Deputados são impedidos de entrar no Presídio de Itaquitinga e não conseguem fiscalizar obras

20150209205205454642a

do Diário de Pernambuco

Integrantes da bancada de oposição não conseguiram ter acesso as dependências do Centro Integrado de Ressocialização de Itaquitinga, na Mata Norte do estado, que está com as obras paralisadas. De acordo com o grupo, um oficial, que teria se identificado por Major Rosendo, disse ter recebido ordens expressas do governo do estado para não permitir a entrada dos deputados.

“Isto é mais do que um desrespeito à bancada de oposição. É um desrespeito à Assembleia Legislativa. É prerrogativa do deputado estadual fiscalizar as ações do Executivo. Isto revela um viés autoritário e o descompromisso com o diálogo e a transparência deste governo”, protestou o líder da bancada oposicionista, deputado Silvio Costa Filho (PTB).

Diante da situação, os oposicionistas prometeram relatar o caso na tribuna da Assembleia, além de formalizar um pedido de informação ao governo do estado para que alguns pontos relativos ao presídio de Itaquitinga sejam esclarecidos. “Queremos saber em que situação se encontra o presídio. O que precisa ser feito ou até mesmo refeito. Também precisamos saber quanto de fato a empresa escolhida pelo governo para realizar o projeto deve aos fornecedores. Precisamos ser informados ainda quando realmente a obra será concluída, pois vários prazos já foram descumpridos”.

Em encontro com moradores, vereadores de Itaquitinga e pequenos empresários da região, os deputados estaduais ouviram queixas de muitos prejuízos decorrentes da paralisação da obra. Representante dos 302 fornecedores que hoje cobram o pagamento de uma dívida que, segundo afirma, gira em torno dos R$ 30 milhões, Antônio Carlos Condado diz que a principal dúvida do grupo agora é se o governo do estado arcará com esse passivo. Também participaram da visita os deputados Álvaro Porto (PTB), Edilson Silva (PSOL), Julio Cavalcanti (PTB) e Ossesio Silva (PRB).

1 pensou em “Deputados são impedidos de entrar no Presídio de Itaquitinga e não conseguem fiscalizar obras

Deixe uma resposta