Escola proíbe formatura em seu espaço ao saber que padrinhos da turma eram Flávio Marques e Carlos Veras

As páginas escuras da política de Tabira têm mais um capítulo gravado para manchar a história. A Redação do Programa Cidade Alerta, da Rádio Cidade FM, teve acesso a informações de que a direção da Creche Edite Leite do Amaral proibiu a realização da formatura da turma do ABC no espaço interno da escola ao saber que os padrinhos da turma eram o advogado Flávio Marques e o deputado federal Carlos Veras (PT).

A situação vai mais além. Ainda segundo informações, todos os profissionais da creche foram desautorizados a participar da formatura, inclusive a professora da turma não se fez presente, bem como ninguém da gestão municipal.

Com a negativa da escola, a cerimônia acabou acontecendo no Clube de Campo na noite deste domingo (12). Toda a festa foi realizada e coordenada pelos pais das crianças, uma vez que a escola caiu fora. Até mesmo os certificados foram feitos pelos pais para serem entregues de forma simbólica aos estudantes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Redação de Jornalismo da Rádio Cidade FM

Deixe uma resposta