Começa a valer o prazo para declarar o IR e este ano tem mudanças

LOGO IMPOSTO DE RENDAQuem não quer ter dor de cabeça com a declaração do Imposto de Renda, já pode se adiantar e fazer a entrega. Esse ano tem mudança nas regras.

Quem tentar usar o desconto de dependentes que completaram 14 anos só vai conseguir validar a declaração de 2016 se informar o número do CPF. Antes essa exigência era para os maiores de 16.

O pessoal da área de saúde vai ter um trabalho a mais este ano.  Toda informação vai ser cobrada agora na declaração do exercício de 2016. O profissional liberal que não apresentar a lista completa de clientes, com valor, nome e CPF tem grande chance de ir parar na Malha Fina. A medida está valendo desde janeiro do ano passado e a Receita quer saber os números, um por um, para poder cruzar os dados mais tarde.

A intenção, segundo o Fisco, é acelerar a liberação de declarações que ficam retidas, quando o sistema detecta despesas médicas elevadas, por exemplo. Este é o segundo maior motivo de quem cai na Malha Fina, depois da omissão de receita.

“O objetivo é cruzar os dados e liberar as declarações mais rapidamente. Não há necessidade de o contribuinte apresentar nada, desde que no cruzamento, os dados estejam consistentes entre o que o contribuinte declarou e o que o profissional liberal informou”, explica Warley Pereira da Silva, chefe da Divisão de Fiscalização da Receita em Minas Gerais.

A contadora Carolina de Oliveira alertou todos os clientes de que é melhor ter trabalho agora do que dor de cabeça depois. ”Vai gerar problema, vai gerar multa, vai gerar juros, pode gerar omissão de receita porque efetivamente não teve origem na declaração de Imposto de Renda, então é melhor correr atrás e regularizar logo a situação”, diz. Informa o G1.

Deixe uma resposta