Ex-Prefeito Dinca acusa Sebastião Dias de não prestar contas de obras que encontrou prontas

dinca_anchietaRespeitando o prometido, o ex-prefeito Dinca Brandino (PSB), procurou o governo do estado através da Secretaria de Planejamento e recebeu a confirmação de que na condição de responsável pela empresa contratada pelo Governo Sebastião Dias para perfuração de poços, pagos com recursos do FEM, precisa mesmo assinar documentos atestando o pagamento.

Falando à Rádio Cidade FM, Dinca recuou da afirmação anterior e agora diz que realmente foi procurado pelo Secretário de Planejamento Rúbens Espíndola para assinar a declaração e não assinou. O ex-prefeito informou ter sido notificado que o Prefeito Sebastião Dias não havia prestado contas de ações realizadas por seu governo, como a Ponte do Bairro Espírito Santo com a Secretaria de Turismo, o calçamento da rua da mesma ponte com a Secretaria das Cidades e Academia das Cidades do Bairro São Pedro.

Inconformado com o que ele define como descaso e objetivo apenas de lhe prejudicar, o Poeta não prestou contas em quase 3 anos de administração. Assim Dinca admitiu que mesmo recebendo do secretário Rúbens Espíndola a promessa de que o atual governo vai prestar contas, ele mesmo vai fazer uma prestação de contas paralela.

Brandino criticou Sebastião por perder 08 convênios que trariam obras para Tabira, como Quadra da Borborema, Campo de Futebol, e seis calçamentos. Questionado se a falta de transição não resultou na sequência das obras, Dinca garante que houve sim, através de seus secretários. Indagado se já interferiu junto ao deputado federal Fernando Monteiro, em quem votou na última eleição, em defesa de obras para Tabira, o ex-prefeito surpreendeu respondendo que depois da eleição não falou uma vez se quer com o parlamentar. E disse mais: “Eu não tenho nem o telefone de Fernando Monteiro”.

Depois de questionado pelo entrevistador, Dinca disse que manteve contato com a assessoria do deputado e pediu recursos para obras hídricas, via Conselho de Desenvolvimento Rural. Diante da crítica do poeta e professor Genildo Santana que acusou em crônica que os políticos são o mal maior de Tabira. Dinca rebateu dizendo que Genildo cometeu uma contradição, pois já pertenceu aos governos do Mano, Josete e Sebastião Dias.

1 pensou em “Ex-Prefeito Dinca acusa Sebastião Dias de não prestar contas de obras que encontrou prontas

Deixe uma resposta