Empresário é assassinado em Serra Talhada

38139e2a1e87dacf1556b0ef8f4c5af2-309x400

do Blog Nill Junior

A população de Serra Talhada não tem paz. Acaba de ser confirmado o oitavo homicídio na cidade. O empresário  Alexandro, conhecido por Xuxa Clemente, 35 anos, dono da Chocolataria Gramado, inaugurada em março do ano passado na cidade, foi morto com disparos de arma de fogo em frente ao seu empreendimento, que ficava no centro, próximo aos Correios e ao Batalhão da PM na Rua Cornélio Soares.

Ele havia inaugurado o empreendimento no ano passado e contava com boa gama de clientes. Xuxa ainda foi levado para o Hospam, mas já chegou sem vida. Um dos tiros o atingiu na cabeça. A característica é de execução. Falasse em dois homens em uma moto, como na maioria dos crimes este ano. O clima – não poderia ser diferente – é de muito medo e apreensão na Capital do Xaxado.

Xuxa Clemente também foi militante da campanha de Luciano Duque em 2012 e se empenhou por sua eleição. Era casado com a enfermeira Ana Nery Polliana Clemente. Não se sabe ao certo se ela presenciou o crime. O marido a aguardava na porta do seu estabelecimento quando foi alvejado.

Semana passada, o Secretário de Defesa Social Alessandro Carvalho havia prometido rigor nas investigações dos crimes na cidade.

“Nós temos um reforço expressivo de mais de 50 policiais na cidade.  O que o Estado tem que fazer é apurar de forma concreta através da Polícia Civil. Isto vem sendo feito. E buscar punir. A resposta virá dentro do mais curto espaço de tempo possível sem que isto prejudique as qualidades das provas para serem apresentadas ao Ministério Público e à Justiça” prometeu. Não é o que tem ocorrido na prática.

Nas redes sociais, não são poucos os serra-talhadenses que defendem uma intervenção da Polícia Federal na investigação aos crimes, sugestão descartada pelo próprio Secretário.

Deixe uma resposta