Diretora da Escola Esmar acusa que polêmica é só perseguição política

maria_esmarPor Anchieta Santos

Como contraponto a entrevista do vereador Edmundo Barros, sobre a polêmica que envolve a Escola Esmar em Tabira, o Programa Cidade Alerta da Rádio Cidade FM, ouviu ontem a diretora Maria de Lourdes Leite Souza.

Lembrando que filha do prefeito Sebastião Dias já estudou na escola e que filhos dos vereadores ainda estudam, Maria disse que não quer se apropriar do espaço, mas também tem não interesse de devolver. Ela reclamou da falta de diálogo com o gestor a quem procurou. Mesma reclamação que vale, segunda ela contra os vereadores. – “A Escola Esmar tem 23 funcionários, tem um papel social(apesar de particular), tem atuação junto as associações, e todos sabem que a questão é política”, disse Maria.

Mesmo reconhecendo que os 10 anos de comodato já foram encerrados, Maria que agora é dona da escola, que lhe foi passada pela senhora Felizete Santos, afirmou que continua onde está pois tem o aval da justiça. Ela isentou o ex-prefeito Dinca de qualquer responsabilidade, dizendo até que ele nunca pagou uma só conta de água do prédio. Ela também disse não ter conhecimento que ali tenha funcionado a Prefeitura e sim um abrigo, ponto de apoio do Proderu, Mobral, delegacia de policia, escola Arnaldo Alves, sede dos Brilhantes e até uma boate.

3 pensou em “Diretora da Escola Esmar acusa que polêmica é só perseguição política

  1. Um assunto que deveria ser resolvido internamente,com conversa.Não tem que expôr tanta coisa sem precisão,até porque é uma empresa que gera emprego e dinheiro para o município.
    Um comentário infeliz no qual um vereador falou que está agora reparando um erro.
    “Não se repara erros,aprende-se com eles para não voltar a acontecer”.
    Triste ver isso acontecer,já que problemas reais e muito mais graves acontecem em nossa cidade e não são vistos com tanto vigor como esse.

  2. Perseguição política ou não, o prédio é do município, é dinheiro público sendo jogado fora. A escola tem fins comerciais, logo, a dona que alugue um prédio. Enquanto um prédio é ocupado para uso de um particular, a prefeitura tem que alugar outros prédios para suas secretarias, diretorias e outros. O PRÉDIO É UM BEM PÚBLICO E DEVE VOLTAR PARA A MÃO DO POVO. Não me fale em trabalho social, você paga os salários das pessoas que trabalham para você, pague um aluguel também.ISSO É UM ABSURDO!

Deixe uma resposta