Prefeito de Afogados da Ingazeira confirma que ter a festa da Expoagro

O Prefeito de Afogados, Sandrinho Palmeira, confirmou na manhã desta terça (18) a realização da 16ª edição da tradicional Expoagro. Havia uma expectativa sobre a realização do evento por conta da pandemia, mas com a diminuição dos casos de COVID e o avanço da vacinação, será possível realizar o evento.

O prefeito também informou que a festa vai mudar de data saindo do período do São Pedro para ter início no dia 1º de julho, data do aniversário da cidade.

O objetivo da mudança é sair das contratações das bandas durante o ciclo junino, período em que os cachês dos artistas são muito elevados.

Sandrinho informou que parte da programação artística deve ser anunciada ainda em Maio, para garantir um melhor planejamento para todos os segmentos envolvidos.

O prefeito informou ainda que está estudando a possibilidade de, em um ou dois dias, cobrar um ingresso solidário, do tipo doação de um quilo de alimento não perecível, para atender às famílias carentes de Afogados.

“Estamos levantando os custos para instalarmos um piso lá no campo do nosso centro desportivo, de modo a evitar que as pessoas não pisem não lama caso chova.

Também teremos uma extensa programação administrativa, com vários dias de entregas de obras e ações importantes para a nossa população,” finalizou Sandrinho.

Autoescola pode deixar de ser obrigatória para retirada da carteira de habilitação

Está em análise pelo Senado Federal o Projeto de Lei 6485/2019 que desobriga a necessidade de aulas em autoescola como exigência para a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De autoria da senadora Kátia Abreu (PDT-TO), o Projeto de Lei, criado em 2019, foi entregue nesta semana à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O texto propõe que a autoescola não seja mais obrigatória para a realização dos exames práticos e teóricos, com a alegação dos custos cada vez mais elevados para a obtenção da CNH.

Em contrapartida, a proposta da senadora também prevê que as provas práticas e teóricas se tornem mais difíceis, para que sejam aprovados apenas quem realmente aprendeu sobre a legislação e direção no trânsito

Ainda citando os altos custos para a emissão da CNH, o texto conta também com a gratuidade do documento através dos valores arrecadados com o pagamento de multas de trânsito.

Com emendas de Carlos Veras e Gonzaga Patriota, governo de Solidão está asfaltando a principal rua do município

O Prefeito Djalma Alves deu início nesta terça-feira (17) ao Capeamento Asfáltico nas principais ruas do munícipio de Solidão que vai do portal na entrada da cidade até a Gruta Nossa Senhora de Lourdes.

O valor total da obra será de R$ 1.321.116,62, sendo repassado pela União através da emenda parlamentar do Deputado Federal Gonzaga Patriota o valor de R$ 481.104,00, o Deputado Federal Carlos Veras o valor de 335.755,00 e uma contrapartida da prefeitura no valor de R$ 504.257,62.

Djalma destacou que esse asfalto era um sonho da população que ele tem a satisfação de realizar em sua gestão.

“Venho buscando incessantemente os recursos necessários para melhorar significativamente a infraestrutura da nossa cidade, tornando cada dia mais viável o turístico religioso do nosso município”, disse o prefeito.

Prefeito Djalma diz que é preciso organizar o trânsito em Solidão, mas convoca população para colaborar

O trânsito em Solidão foi motivo de debate com o Prefeito Djalma Alves no Programa Cidade Alerta da Rádio Cidade FM nesta terça-feira (17).

A provocação foi feita pelos ouvintes solidanenses que reclamaram que o trânsito está uma bagunça, sobretudo aos domingos que o dia em que o município recebe um grande fluxo de pessoas para o turismo religioso.

Segundo as queixas relatadas, as pessoas estão estacionando os carros e motos de todo jeito e dificultando a circulação nas vias que já não são muito largas.

Falando ao programa, Djalma reconheceu que precisa melhorar e se comprometeu de sentar com sua equipe de governo para discutir algumas mudanças já para o próximo domingo.

A relocação das bancas dos feirantes também entraria nesse processo de mudança. O prefeito disse que os feirantes devem compreender e pediu também ajuda dos comerciantes no sentido de não fechar a frente de seus comércios com mercadorias ou caminhões de entregas.

