Dinca promete assinar documento dos Poços e manda recado ao GI: “Com Edmundo no Grupo não tem acordo”

20150505_104543Nos últimos dias o Governo Sebastião Dias (PTB) acusou o ex-prefeito Dinca Brandino (PSB) de estar se negando a assinar uma declaração, que comprovava o recebimento do pagamento pela perfuração de Poços com sua empresa. A informação dava conta de que sem a assinatura para prestar contas, a administração estaria ameaçada de não receber a 2ª parcela do FEM II e deixaria de receber o FEM III.

Falando a Cidade FM na terça-feira (6), Dinca disse que assinou toda documentação apresentada pelo Secretário de Agricultura Beto Santos. Negou ter recebido outro emissário que o governo mandou com a documentação para assinar. “Os vereadores Aldo e Djalma me procuraram dizendo que estariam com um documento enviado pelo vereador Edmundo Barros, para eu assinar. Nem li, não me dou com Edmundo e pronto”, afirmou Brandino.

Diante da mediação do comunicador Anchieta Santos, Dinca prometeu ir a SEPLAN-Secretaria Estadual de Planejamento no Recife e assinará o que for preciso. O ex-prefeito disse que o que acontece é que o Governo do estado detectou irregularidades nas obras pactuadas. “As ações estão em descordo com o planejado e aí o Prefeito Sebastião Dias tentou transferir a responsabilidade”, disse.

Dinca acusou o Governo Sebastião Dias de deixar de lhe pagar R$ 39 mil reais da obra do Posto de Saúde, localizado na Frente do Fórum. Chamou a atenção para a receita de R$ 3,2 milhões recebidos pelo Governo Sebastião Dias apenas no mês de abril/2015, quando em abril/2010 quando governava Tabira, ele recebeu apenas R$ 300 mil reais.

20150505_104550O ex-prefeito disse que Sebastião é prefeito e não sabe, e o que a maioria do povo está arrependida de ter votado nele. O que fez até agora foi com dinheiro do FEM, dado por Eduardo Campos. Sobre a promessa de fazer uma pesquisa para a escolha do candidato da oposição, Dinca disse que só vai fazer depois que a reforma política definir quando será a eleição.

Em nenhum momento declarou ser candidato a prefeito de Tabira. Ao mesmo tempo disse que o governo de Sebastião Dias está tão desgastado, que até mesmo dividida a oposição vencerá a eleição. E deixou um recado para o GI (Grupo Independente). “Com Edmundo no GI, não tem acordo”. O grupo é formado pelos vereadores Marcos Crente, Zé de Bira, Sebastião Ribeiro, Edmundo Barros, suplente Vianey Justo, empresários e profissionais liberais.

 

Deixe uma resposta