Detran-PE amplia atendimento com operações itinerantes 

Com o Plano Retomada do Governo de Pernambuco, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE) intensificou as atividades de apoio à população com a realização de operações nos finais de semana. A ação consiste em oferecer serviços de emissão de Nada Consta, solicitação da 2ª via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), emissão de taxas, multas e agendamento de serviços, consulta de pontuação da CNH, além de tirar dúvidas sobre o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos. A prestação dos serviços acontece por meio do Detran Itinerante (DI), sob a coordenação da Diretoria de Atendimento, que no último final de semana aconteceu na Av. José Estelita, no bairro de São José.

O Detran Itinerante consiste em um caminhão equipado com três guichês de atendimento, gerador próprio e computadores com acesso à Internet para fazer o atendimento interligado com a base de dados do Detran-PE. De acordo com o coordenador do DI, Jailton Gualberto, além do Recife e Região Metropolitana, tem programação agendada para atendimento em outras localidades de Pernambuco. Nesta quarta (23), o equipamento estará em Santa Maria do Cambucá. No dia seguinte, 24, será a vez de Tamandaré, e no outro, dia 25, será levado para Angelim, seguindo o itinerário do programa Governo Presente.  

A ação também conta com a atuação da Coordenadoria de Educação de Trânsito, Imprensa e Publicidade Institucional que desenvolve atividades voltadas para a prevenção e conscientização da população visando um trânsito mais seguro. Todas as operações seguem os protocolos definidos pelo Governo de Pernambuco de combate à Covid-19, como evitar aglomerações, respeitar o distanciamento social, além do uso de máscaras e álcool em gel 70% disponibilizado para técnicos e público em atendimento.        

Juntamente às ações do Detran Itinerante, tem ocorrido a operação Rota de Fuga (ORF) com o “Corredor de Segurança Viária”, que tem como alvo motoristas e motociclistas, visando a redução de sinistros no trânsito causados pela ingestão de álcool e do uso do celular. Durante a abordagem, todos os motoristas são submetidos ao teste de alcoolemia, e os autuados assistem a vídeos educativos. Além das equipes da Diretoria de Fiscalização do Detran-PE, a operação conta com a participação do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e Polícia Militar (PM).  

A intensificação da operação Rota de Fuga ocorre diante da constatação de que os motoristas pernambucanos estão bebendo e dirigindo mais. Dados da Operação Lei Seca, da Secretaria Estadual de Saúde, apontam que os flagrantes de alcoolemia subiram 70% em 2021, comparado ao ano anterior. No estado, 15% das mortes estão associadas ao consumo de álcool e direção, conforme estatística do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa). É a terceira maior taxa de óbitos atribuídos à ingestão de bebidas alcóolicas por 100 mil habitantes do país.   

Os dados referentes a sinistros no trânsito trazem a constatação de que o número de internações de motociclistas chegou a 71.344 ocorrências, nos sete primeiros meses de 2021. O número é superior em 14,3% ao registrado em 2020 e 8,3% maior que o de 2019. A motocicleta representa 54% de todos os sinistros de trânsito no Brasil. 

Deixe uma resposta