Sobre a denúncia de que motociclistas estão trafegando de moto por cima do calçadão que está sendo construído, Djalma foi duro: “fotografem a placa do veículo e nos tragam pra gente tomar as providências. Pode ser quem for, eu não estou aqui para passar a mão na cabeça de bagunceiro”, disse o prefeito.

Deputado Carlos Veras anuncia ordem de serviço para cobertura de quadra de escola em Tabira

A semana começou com boas notícias para a Escola Professora Carlota Breckenfeld de Tabira. No Programa Cidade Alerta, da Rádio Cidade FM, foi feito o anúncio pelo deputado federal Carlos Veras.

No momento de sua fala, Carlos estava na secretaria estadual de Educação no gabinete de João Charamba que é secretário executivo de gestão.

Foi assinado pelos dois o termo de ordem de serviço para a obra de cobertura da quadra da escola Carlota. Segundo Carlos, a obra começará até o fim deste mês.

Outra boa notícia dada pelo deputado foi que no dia 30 de maio ele estará em Tabira para junto com gerentes da Compesa assinar a ordem de serviço para a construção da rede de abastecimento de água do Povoado Arara. A obra começará imediatamente.

“Para quem não acreditava ou fica torcendo contra, eis aí a resposta”, desabafou Carlos Veras que também comemorou a conquista da climatização de salas de aula na Escola Arnaldo Alves Cavalcanti.

Protesto de moradores e comerciantes na PE 304 em Tabira completa três anos de promessas e sem soluções

Em 15 de maio de 2019, exatos três anos atrás, um grupo de moradores, comerciantes e políticos locais realizaram um protesto na PE 304, que liga Tabira à divisa com a Paraíba, na cidade de Água Branca.

Um dos articuladores do protesto e morador da localidade, o contador, José Augusto Freitas, popular Zéu, usou suas redes sociais ontem para lamentar o descaso com a PE que segue do mesmo jeito. “Lembrança de três anos atrás sobre o protesto que fizemos em prol da recuperação da rodovia José Paulino de Melo, e ainda continua do mesmo jeito, aliás pior ainda”, disse.

Em visita a Tabira em dezembro passado o governador, Paulo Câmara (PSB) divulgou o processo de contratação da empresa responsável pela obra de restauração da rodovia, no trecho de 16 quilômetros, entre a cidade das tradições e a cidade paraibana. “A nova via receberá os trabalhos de requalificação do pavimento, recuperação da rede de drenagem e sinalização da pista”, dizia o comunicado.

Outra obra comunicada foi a autorização do início da licitação para escolher a empresa que fará o estudo do projeto de implantação do Anel Viário. “A estrutura irá abranger um segmento de 1,5 quilômetros, entre as PE’s 320 e 304, na divisa com o estado da Paraíba”. O prazo dado pelo próprio governador, em entrevista a Rádio Cidade FM, foi que as obras começariam em março deste ano. Depois o prazo se esticou para julho.

Zeu diz não acreditar mais na promessa do Estado de recuperar a rodovia. “Querem nossos votos para continuar essa bagaceira”, finaliza.

Vereadores prestigiam Dedé Monteiro no relançamento dos seus primeiros livros, em Tabira

O Presidente da Câmara de Vereadores de Tabira, Djalma Nogueira (PT), esteve presente no lançamento da “Coleção Dedé Monteiro – Retalhos do Pajeú e Mais um Baú de Retalhos”, que aconteceu na noite da última sexta-feira (13), no espaço Budega’s em Tabira.

Às duas obras clássicas do poeta tabirense, foram contempladas no edital do Funcultura e permitem a releitura dos primeiros livros da sua carreira. Os vereadores Socorro Veras (PT) e Kleber Paulino (PSB), também estiveram juntamente com Djalma representando a Câmara Municipal.

“É um momento importante para a cultura tabirense, que tem o Patrimônio Vivo de Pernambuco, o poeta e professor, Dedé Monteiro, como seu maior representante.”, afirmou o presidente.

