É IMORAL, ILEGAL ESSES ATOS, DIZ ATUAL PREFEITO

dinca_brandino_psbO prefeito de Tabira, Dinca Brandino (PSB), esteve nesse sábado (16), participando do programa “Um Novo Tempo” da Prefeitura Municipal. Dinca trouxe mais detalhes da denúncia feita pelo vereador José Carlos (Didi) na tribuna da Câmara.

Segundo o gestor, a Secretaria de Saúde no ano de 2008, pagou R$ 3.165,00, a enfermeira Juliana Karine Lira, que em declaração disse “Não sou, nem nunca fui servidora pública do Município de Tabira, nem tampouco celebrei contrato, não fui contratada para substituir”.

0 pensou em “É IMORAL, ILEGAL ESSES ATOS, DIZ ATUAL PREFEITO

  1. parabens flavinho por ter divulgado esse escandalo mostrando a sujeira que tem em nosso municipio.
    parabens ao vereador didi e principalmente ao vereador edmundo que teve a coragem de pedir a prisao do prefeito que cometeu esse crime e assim mesdo vereador que se trabalha a beneficio do povo pra completa seu trabalho vereador leve pra justiça

  2. kd a enfermeira que trabalhou aki mais ninguem viu parece lombardi.se a policia federal fizer um pente fino aki em tabira de 10 anos pra ca ea sair muita gente de pulseira de prata

  3. A enfermeira assinou uma declaracao dizendo q nunca substituiu ninguem, e q a assinatura do contrato era falsa. A ex-secretária de saúde disse q ela substituiu Candida. E agora quem fala a verdade? Vamos esperar a enfermeira voltar a Tabira pra esclarecer tudo.
    E aí Edmundo vamos ver quem será preso…

Deixe uma resposta