Em nota sobre licitação de veículos, governo municipal fala em locações fantasmas e manipulação em cartões de combustível na gestão passada

A prefeita Nicinha Melo se manifestou hoje, através de sua assessoria de comunicação, sobre a denúncia de valor exorbitante de R$ 2,5 milhões para alugar veículos este ano.

A nota diz que o município de Tabira não dispõe de frota própria de veículos em quantidade necessária ao atendimento das demandas municipais.

Por essa razão, é necessário a locação de caminhonetes, carros de passeio, caminhões pipas, caminhões compactadores, caminhões tipo caçamba e van para atender as secretarias de Obras, Educação, Saúde, Agricultura e Gabinete.

A nota não deixa de atacar a gestão passada do prefeito Sebastião Dias e diz que as licitações de locação de veículos no governo do poeta são caso de profunda investigação dos órgãos internos e externos de controle, com fatos sendo apurados em esfera policial.

Ainda segundo a nota, a principal licitação do setor da gestão anterior está sendo objeto de auditoria, já tendo sido constatado que o contrato com a empresa vencedora foi renovado de maneira irregular por cinco anos.

A nota fala também em locações fantasmas, possível manipulação em cartões de combustíveis, falta de comprovação de serviços de borracharia, manutenção de veículos, aquisição de peças e pneus para veículos de terceiros, entre outras irregularidades.

Deixe uma resposta