Paraná Pesquisas: Em Pernambuco, Marília tem 28,8%; Raquel, 16%, e Coelho, 13,6%

A pesquisa eleitoral de maio do instituto Paraná Pesquisas para o Governo de Pernambuco, divulgada com exclusividade pela coluna, mostra Marília Arraes (SD) liderando a corrida. É a primeira vez que o levantamento testa a ex-petista como pré-candidata ao executivo.

No levantamento estimulado, quando apresenta-se os nomes dos pré-candidatos aos entrevistados, Marília Arraes fica com doze pontos percentuais de vantagem com relação a Raquel Lyra (PSDB), pré-candidata que ocupa o segundo lugar no ranking de intenção de voto ao Governo de Pernambuco.

Ela aparece empatada tecnicamente com Miguel Coelho (UB), terceiro colocado, que por sua vez está empatado tecnicamente com Anderson Ferreira (PL), quarto lugar na pesquisa eleitoral. Danilo Cabral, que nesta semana amarrou a presença do PT à sua chapa lançando Teresa Leitão ao Senado, ficou em quinto lugar.

Os candidatos mais à esquerda, João Arnaldo (PSOL) e Jones Manoel (PCB), ocupam as últimas posições no ranking de intenção de voto ao Governo de Pernambuco. Juntos, eles somam 2%.

Chama atenção que, num cenário sem Raquel Lyra concorrendo ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes chega a 34,9% de intenção de voto. No último levantamento feito pelo Paraná Pesquisas, em março, a tucana liderava com 25,8%, mas a ex-petista estava no principal cenário da disputa.

Num terceiro cenário, sem Miguel Coelho, Marília Arraes seria a maior beneficiada, ganhando 3,8 pontos percentuais. Raquel Lyra, por sua vez, soma 2,8% sem o ex-prefeito de Petrolina concorrendo ao Governo de Pernambuco.

No cenário 1,Marília Arraes (SD): 28,8%; Raquel Lyra (PSDB): 16,0%; Miguel Coelho (UB): 13,6%; Anderson Ferreira (PL): 12,1%; Danilo Cabral (PSB): 7,1%; João Arnaldo (PSOL): 1,3%; Jones Manoel (PCB): 0,7%; Branco ou nulo: 13,5%; Não sabe ou não respondeu: 7%.

No Cenário 2, sem Raquel,  2 – Marília Arraes (SD): 34,9%; Miguel Coelho (UB): 15,4%; Anderson Ferreira (PL): 12,8%; Danilo Cabral (PSB): 8,3%; João Arnaldo (PSOL): 2,2%; Jones Manoel (PCB): 1,5%; Branco ou nulo: 17,0%; Não sabe ou não respondeu: 7,9%.

E no Cenário 3, sem Miguel, Marília Arraes (SD): 32,6%; Raquel Lyra (PSDB): 18,8%; Anderson Ferreira (PL): 12,6%; Danilo Cabral (PSB): 7,7%; João Arnaldo (PSOL): 1,4%; Jones Manoel (PCB): 0,9%; Branco ou nulo: 18,2%; Não sabe ou não respondeu: 7,7%.

Para o segundo turno, Marília Arraes (SD) 51,4% x 18,7% Danilo Cabral (PSB) | B/N: 23,4%. No embate entre Raquel Lyra (PSDB) e Danilo Cabral (PSB), 41,8% a 20,3% para a tucana. Brancos e nulos,  27,5%. Na disputa entre Miguel Coelho (UB) e Danilo Cabral (PSB), 35,0% a 22,7% para o ex-prefeito de Petrolina. Brancos e nulos, 30,9%. Danilo Cabral (PSB) bate Anderson: 29,1% x 28,1% para o socialista.

O trabalho de levantamento de dados foi feito através de 1510 entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 60 municípios entre os dias 10 a 14 de maio de 2022. O nível de confiança é de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,6% para os resultados gerais.

Tabira completa 8 meses sem registro de homicídio

Nesta quarta-feira (11), Tabira completou 8 meses sem registrar ocorrência de homicídio. O fato é motivo de comemoração porque recentemente o município apareceu com números elevados na escalada da violência no estado de Pernambuco.

O último homicídio registrado na cidade das tradições aconteceu no dia 10 de setembro do ano passado onde a vitima, Ricardo Olegário, foi alvejado e morto com dois tiros, sendo um na cabeça e outro no peito, quando estava no mercado público.

