Desembargador derruba bloqueio do WhatsApp e aplicativo deve voltar

Ícone do aplicativo de conversa Whatsapp em um smartphone (Foto: Fábio Tito/G1)

Ícone do aplicativo de conversa Whatsapp em um smartphone

G1

O WhatsApp conseguiu obter uma decisão favorável da Justiça de Sergipe e derrubou o bloqueio no Brasil imposto desde segunda-feira (2). O desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima aceitou um pedido de reconsideração dos advogados do WhatsApp.

Com isso, o serviço deve voltar a funcionar assim que as operadoras forem notificadas e fizerem ajustes em sua rede de telefonia.

Com a decisão, a Justiça de Sergipe derruba o bloqueio que havia sido determinado pelo juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, em Sergipe. Ele havia determinado que as operadoras TIM, Oi, Claro, Vivo eNextel suspendessem o acesso ao WhatsApp por 72 horas a partir das 14h desta segunda-feira.

Os advogados do WhatsApp haviam entrado com um pedido de liminar para derrubar o bloqueio, mas não obtiveram sucesso, pois odesembargador Cezário Siqueira Neto negou o recurso.

Os advogados entraram nesta terça-feira (3) com outro pedido, dessa vez para reconsiderar as decisções anteriores. O recurso foi distribuído para o desembargador Múcio que aceitou a solicitação e determinou o desbloqueio do serviço.

Deixe uma resposta