“Desmanchem o palanque”, disse mãe de aluna ao reafirmar que escolha dos padrinhos foi o pivô da proibição de cerimônia de formatura

Na manhã desta terça-feira (14) um grupo de mães de alunos da turma do ABC da EMEI Edite Leite do Amaral esteve falando ao Programa Cidade Alerta, da Rádio Cidade FM, sobre a polêmica cerimônia de formatura que foi organizada pelos próprios pais na noite do último domingo, dia 12.

A mãe Brenda explicou que ligou diretamente para a diretora da Escola, a professora Rosa, e disse à mesma que alguns pais estavam querendo fazer a cerimônia de formatura dos filhos. Segundo ela, a mesma concordou numa boa. Que outra mãe teria falado com a secretária de Educação, Lyedja Barros, sobre a liberação de mesas e a quadra. Houve também da parte dela a sinalização de ajuda.

A secretária de Saúde, Genedy Brito, foi convidada para ser madrinha e também aceitou. “Mas quando souberam que Carlos Veras e Flávio Marques também tinham sido convidados e aceitado ser padrinhos, proibiram tudo”, disse Brenda.

As mães disseram que não tinham mais como voltar atrás diante dos gastos que já haviam feito. Ainda segundo relatos das mães, a diretora da escola, na última reunião, estava muito nervosa e gritando na sala disse que ela tinha um nome a zelar e como diretora estava proibindo os pais de fazerem a formatura.

Sobre a nota da secretaria de Educação que disse que não foram comunicados do evento, as mães também rebateram. “É mentira! Eles foram convidados e estavam cientes de tudo que estava acontecendo. Se não foram, é porque não quiseram”.

“Desmanchem o palanque e não tentem atrapalhar os sonhos de nossas crianças por conta de picuinhas políticas”, disse Brenda ao criticar mais uma vez a postura adotada da escola. Ela também confirmou que os certificados foram simbólicos confeccionados pelo cerimonial do evento.

Fonte: Redação de Jornalismo da Rádio Cidade FM

1 pensou em ““Desmanchem o palanque”, disse mãe de aluna ao reafirmar que escolha dos padrinhos foi o pivô da proibição de cerimônia de formatura

  1. Parabéns aos pais e alunos que fizeram prevalecer as suas escolhas e não deixaram a peteca cair e deram continuidade à festa de formatura. São atitudes como essa que me fazem sentir orgulho de ser tabirense. Mesmo estando distante, estou torcendo por esses irmãozinhos. Parabéns pela reportagem.

Deixe uma resposta