Sebastião Dias diz que não não foi valorizado pelo governo do estado e garante que não existe racha na oposição

O ex-prefeito de Tabira, Sebastião Dias, esteve falando ao Programa Cidade Alerta, da Rádio Cidade FM, nesta terça-feira (10) acompanhado dos ex-vereadores Tote Marques, Aristóteles Monteiro e dos ex-secretários Allan Dias e Cláudio Alves.

Dias confirmou o seu apoio à pré-candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes (Solidariedade) e lembrou de sua militância histórica ao lado do seu avô Miguel Arraes.

O poeta disse que não se filiou ao PSB há dois anos porque ficou esperando a iniciativa do governador para uma conversa, aproximação esta que não aconteceu, segundo ele. “Acho que o prefeito de Tabira não tinha importância para eles”, disse Sebastião.

Além de Marília, o ex-prefeito falou que apoiará Carlos Veras (PT) para federal, Antônio Morais (PSDB) para estadual e Lula (PT) para presidente. Também disse que não entende que a oposição esteja dividida, mesmo estando ele e Flávio Marques (PT) por caminhos distintos para a sucessão do estado.

Sebastião confirmou que no próximo dia 28 de maio, o grupo estará recepcionando Marília Arraes em Tabira para realização de um grande ato de filiação onde, possivelmente, ele será anunciado presidente do Solidariedade no município.

Piso Salarial: Em nova paralisação professores de Tabira saem as ruas em dia de feira livre

A luta dos professores continua e na manhã desta quarta-feira (11) a categoria paralisou novamente suas atividades na rede municipal de ensino para irem as ruas.

Como forma de protestar contra a situação de não cumprimento da lei do piso nacional do magistério em 33,24%, pelo governo Nicinha de Dinca (MDB) os professores se concentraram na Praça Gonçalo Gomes, nas primeiras horas da manhã e em seguida saíram pelas ruas das feiras livres do município mostrando a indignação com a quebra de palavra da prefeita. Passando em frente aos prédios da prefeitura, secretaria de educação e câmara municipal.

A presidente do SINDUPROM, Dinalva Lima, disse em entrevista ao Cidade Alerta da Rádio Cidade, na última sexta-feira (6), que uma “força estranha” atrapalha a negociação do piso com a gestão municipal. A força estranha já disse que “tem professor querendo ganhar mais que a prefeita” e a orientou a botar educadores na justiça.

No mês de fevereiro deste ano, Nicinha juntamente com a Secretária de Educação, Lyedja Barros anunciaram o reajuste do piso salarial dos professores tabirenses no percentual de 33,24%, mas logo depois houve a quebra da palavra.

Sobe para 16 número de supostos casos de ‘hepatite misteriosa’ sob investigação; um é em Pernambuco

Subiu para 16 o número de casos suspeitos de hepatite de causa desconhecida monitorados pelo Ministério da Saúde. Na semana passada, a pasta acompanhava a investigação de 7 casos possíveis da doença. O Ministério da Saúde orienta que os casos sejam notificados de imediato. Um caso entre os 16 é em Pernambuco.

O caso investigado em Pernambuco é o de um menino de 1 ano morador de Toritama, no Agreste. A criança, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), deu entrada no Hospital Mestre Vitalino no último dia 27 de abril, com quadro de febre, rash cutâneo (erupções vermelhas na pele) e dor abdominal com hepatomegalia (aumento do volume do fígado).
O menino ficou hospitalizado por dez dias, recebendo alta na últim sexta-feira (6) . “Ele foi acompanhado pela equipe, apresentou melhora clínica e recebeu alta hospitalar no dia 06.05”, explica a SES-PE em nota. 

A SES-PE informa também que se reunirá nesta terça-feira (10) com o Ministério da Saúde “para discussão do caso, definição de fluxos e confirmação, ou afastamento, da ocorrência”. O caso ainda passará, segundo a secretaria, “por exames complementares para investigação laboratorial das hepatites virais, de outros agentes possivelmente relacionados a este tipo de hepatite e a outras doenças”. 

