Cunha determina que Câmara acione Catta Preta na Justiça

eduardo_cunhaBrasília 247 – O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou neste sábado, 1º, que vai determinar que a Procuradoria Parlamentar entre, na próxima semana, com a interpelação judicial da advogada criminalista Beatriz Catta Preta.

Por meio de sua conta no Twitter, Cunha disse que a acusação de Catta Preta “atinge a Câmara como um todo” e que ela deve “ser responsabilizada por isso”. O deputado diz ainda que a interpelação servirá para que ela detalhe as ameaças que sofreu e quem está por trás delas.

A interpelação judicial é o pedido de esclarecimento feito via citação ou notificação judicial. Dessa forma, Catta Preta teria que explicar judicialmente as ameaças que citou em entrevista ao Jornal Nacional. “Depois de tudo que está acontecendo, e por zelar pela minha segurança e dos meus filhos, decidi encerrar minha carreira”, afirmou Catta Preta. Segundo ela, a pressão aumentou após um de seus clientes, o lobista Julio Camargo, mencionar em depoimento que pagou US$ 5 milhões em propina a Cunha.

Deixe uma resposta