinha Melo onde apresenta quatro nomes como prática de nepotismo direto, familiares da prefeita, e seis nomes como nepotismo indireto como familiares de vereadores no executivo.

O mesmo documento, dizia Gilberto, já chegou ao TCE-Tribunal de Contas do Estado, causando espanto em seu Presidente e a Delegacia de Combate à Corrupção – DECCOR.

Para fazer um alerta a prefeita de Tabira, o ex-Coordenador Jurídico de sua Campanha disse na entrevista: “Dona Nicinha fique atenta. Se Dinca não se preocupou com o nome dele que é ficha suja, imagine se ele vai se preocupar com o seu?”.

Detalhe: antes de falar a Rádio Cidade FM naquela oportunidade, Gilberto Oliveira confidenciou ter sido procurado por lideranças políticas ligadas a Dinca pedindo para ele cancelar a entrevista, temendo pelo estrago que ela poderia trazer a gestão tabirense.

Deixe uma resposta