“O Governo de Pernambuco segue monitorando a ocorrência do agravo no Estado. O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco (Cievs-PE) já emitiu nota de alerta orientando toda a rede de saúde do Estado – unidades públicas e privadas – para que, na observação de casos suspeitos e que atendam às definições, realizem a notificação de imediato”, informa a SES-PE.

Brasil

O estado de São Paulo acumula a maior parte, com seis registros, seguido pelo Rio de Janeiro, com cinco. Depois, aparece o Paraná, com dois casos monitorados. Além de Pernambuco, Espírito Santo e Santa Catarina têm um caso cada.

Entre os sintomas, as crianças apresentam náusea, vômito, icterícia (pele e olhos amarelados), febre, dor abdominal, dores musculares entre outros.
A chamada “hepatite misteriosa” foi identificada pela primeira vez no Reino Unido, no mês passado. Desde então, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) já identificou mais de 200 casos em todo o mundo.

“Os Centros de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) e a Rede Nacional de Vigilância Hospitalar (Renaveh) monitoram qualquer alteração do perfil epidemiológico, bem como casos suspeitos da doença”, afirma o Ministério da Saúde.

O primeiro caso possível da doença foi notificado em Niterói (RJ) em uma criança de três anos. Um dos pacientes cujo caso está sob investigação teve de realizar um transplante de fígado.

A doença é causada por uma inflamação no fígado. Até o momento, no entanto, não se sabe o que origina a inflamação uma vez que os vírus causadores das hepatites A, B, C, D ou E não foram encontrados nas amostras. A suspeita é de que a hepatite misteriosa seja originada por um adenovírus.

Paulo Câmara anuncia repasse de R$ 225 milhões para saúde nos municípios pernambucanos

Governador Paulo Câmara fez pronunciamento após enviar reforço policial a Porto de Galinhas

Em reunião com a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), realizada nesta terça-feira (10), o governador Paulo Câmara (PSB) anuncia um repasse de R$ 225 milhões para todos os 185 municípios pernambucanos.

Como apurou antecipadamente o colunista Jamildo Melo, o montante deve ser direcionado para auxiliar os municípios em questões de Saúde Pública. Os recursos financeiros são destinados a quatro políticas estratégicas, por intermédio dos programas de cofinanciamentos:

A intenção é desafogar os sistemas da Região Metropolitana do Recife após a crise dos hospitais, que ganhou repercussão com o desabamento parcial do teto do Hospital da Restauração. O tema abriu um flanco para críticas ao governo, principalmente entre candidatos de oposição.

Esses recursos vão ser divididos em dois blocos: as 178 cidades com até 200 mil habitantes vão receber sua parte em até cinco parcelas. As sete restantes, que possuem população superior a 200 mil, vão receber o montante em três parcelas.

Nos primeiros cinco meses, de maio a setembro, ainda na primeira fase, serão repassados R$ 130,2 milhões a 178 cidades pernambucanas. Já na segunda fase, serão destinados R$ 92,3 milhões, entre os meses de outubro a dezembro para 7 municípios pernambucanos. Até o final do ano de 2022, o valor total investido na Saúde será de R$ 222,5 milhões, informa o Governo.

“Sabemos que fortalecer a atenção primária tem consequências positivas para todo o nosso sistema de saúde. Desde o ano passado recuperamos nossa capacidade de investimento e estamos tendo a condição de repassar os recursos ao municípios”, frisou o governador.

Paulo Câmara (PSB), governador de Pernambuco, na reunião com a Amupe

André Longo, secretário de Saúde, também esteve na reunião e anunciou que as prefeituras já tiveram os valores a receber levantados e serão informadas sobre o procedimento até a próxima sexta-feira, 13 de maio.

“A prioridade do Governo de Pernambuco, nesse contexto de pandemia, é retomar os repasses de recursos financeiros às cidades pernambucanas”, pontuou o secretário. Os municípios terão 10 dias para aderir à proposta.

Em tempo, espera-se que o repasse aos municípios menores já seja iniciado no deste mês. Na avaliação do governo, segundo apurou a coluna, houve uma descontinuação do projeto durante a pandemia, com as gestões municipais encaminhando pacientes de forma mais intensa para a Região Metropolitana do Recife.