Djalma das almofadas diz que governo Nicinha sofrerá duas derrotas na Câmara

Inicialmente o vereador presidente da Câmara dos vereadores de Tabira, Djalma das almofadas, lamentou em sua fala o fato de os vereadores terem perdido a compostura na sessão da última segunda-feira, “principalmente um veterano”, fazendo assim, uma alusão direta ao vereador Edmundo Barros, atual decano do Poder Legislativo de Tabira.

Comentando sobre o projeto da prefeita Nicinha que exclui cargos no serviço público, Djalma disse que ficou surpreso ao ver a Câmara cheia de servidores defendendo um projeto que irá prejudicá-los. Para ele, eles foram usados como massa de manobra para tumultuar a sessão.

Parabenizou o vereador Eraldo Moura por declarar voto contrário ao projeto, mesmo sendo da bancada da prefeita e disse que para ser aprovado, esse tipo de projeto precisaria de ampla maioria com no mínimo sete votos.

“Tranquilizo aqui os servidores municipais e a população em geral afirmando que esse projeto não vai passar”, disse Djalma.

Outro projeto que também contém erros detectados pelo jurídico da Câmara é o que trata sobre a remuneração dos servidores por horas trabalhadas.

“O projeto nem foi aprovado e a prefeita já está pagando a metade de um salário mínimo aos contratados. Ou seja, já está praticando o erro”, disse o presidente acrescentando que esse também não passa e isso fará com que o governo de Nicinha tenha duas derrotas na Câmara dos Vereadores.

Deixe uma resposta