Em quatro meses, Pernambuco registra 2.037 assassinatos e mais de 40 mil roubos e furtos

Pernambuco contabiliza, em quatro meses, 2.037 pessoas assassinadas. Esse é o total de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) registrados de janeiro a abril deste ano. No mesmo período de 2016, um total de 1.410 crimes foram notificados. Somente no mês passado, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) apresentados nesta segunda-feira, 514 homicídios aconteceram no estado. Isso indica que, em média, 17 crimes contra a vida são registrados por dia em Pernambuco. O mesmo aconteceu nos meses de fevereiro e março, quando 496 e 549 assassinatos, respectivamente, foram computados pela polícia. Caso a média mensal de mortes não tenha uma redução significativa, o ano de 2017 pode terminar com mais de seis mil assassinatos. Apesar disso, o governo do estado diz que houve redução na violência. Isso ocorre somente quando comparados os números de abril com os de março.

Além do número de assassinatos, a SDS divulgou que em abril houve ainda 126 casos de estupros, 102 assaltos a ônibus e 9.257 Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), entre eles roubos a bancos, ônibus, carros-fortes, comércios, transeuntes, etc. Ao revelar os números da criminalidade, o secretário Angelo Gioia, reconheceu que os índices ainda estão altos. “Conseguimos uma redução no total de mortes entre os meses de abril e março, mas os números ainda preocupam. Apesar disso, 229 criminosos ligados a homicídios foram presos no estado em abril, sendo 79 em flagrante delito e 150 em cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Justiça. Outros indicadores também apresentaram redução. Também estamos investigando mais e apontando resultados. Em abril, mais da metade dos inquéritos de homicídios foram concluídos com autoria definida”, apontou o secretário.

O titular da pasta de Defesa Social disse ainda que não havia o que comemorar com os resultados. “A queda nos números não é motivo de comemoração, pois sabemos que estamos distantes do que desejamos para a população de Pernambuco. No caso dos CVLIs, tivemos uma redução de 6,4% (514 contra 549 no mês anterior). Em março, já houve uma leve redução de 0,21% em relação a fevereiro. Considerando que, desde o segundo semestre de 2014, os CVLIs só ascenderam, avaliamos que esses são os primeiros resultados dos ajustes operacionais nas polícias, com foco nos grupos de extermínio”, completou Gioia, que anunciou o detalhamento das motivações dos crimes de homicídio. Em abril, segundo a SDS, 298 mortes tiveram relação com atividades criminais, como o crime organizado, tráfico de drogas, grupos de extermínio e sistema prisional; 85 foram de conflitos na comunidade ou proximidade; 24 tiveram origem em latrocínios; 19 são descritos como conflitos afetivos ou familiares e 10 foram feminicídio.

Criado em maio de 2017 com o objetivo de reduzir a violência em Pernambuco, o Pacto pela Vida previa a redução de 12% no número de homicídios em relação ao ano anterior, meta que não vem sendo alcançada. Questionado sobre esse percentual e o modo de avaliação do número de mortes, o secretário Angelo Gioia afirmou que sua preocupação agora é de reduzir a quantidade de assassinatos de um mês em relação ao anterior. Já em relação aos CVPs, segundo a SDS, a maior queda ocorreu nas investidas a ônibus e coletivos. Em abril, foram 102 assaltos, contra 147 em março. “Pelo terceiro mês consecutivo, caem as ações de bandidos contra os ônibus. Reforçamos o patrulhamento e abordagens nos corredores e horários onde verificamos grande incidência, além de prendermos, somente este ano, mais de 70 acusados de envolvimento neste tipo de ação. É preciso, no entanto, que as empresas avancem mais na instalação de câmeras de boa resolução, ajudando o trabalho das polícias”, comentou o secretário.

SAIBA MAIS

Assassinatos/mês

478    janeiro
496    fevereiro
549    março
514    abril


Assassinatos/ano

4.591    2007
4.528    2008
4.018    2009
3.509    2010
3.507    2011
3.321    2012
3.100    2013
3.434    2014
3.889    2015
4.479    2016


Crimes Violentos contra o Patrimônio/mês

11.287    janeiro
9.962    fevereiro
10.321 março
9.257   abril

Estupros/mês

177    janeiro
155    fevereiro
174    março
126    abril


Violência doméstica

2.942    janeiro
2.464    fevereiro
2.929   março
2.485   abril

Fonte: Secretaria de Defesa Social (SDS)

Deixe uma resposta